07/12/2007

Polícia Militar e Termo Circunstanciado.

"A impunidade é um dos combustíveis da criminalidade. Partindo-se desta premissa, grande foi o esforço de avanço representado pela Lei 9.099/95, que criou os Juizados Especiais Criminais (JECRIMs). Movidos por um rito processual especial, buscam, ao revés do sistema processual comum, dar celeridade, economicidade e informalidade às demandas judiciais, prevendo a substituição das penas restritivas de liberdade por penas alternativas nos casos de infrações penais de menor potencial ofensivo, ou seja, aquelas cujas penas máximas não ultrapassem os 2 anos de restrição da liberdade, ou aos quais sejam atribuídas penas máximas não superiores a 4 anos quando se tratar de crime previsto no Estatuto do Idoso. O “Termo Circunstanciado” nada mais é que o documento pelo qual as referidas infrações penais são encaminhadas formalmente aos JECRIMs pelas autoridades policiais. Não se trata de a Polícia Militar (PM) estar tirando uma atribuição, até então, reservada apenas à Polícia Civil, nem de investigação. Trata-se da possibilidade de que ambas possam conduzir aos JECRIMs as infrações penais de sua competência, em total sintonia com os princípios norteadores da Lei Nº 9.099/95. Cabe ressaltar que a PM já viveu a experiência de lavrar termos circunstanciados no Estado do Rio de Janeiro, pelo Batalhão de Polícia Rodoviária e pelo Batalhão de São Gonçalo, com muito êxito e apoio do judiciário local e da sociedade civil, que hoje pede o retorno desse serviço pela PM. Inúmeras são as vantagens, haja vista que nem o policial militar, nem as partes envolvidas na ocorrência, perderiam horas numa delegacia, liberando o policial para estar presente nas ruas fazendo o policiamento ostensivo. O próprio policial civil teria mais tempo disponível para se dedicar às investigações sob sua responsabilidade. Em caso de qualquer erro de interpretação ou necessidade de perícia a ser realizada, o próprio Juiz poderia reclassificar aquela e requerer esta de ofício. Outra vantagem da medida seria a economia para os cofres do Estado: quantas vezes, em especial no interior do Estado, as viaturas da PM não necessitam percorrer longas distâncias, gastando tempo, combustível e reduzindo a vida útil da viatura, para chegar até à delegacia mais próxima para que o Delegado, simplesmente, faça o encaminhamento das partes ao JECRIM. Com a tecnologia hoje existente, seria tranquilamente possível para a PM agendar, o­n line e no local da ocorrência da infração penal, a data e horário em que as partes envolvidas estariam comprometidas a comparecer ao JECRIM. A PM pode contribuir, e muito, ao lavrar o termo circunstanciado, para a redução da criminalidade, pois a partir do momento em que os crimes menos graves não passam desapercebidos, reduz-se, diretamente, a sensação de impunidade, inibi-se a ocorrência dos crimes mais graves por parte de marginais que não mais terão a certeza de que suas atitudes delituosas não serão penalizadas pelo Estado.
FLÁVIO BOLSONARO
Deputado Estadual PP/RJ" (Fonte: http://www.queronoticia.com.br)
www.bolsonaro.com.br/flavio

27 comentários:

Anônimo disse...

Concordo plenamente. Em gênero, número e grau. Já demorou, como dizem. A Polícia Militar tem sim como executar mais este serviço e o faria de forma ainda mais célere, visto ser quem é chamada para o local das ocorrências. Certamente nós policiais civis teríamos mais tempo para nos dedicar aos crimes mais graves, que muitas das vezes deixam rastro, mas devido a avalanche de ocorrências dessa natureza (9099), cujo prazo legal tem de ser cumprido à risca, impede que nos debrucemos sobre aquelas. Então, para resolver briga de vizinho; de marido e mulher; questiúnculas de xingamentos; de arranhões; de " me chamou de feio"; de " o cachorro do vizinho fez cocô na minha calçada" e outras milhares de bobagens, temos de abrir mão de investigar saidinha de banco, estelionato, tentativa de homicídio, roubo, furto, estupro e etc. Por que? Não temos tempo. Os balcões das DPs vivem apinhados de "clientes" com tais questiúnculas, que, apesar de não ter um número exato, na minha opinião 70% delas são retiradas ( arquivadas) na justiça. Acho, sempre achei e acharei que tais queixas deveriam ser encaminhadas direto ao conciliador, no Fórum. Acho que a PM vai, sinceramente, arranjar uma oura grande dor de cabeça.
Palavra de quem lida com isso há 20anos.
Sinceramente,
Reinaldo Oliveira
Inspetor de Polícia
33ª DP

Wanderby B. de Medeiros disse...

Muito obrigado pelas observações Reinaldo.

Anônimo disse...

Tudo isso e muito bonito, mas nao conseguimos resolver nossos problemas internos, cito a falta de carater do ca]omando ao mais moderno, a falta de preparo, de condiçoes de tyrabalho melhor. escala, coisas que o comando poderia resolver. Cito tambem a brincadeira com a vida de 1o30 homenes aguardando a boa vontade para regressarem para suas unidades depois de um curso de 9meses, estamos a exatos 3 meses sem ficar um final de semana em casa e sem perspec tiva de melhorar, me repondam se puderem! E culpa do governo? Cada o tao falado planejamento da PM? Ninguem sabia da nossa formatura? E nossas familias? No total sao quase 4.000 pessoas aguardando a decisao de ALGUEM para saber oq fazer. Quem e esse DEUS? Isso tudo e uma piada

Anônimo disse...

Não tem dinheiro para a polícia...

O DIA online

8/12/2007 10:58:00

Escolas de samba do Rio terão R$ 12 milhões para o carnaval 2008

Recursos são conseqüência de pedido dos dirigentes da Portela a Lula


Rio - As escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro deverão receber R$ 12 milhões da Petrobras e de outras empresas do setor petroquímico para o Carnaval 2008. Os recursos foram acertados neste sábado, durante encontro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com representantes dessas escolas.

A informação foi divulgada pelo governador Sérgio Cabral e pelo ministro da Cultura, Gilberto Gil. Segundo Cabral, a liberação de recursos tem o objetivo de reduzir "influências negativas" nas escolas de samba, cuja liga (Liesa) chegou a ser investigada por suposto envolvimento no esquema dos jogos ilegais.

Gilberto Gil afirmou que os recursos são conseqüência de um pedido de socorro dos dirigentes da Portela ao presidente Lula.

"Todo ano, nos últimos quatro ou cinco anos de governo, o presidente se defronta com alguma manifestação de dificuldade das escolas de samba. Isso é comum. São entidades que estão ligadas a comunidades carentes que passam por dificuldades", disse Gil.

As informações são da Agência Brasil

Anônimo disse...

E aproveitando o ensejo:




IN RIO THE POLICEMAN IS FUCKED!

Anônimo disse...

R$ 12 MILHÕES DO GOVERNO PARA AS ESCOLAS DE SAMBA!?

SERÁ QUE AS ESCOLAS DE SAMBA DOS BICHEIROS TEM MAIS VALOR QUE OS BATALHÕES DOS POLICIAIS?

Anônimo disse...

CAROS AMIGOS, ESTAMOS ESQUECENDO DE UMA GRANDE OPORTUNIDADE...

NO PAN NÓS NOS ESTREPAMOS POR ACREDITAR NESTE DEMAGOGO E PERDEMOS UM ÓTIMO MOMENTO DE NEGOCIAÇÃO, MAS, COMO NO RIO DE JANEIRO TUDO É FESTA TEMOS O CARNAVAL!!!

NOSSO GOVERNADOR PRECISARÁ DE POLICIAIS PARA TOMAR CONTA, BOMBEIROS PARA SOCORRER, MÉDICOS NOS HOSPITAIS, E A NÃO SER QUE ELE DESENROLE NESTES 3 SETORES (COITADO,A CAVALGADURA NÃO SABE NEM DE POLÍTICA...), QUEM ESTÁ ESTREPADO É ELE.

SERÁ QUE VAMOS PERDER ESTA NOVA MOEDA DE TROCA?

Anônimo disse...

MILHARES DE PESSOAS VÃO APLAUDIR A INICIATIVA. O CIRCO É ESTRATÉGIA ANTIGA DOS GOVERNANTES PARA SE FAZEREM SIMPÁTICOS E DOMINAREM OS GOVERNADOS. DEPOIS DE QUARTA-FEIRA DE CINZAS ( ATUALMENTE, UM POUCO DEPOIS, APÓS OS DESFILES DAS CAMPEÃES-NÃO-SEI-DE-QUE)A QUIMERA SE ESVAI NA TRISTE REALIDADE DAS VALAS PODRES,DA INSEGURANÇA,DOS HOSPITAIS FALIDOS ETC., ETC. , ETC..
E A "VIDA" SEGUIRÁ SEU CURSO
NA TERRA DO COISA-E-TAL
ONDE A BOLA ROLA
E O SAMBA ABUNDA NO CARNAVAL.

Anônimo disse...

A mobilização deve ser constante!

No RJ temos o Ano novo em copacabana, o carnaval e o dia-a-dia!

Que efeito será que causaria uma operação AREP 3 das 16:00 até as 20:00 horas em um ou dois BPMs da capital em dia útil? Será que a cidade pararia?

Quem sabe...

Pelo menos seria dificil ignorar a existência de um movimento reivindicatório!!!!!

Greve não, nem no fim dos dias!

Vamos aquartelar ou sair à pé se as VTRs estiverem caindo aos pedaços!

QSL?

QAP total!!!

Anônimo disse...

A mobilização deve ser constante!

No RJ temos o Ano novo em copacabana, o carnaval e o dia-a-dia!

Que efeito será que causaria uma operação AREP 3 das 16:00 até as 20:00 horas em um ou dois BPMs da capital em dia útil? Será que a cidade pararia?

Quem sabe...

Pelo menos seria dificil ignorar a existência de um movimento reivindicatório!!!!!

Greve não, nem no fim dos dias!

Vamos aquartelar ou sair à pé se as VTRs estiverem caindo aos pedaços!

QSL?

QAP total!!!

Anônimo disse...

AREP3 na descida da ponte, em frente ao 12º BPM das 16:00 as 20:00 hs.

Quem viver, VERÁ!!!

Forte abraço!

Anônimo disse...

* OPERAÇÃO-PADRÃO: Consiste em seguir rigorosamente todas as normas da atividade, o que acaba por retardar, diminuir ou restringir o seu andamento. É uma forma de protesto que não pode ser contestada judicialmente, sendo muito utilizada por categorias sujeitas a leis que restringem o direito de greve, como as prestadoras de serviços considerados essenciais à sociedade, por exemplo.

Anônimo disse...

OFICIAIS DA PMERJ PRECISAM LUTAR PELA VALORIZAÇÃO DO SERVIÇO POLICIAL MILITAR.

A FARDA TEM QUE SER VALORIZADA PARA SER RESPEITADA.

OS INIMIGOS DA CORPORAÇÃO ESTÃO DENTRO DA PRÓPRIA CORPORAÇÃO!
______________________________________________________________________

PORQUE O POLICIAL MILITAR DO RIO DE JANEIRO MERECE RECEBER UM BOM SALÁRIO:

SOLDO - valor NÃO PODE SER INFERIOR AO do SALÁRIO MÍNIMO vigente.

Quem está na PMERJ e no CBMERJ merece ter um soldo (salário básico) digno e condizente com as responsabilidades da profissão.

Policiais Militares do Rio merecem uma melhor remuneração, ou seja, uma remuneração a altura da atividade que exercem.

PM do Rio merece 100% de aumento salarial!

Policiais Militares colocam suas vidas no dia a dia para que sejam mortas ou mutiladas pelos cidadãos desesperados ou não, na busca de lucros fáceis e desonestos, seja por incompetência própria, por ganância ou porque o Governo não é competente para gerir empregos dignos para que essas mesmas pessoas possam exercer atividades dignas.

O combate corpo a corpo com os delinqüentes que assolam a sociedade está valendo tão pouco que o soldo do PM está abaixo do salário mínimo. Vergonha!

O soldo (vencimento base) deve, pelo menos, alcançar o valor do salário mínimo. Caso contrário, o Governo do Estado do RJ está desrespeitando a Constituição Federal (artigo 7º, inciso IV)!

A própria lei diz que o Policial não pode freqüentar ambientes duvidosos, a não ser para investigar, sob pena de ser punido e a sociedade exige do mesmo um comportamento, que sequer, cobram de seus parlamentares, representantes do povo.

Se o Estado (sociedade) exige do PM comportamento diverso daqueles a quem ele combate, que paguem ao mesmo um salário digno.

Policiais Militares não querem salário para ficar rico, pois se quiséssem ficar rico, seriam traficantes, contrabandistas ou parlamentares desonestos.

PM quer ser Servidor Público Estadual para que sirva de exemplo para seus filhos, para seus netos, para seus afilhados, para a sociedade que o paga.

PM quer sim, que seu salário seja digno, para que, com dignidade possa exercer seu sacerdócio e sua missão:

SER POLICIAL MILITAR, ORGULHO DA NAÇÃO FLUMINENSE.

A PMERJ tem que ser vista como um investimento, não como uma despesa!

Anônimo disse...

REALIDADE DA POLÍCIA 01

A CORRUPÇÃO E A DESMOTIVAÇÃO NUNCA FORAM TÃO GRANDES NA PMERJ.

A MAIORIA DOS COMANDANTES É HIPÓCRITA E ESTÁ APENAS PREOCUPADA EM MANTER O CARGO.

A OMISSÃO E A COMPLACÊNCIA VIRARAM VIRTUDES NA PMERJ.

POLICIAL MILITAR DEVE SER UMA NOVA ESPÉCIE DE PÁSSARO,SÓ É VISTO DURANTE O DIA.

POLICIAL HONESTO É DISCRIMINADO NO BATALHÃO.

POLICIAL LIGADO AO NARCOTRÁFICO TEM VAGA CATIVA EM QUALQUER SERVIÇO DE PATAMO NO RIO DE JANEIRO.

POLICIAL LIGADO À CONTRAVENÇÃO POSSUI TRATAMENTO DIFERENCIADO NO BATALHÃO, ALÉM DE TER VAGA CATIVA EM QUALQUER P2.

OS BAIXOS SALÁRIOS AFASTAM OS BONS POLICIAIS E FORTALECEM OS MAUS

Anônimo disse...

CONCORDO COM O COLEGA!

O QUE SÃO OS PATAMOS HOJE?

QUEM DÉRA FOSSEM COMO A FORÇA TÁTICA DA PMESP OU A HONRADA R.O.T.A.

NADA SÃO ALÉM DOS 'GAROTOS DE RECADO' DE CMTS DESONESTOS PARA O QUAL FAZEM O SERVIÇO SUJO AS VEZES AS CUSTAS DA PRÓPRIA LIBERDADE, EM TROCA DE ALGUMAS MIGALHAS (ESCALAS FOLGADAS E 'PIXULÉS').

E A P2? SEM COMENTÁRIOS...

"O HOMEM QUE SE VENDE SEMPRE RECEBE MUITO MAIS DO QUE VALE!"

NÃO HÁ ALTERNATIVA: RECONHECIMENTO MATERIAL (SALÁRIO DIGNO), PROFISSIONALISMO, TECNOLOGIA E INVESTIMENTO.

A PMERJ TEM QUE VOLTAR A SER PIONEIRA, ESTAMOS FICANDO PARA TRÁS.

GOSTARIA DE ME EXPÔR, PEÇO DESCULPAS MAS TENHO MEDO DE REPRESÁLIAS.

SDPM.

Anônimo disse...

Patameiro é a escória da PMERJ.

A P2 é outra vergonha.

Só tem gente envolvida com crime ou contravenção.

É porisso que prefiro ficar na encolha.

Será que um dia vai mudar, se esse governo não dá nenhum sinal de que vá pagar um salário que permita ao PM viver honestamente?

Anônimo disse...

Não bastasse a decisão do STF, que deve ser acatada, guarde mais essa para o seu rol de fracassos, D. Quixote frustrado:

===========================

"AVISO Nº 50/2007 - TJERJ

O Presidente do Trbunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o parecer da Comissão Estadual dos Juizados Especiais no Processo nº 181857/07.

Considerando o sucesso do programa de transmissão de dados estabelecidos entre o Tribunal de Justiça de Estado do Rio de Janeiro e a Secretaria de Estado de Polícia Civil (Programa Delegacia Legal):

Considerando a necessidade de estabelecer procedimentos claros para agilizar a busca da solução dos litígios levados aos Juizados Especiais Criminais;

AVISA a todos os Juízes, Escrivães, Substitutos e Responsáveis pelo Expediente dos Juizados Especiais Criminais que somente as autoridades policiais elencadas no art. 144,§4º, da Constituição Federal poderão lavrar termo circunstanciado previsto no art. 69, da Lei nº 9099/1995 e art. 48, §3º da Lei nº 11343/2006.

No caso de irregularidade ou omissão na lavratura dos termos, ou demora injustificada no ato, relatada pelas partes ou outras autoridades, o Juiz deverá comunicar o fato à Corregedoria Geral da Polícia Civil para adoção das medidas pertinentes.Rio de Janeiro, 26 de novembro de 2007.

JOSÉ CARLOS SCHMIDT MURTA RIBEIRO
Desembargador - Presidente TJERJ

===========================


Continue dando socos em ponta de faca.

Derrotas como essa são parte do preço que você pagará por querer "se sentir Delegado" usurpando as funções deles, uma vez que não tem coragem nem cabedal para passar no concurso.

Atribuição constitucional não se surrupia no grito.

Agora tente lavrar T.C. na marra, sr. frustrado, e depois arque com as conseqüências.

Ou melhor: crie novos objetivos; tente agilizar o atendimento nos hospitais em vez da justiça! Diga aos seus colegas para prestarem primeiros socorros médicos em incidentes que envolvam lesões! Ah, certamente deve ter algum PM cursando medicina, que poderá suprir a função do médico do estado aprovado em concurso e resolver logo o problema.

Parabéns por mais esse fracasso colhido. Você é um mestre em derrotas e em fabricar inimizades.

Vexame, vexame, vexame!

kkkkkkkk

Anônimo disse...

Maj Wanderby, o sr sabe a quantas anda a tal lei que nos daria isenção no IPVA? Ela ainda pode sair para 2008?

CBPM

Anônimo disse...

Sou o autor do 1° comentário deste post.
Estou tentando colaborar de alguma forma. Para tanto virei blogueiro. Se puder me adicionar. Fiz isso justamente após meses e meses como leitor de diversos blogs da segurança pública.
Obrigado,
http://policiaqueprecisamos.blogspot.com/

Anônimo disse...

Prezado Wanderby, já havia lido essa notícia em outras fontes antes, mas hoje o DIA repetiu a informação:





" Política de gratificações em estudo

Dentro dos projetos da polícia para o ano que vem, estão previstas gratificações por produtividade dos agentes. Os critérios, segundo o chefe da Polícia Civil, Gilberto Ribeiro, ainda não foram totalmente definidos, porque o benefício ainda está sendo estudado pelo governo do estado. O abono salarial faz parte do Plano Estratégico da Polícia Civil para 2008. “É preciso fazer uma análise do estudo do impacto nos cofres público para, antes de qualquer confirmação, concretizarmos esses projetos. Não queremos criar falsas expectativas”, comentou o delegado.

Recentemente, o governador Sérgio Cabral criou decreto estabelecendo gratificação para pilotos de helicópteros da Polícia Militar, que deve ser ampliado para inspetores e para o Corpo de Bombeiros. A Secretaria Estadual de Planejamento confirmou que a decisão foi motivada pelo risco de se perder os pilotos para a iniciativa privada. Um policial civil recebe, em média, R$ 2,3 mil de salário líquido.

Com o abono, alguns dos pilotos podem acumular benefícios e ter remuneração maior que de delegado em início de carreira, que ganha cerca de R$ 5,8 mil."






Agora eu pergunto: é por essa mixaria de R$5.800,00 que criamos toda aquela indisposição com a pol. civil?

Eu sinceramente imaginava que fosse por MUITO mais, assim como penso que deveríamos receber MUITO mais.

O sr. sabe quanto ganha um promotor ou defensor em princípio de carreira, para não falarmos de um juiz?

Agora sim tenho certeza de que TODA a segurança pública, SEM EXCEÇÃO, está no limbo.

Pedir equiparação com os delegados nesse quadro é PEDIR MUITO POUCO e quem pede muito pouco acaba não ganhando quase nada!

Penso que qualquer Tenente da PMERJ deva receber um mínimo de R$ 7.500,00, bem mais que essa merreca dos delegados, mas ainda menos do que UM TERÇO do salário dos promotores.

Não podemos pedir tão pouco! Devemos é cobrar bem mais que o salário desses delegados. Para que ter eles como parâmetro desse jeito? Para o tiro sair pela culatra e ainda criarmos um TETO medíocre para nossas justas pretensões?

Anônimo disse...

Ô "colega" do AVISO 50 aí de cima!!! Vamos debater a quantas anda o nível de esclarecimentos de crimes pela Polícia Judiciária....e não é só no RJ não....em outros Estados também é irrisório o nível de esclarecimentos...Se bem que quando a VÍTIMA tem posses a eficiência de vocês aparece né? Basta assistir TV! Você vai ver "colega"...As PMs do Brasil todo vão pressionar e o TCO vai acabar saindo mais cedo ou mais tarde!!!!

Anônimo disse...

Caro Major sou o autor do 1º comentário deste post. Poderia o senhor informar se o Capitão Luiz Alexandre ( caveira meu capitão! hehehe ) desistiu do blog dele? Ele, como o senhor, faz muitos comentários pertinentes e interessantes à população e a nós, policiais civis e militares. Força, capitão. Vá em frente.
Reinaldo Oliveira
Inspetor de Polícia
33ª DP

Anônimo disse...

O GOVERNADOR SÉRGIO CARA DE PAU DISSE QUE AS POLÍCIAS ESTÃO MOTIVADAS DEPOIS DO REAJUSTE DE 4%.

POLICIAL MOTIVADO? SÓ SE FOR PARA ROUBAR.

O POLICIAMENTO NO ESTADO NÃO PASSA DE UMA GRANDE ILUSÃO. COM OS ATUAIS SALÁRIOS TODOS JÁ PARARAM DE TRABALHAR.

Anônimo disse...

Nao espero mais nada desse Sergio Cabral. Esse cara alem de nao dar um aumento, ainda tem a cara de pau de me chamar de imbecil, falando que 4% foi alguma coisa, sendo que ele mesmo disse, que daria os 4% esse ano (e dos outros anos???) para repor a inflaçao desse ano, e ano que vem seria discutido o aumento.
Nao votei nele, nem no segundo turno. Achei realmente que ele nao daria um aumento, mas me chamar de imbecil ja esta pegando pesado...

Anônimo disse...

Ontem ocorreu uma reunião em Caxias, do grupo do Tenente Melquisedec, da qual darei um resumo:

1 - Melqui é candidato a vereador em Caxias em 2008;

2 - Ele disse que quer apoiar o Cel Samuel para deputado estadual em 2010;

3 - Quer apoiar Marcelo Itagiba para Deputado Federal em 2010;

4 - Quer apoiar Wagner Montes e Cesar Maia para o senado em 2010;

5 - Que vai apoiar a todos os candidatos ligados à segurança pública para vereador em 2008, em quantos municípios puder;

6 - Que o apoio a esses candidatos, visam fortalecer a própria candidatura dele a Prefeito de Caxias em 2012.

Anônimo disse...

SOLDOS da PMERJ estão BAIXÍSSIMOS!!

CORONEL - R$ 876,39
TEN CEL - R$ 788,76
MAJOR --- R$ 709,87
CAPITÃO - R$ 638,88
1º TEN -- R$ 574,91
2º TEN -- R$ 517,07
ASPIRA -- R$ 465,37
SUBTEN -- R$ 465,37
1º SGT -- R$ 427,68
2º SGT -- R$ 388,24
3º SGT -- R$ 353,20
AL OF --- R$ 305,85
CABO ---- R$ 305,85
SOLDADO - R$ 265,54
RECRUTA - R$ 219,10

ESSE É O SALÁRIO DE QUEM ARRISCA A VIDA NO CUMPRIMENTO DO DEVER. É JUSTO? NÃO, POIS TODOS NÓS SABEMOS QUE NINGUÉM DEVE GANHAR ABAIXO DO SALÁRIO MÍNIMO. 3º SGT, AL OF, CB, SD E AL CFSD TÊM SOLDOS INFERIORES AO VALOR PREVISTO EM NOSSA CARTA MAGNA (Constituição Federal de 1988, artigo 7º, inciso IV). ABSURDO!

O SOLDO DO RECRUTA DEVERIA ESTAR ACIMA DO SALÁRIO MÍNIMO!

EM BREVE O SOLDO DO 2º SGT TAMBÉM ESTARÁ ABAIXO DO SALÁRIO MÍNIMO, QUE EM 2008 DEVE IR PARA R$ 408!

PARECE ATÉ PIADA!

CresceNet disse...

Gostei muito desse post e seu blog é muito interessante, vou passar por aqui sempre =) Depois dá uma passada lá no meu site, que é sobre o CresceNet, espero que goste. O endereço dele é http://www.provedorcrescenet.com . Um abraço.