10/07/2006

Neles eu não voto (de maneira alguma)! E você?

MARCELO ITAGIBA
Apesar de exercer, à época, o cargo de Secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, o secretário delegado fez com que a Polícia Militar interrompesse atendimento pioneiro às vítimas de violência doméstica em São Gonçalo, através do qual, além de já marcar as audiências preliminares (em juízo) no próprio local da ocorrência, o policial encaminhava as vítimas para atendimento jurídico e psicológico gratuito.

ÁLVARO LINS
Como Chefe de Polícia Civil e sob a argumentação de que tal atuação era exclusiva dos delegados de polícia, fez coro com o também delegado Itagiba contra a atuação inovadora da Polícia Militar.

Um comentário:

Madrinha disse...

Nesse ex SSP-RJ tampouco voto eu. DE JEITO NENHUM. Desrespeitou Lei Federal e desrespeitou o Exército brasileiro quando OFENDEU a Briosa PMERJ.