17/02/07

O Termo Circunstanciado é da PM! Muito obrigado Itagiba!

Acho que os Srs e Sras ainda se lembram da luta travada pelo Sr TC Menezes no 7º BPM.
A luta contra "forças do mal", interessadas em impedir, a qualquer custo e Deus sabe lá por que reais motivos, que continuássemos a lavrar termos circunstanciados.
O Delegado Itagiba, então secretário de "segurança pública", não apenas fez com que nosso trabalho sofresse solução de continuidade, como também alçou a questão à apreciação da Procuradoria Geral do Estado, provavelmente certo de que daria um golpe de misericórdia em nosso ideário.
Pois bem, em 20 de dezembro de 2006, esclarecedor parecer da lavra do Sr Delcy Alex Linhares, Procurador do Estado, foi aprovado, tendo, ao final, a seguinte conclusão:

"A possibilidade de a Polícia Militar confeccionar o termo circunstanciado e demais providências elencadas na Lei 9.099/95 se mostra, após avaliação dos argumentos apontados, a favor do sistema processual e, além da argumentação jurídica destaca-se, outrossim, a argumentação de ordem prática. Sendo assim, viável para que tenhamos uma prestação jurisdicional mais célere e eficiente.".

Vale lembrar ainda que, conforme preceitua a Lei Complementar n.º 02/1980, a conclusão supra representa a "interpretação governamental" da questão e que, de acordo com decreto publicado já no corrente ano, a mesma não pode merecer interpretação diversa por parte da administração pública, direta ou indireta, incluindo, naturalmente, a Polícia Civil.

Sugiro que as anacrônicas autoridades de polícia judiciária que ainda tentam modificar o parecer supra, sob a fraca e pobre argumentação de surgimento de "fatos novos", destinem suas energias para fins mais nobres e, principalmente, úteis à população fluminense, como, por exemplo, a ELUCIDAÇÃO DE DELITOS.
Se necessário, vamos discorrer detalhadamente sobre suas iniciativas em prol de tal duvidoso mister, transcrevendo seus despachos, citando suas qualificações e alçando à apreciação pública a aferição quanto ao seu real intento.

E parabéns à Polícia Civil, que agora, com o auxílio da Polícia Militar, poderá otimizar o emprego de seus recursos humanos e materiais e, para o bem da sociedade, reduzir a sensação de impunidade reinante no cenário fluminense.

Muito obrigado Itagiba, Lins, Ana Paula, ADEPOL e companhia.

34 comentários:

Luiz Alexandre disse...

Caro Sr. Major Wanderby, não só é um prazer, como tb é um honra em ter o Sr. como frenquentador do meu blog.
Não sou pretencioso ao ponto de achar que escreverei textos como os seus, mas ao menos, venho aqui diariamente no seu blog para tentar me inspirar.
Saiba que muitas vezes cheguei a escrever comentários, mas, se o Sr. me conhece um pouquinho, deve imaginar que desisti de postá-los porque acabaria escrevendo demais e isso me geraria problemas.
Para o meu blog, tenho q antes passar por uma "Supervisão" do Cap. Queiroz.. rs.. Ele sim, é uma pessoa muito mais racional e vê o que eu devo postar ou não.
Não canso de falar que o Sr. é uma das poucas pessoas que admiro e tento me espelhar na Polícia Militar. Saiba que sempre, para qualquer hora, terá um amigo aqui. E volto a dizer, é uma honra que leia meus mal escritos textos.
E que finalmente saia esse Termo Circunstanciado para nós, acabando com a hegemonia e monopólio da Polícia Civil, que muitas vezes o usa para propósitos outros que não o de ofício.
Minha continência,
Cap. Luiz Alexandre

Wanderby disse...

Caro Cap Luiz Alexandre
Na certeza de que não sou merecedor, nem de longe, de tamanha deferência, gostaria de dizer que a qualidade de seus textos deriva, tenha certeza, não apenas de sua capacidade intelectual, mas também de seu idealismo latente e de sua honestidade de propósitos.
Quanto à "supervisão", você escolheu (ou foi escolhido) muito bem.
Seu texto sobre o caráter MILITAR de nossa Corporação é muito bom.
Muito obrigado pela visita e receba aqui também a continência deste militar, deste, orgulhosamente, MILITAR DE POLÍCIA.

Anônimo disse...

Que rasgação de seda...rs...Parem de palhaçada e vamos fazer algo pela polícia, principalmente pelos praças oprimidos!

Samango.

Anônimo disse...

Esse Cap.Liz Antônio, não é o que se esconde lá na AJMERJ??? Poxa Capitão, vem trabalhar em um Batalhão... Afinal de contas, você não acha que lugar de Oficial PM é dentro da PM?
Larga de ser cara-de-pau...e vem trabalhar!

Samango.

Anônimo disse...

vamos continuar na luta, e vencermos. Ainda esperamos o sr como comandante do sétimo bpm e mudaremos são gonçalo. faremos uma revolução e levaremos a população um serviço de prmeira qualidade e aumentando assim a auto estima da tropa.
minha continência!!!
um abraço!!!
mais um componente do 7bpm

Anônimo disse...

CARO major.(o carnaval, a suga parte I)
SEXTA-FEIRA O POLICIAMENTO TERIA QUE ESTÁ EM FORMA 13.30HS NO PRIMEIRO BATALHÃO. LEMBRE-SE QUE A MAIORIA DO POLICIAMENTO FOI DE BATALHÕES EM APOIO. IMAGINEMOS ENTÃO UM POLICIAL QUE MORA EM PETRÓPOLIS, TERESÓPOLIS, MAGÉ, ETC.. A QUE HORAS ELE TERÁ QUE SAIR DE CASA, DEZ, ONZE DA MANHÃ, OU MAIS CEDO. ENTÃO TÁ. CHEGANDO AO PRIMEIRO BATALHÃO NÃO SE TEM ALMOÇO PARA OS COMPONENTES REALIZAREM O POLICIAMENTO, ENTÃO TODOS IRÃO PRA RUA PATRULHAR JÁ COM FOME. E O LANCHE QUE SERIA DA TARDE CHEGOU QUASE AS 20:00HS, JÁ SÃO MAIS OU MENOS 6HS EM PÉ COM FOME. CHEGOU O LANCHE !!! QUE ALÍVIO !!! ENTÃO VAMOS COMER ?! COMER COMO? O LANCHE É UMA MAÇA, UM COPO DE AGUA (QUENTE), UM GENÉRICO DE GUARAVITA (QUENTE) UM PÃO DOCE (DURO) COM MEIA FATIA DE QUEIJO E UM OUTRO PÃO DOCE (DURO) COM MEIA FATIA DE PRESUNTO (PELO VISTO ESTE LANCHE JÉ DEVIA TA ROLANDO HORAS DENTRO DA VTR PRA SEREM ENTREGUES AOS POLICIAIS). O TÉRMINO DO POLICIAMENTO (PALAVRAS DE UM OFICIAL) SAINDO 2 HORAS DA MANHÃ NO BARATO VCS ESTÃO NO LUCRO. (BOM LÍDER ESSE NÉ. ESTAVA LÁ EU, E MAIS UMA DÚZIA DE POLICIAIS. EM PÉ A HORAS COM FOME. CHEGOU O SOL, O TRÂNSITO ENGARRAFOU, DESGARRAFOU PASSOU ESCOLAS, POPULAÇÃO PRA LÁ, PRA CÁ, O SOL FOI EMBORA, FARDA SUADA, JÁ É NOITE JÁ SECOU O SUOR, PASSOU A NOITE, JÁ É MADRUGADA, ATÉ QUE ENFIM VOU EMBORA.. SERÁ? AINDA NÃO. DEPENDEMOS DE COMANDO DE QUEM NÃO TEM COMANDO. O OFICIAL DE SUPERVISÃO EM VEZ DE TÁ PREOCUPADO COM TEUS COMANDADOS, SÓ QUER SABER DE ENFIAR A CANETA, SEM SE IMPORTAR QUE TODOS ESTÃO CANSADO E COM FOME E ALÉM DO MAIS COM UMA VIATURA DE APOIO SEM RÁDIO DE COMUNICAÇÃO (ILHADOS A MERCÊ DE UM BONDE PASSAR E METRALHAR O POBRE PAPAMIKE) ESSE MESMO OFICIAL SE ESQUECE QUE ELE TÁ SENTADO COM AQUELA BUNDA ENORME NUM BANCO DE VTR DESFILANDO VENDO BUNDA DAS MULATAS, ENQUANTO ISSO MORRE NO ÔNIBUS ALUNO DE FORMAÇÃO DE SD DENTRO DE ÕNIBUS COM FARDA NA BOLSA INDO PRA TIRAR ESSE SERVIÇO DE CARNAVAL (EXTRA SEM REMUNERAÇÃO, E AINDA TEM QUE SE TIRAR DO PRÓPRIO BOLSO PRA SE ALIMENTAR DURANTE 12 HS DE SERVIÇO) FORAM EM TORNO DE 13 TIROS, MAS UM SOL QUE NASCE NO CÉU DO BRASIL. E O CÚMULO BOTAM OS POLICIAS QUE NÃO SÃO DÁ ÁREA PRA DAR INFORMAÇÃO AO PÚBLICO (RSRSRS) COMO UM POLICIAL DE PETRÓPOLIS, MAGÉ, ETC. VAI DAR UMA INFORMAÇÃO CONCRETA PRO CIDADÃO PEGAR TAL RUA PRA SAIR NA PRES. VARGAS. STA TEREZA, ETC. (ESSA É A POLÍCIA QUE NÓS QUEREMOS). ENTÃO FICA NA CABEÇA DA POPULAÇÃO (PRA QUE ENTÃO ESSES POLICIAIS AQUI) AFINAL PRA QUE SE TEM MATÉRIAS EM CURSOS DE POLICIAMENTO COMUNITÁRIO? MAS SOMOS GUERREIROS E ESTAMOS SEMPRE DE PÉ, QUEM PAGA COM ISSO É A SOCIEDADE, QUE MUITAS DAS VEZES NÃO TEM CULPA DE TER UMA RESPOSTA ATRAVESSADA DO PM, POIS O MESMO TÁ ALI HORAS EM PÉ COM FOME, JÁ NO ÚLTIMO NÍVEL DE STRESS. CARNAVAL É ISSO AÍ SOMOS SEMPRE O ALVO DA CHIBATA. DOMININGO TEM MAIS. AH! TERÇA-FEIRA TB. SEMPRE O MESMO HORÁRIO, E SE FAZ O QUE NA FOLGA? AH ISSO É MOLE. DORME PRA TRB DE NOVO NO OUTRO DIA. ACORDEI AGORA SÓ PRA POSTAR ESSE RELATO VOU VOLTAR A DORMIR. UMA SEMANA DEDICADA A ESSA BRIOSA CORPORAÇÃO QUASE BI CENTENÁRIA. ENQUANTO ISSO OS RATOS DE BARRIGA BRANCA. DEITAM E ROLAM NA REGIÃO DOS LAGOS E NOS CAMAROTES DA AVENIDA. QUEM É SABE !!!

Ten Barrim disse...

Vamos ter que ser perseverantes, Sr. Maj Wanderby. Creio que a lavratura de TC pela nossa tropa em um primeiro momento será de dificil execução; não é fácil montar na grande maioria dos BPM a estrutura que o Sr. montou no 7º. A tropa anda cabisbaixa, desconfiada, azeda e descrente em nós, oficiais. Sinto isso bem de perto. E so ler o comentario acima!

Luiz Alexandre disse...

Caro "Samango",
Estou me "escondendo" na AJMERJ a aproximadamente 4 meses. Antes fui do 1º BPM, GETaM, 13º BPM e Batalhão de Choque, nunca saindo de unidades operacionais.
Sinceramente, não preciso provar nada para ninguém e, quem me conhece, sabe pq estou servindo na Auditoria.
Aliás, tenho o orgulho de dizer, que por muitas vezes lá, mesmo estando a tão pouco tempo, ajudei anônimamente muitos militares, tanto Oficiais quanto Praças que poderiam ser injustiçados. Pessoas que não conheço, que não me conhecem e que nem saberão que foram ajudados. Talvez até vc que está me criticando possa tb ter sido ajudado por mim.
Mas não se preocupe, em breve estarei de volta aos Batalhões da PM com o mesmo idealismo que sempre tive, ajudando quem tiver que ser ajudado e atrapalhando quem tiver q ser atrapalhado.
Ahhh.. Não é Luiz Antônio.. Guarde bem, é Luiz Alexandre.

Anônimo disse...

Já que voce passou por tantas Uop, usemos uma linguajar bem adequado: "num mete essa" de ajudar a quem precisa ou representa bem a Instituição. Ninguém em mais ninguém na Briosa, tanto que o "Samango" mesmo errando no nome prontamente lhe idenficou. Aquele primeiro texto postado foi submetio ao crivo do Cap Queiroz? assim voce o deixará muito mal. Esta mal escrito "pra burro"

Anônimo disse...

É Cap.Luiz Alexandre...mais uma vez: Deixa de caô. Você está lá escondido,na AJMERJ, defendendo sua 'boquinha'. Você no íntimo, é tão crápula, como os demais citados anteriormente, em outros comentários. Tenha coragem, e pergunte ao Sr. Maj Wanderby (este sim exemplo de dignidade) se ele ficaria "a disposição" em algum órgão....
Tome logo uma atitude séria, para que tenha o direito de se olhar no espelho, Cap PM Falastrão...

Samango.

Luiz Alexandre disse...

Senhores,
Só posso agradecer pelos comentários prestados. Percebo que não conhecem bem a estória da polícia, por isso até os perdoô.
Qto ao texto mal escrito, esse não foi lido pelo Cap. Queiroz, então não o culpem se está mal escrito "pra burro", a culpa é minha mesma. Pelo menos acertei a pontuação e concordância, né?Afinal, em vez de ter tempo para ficar fazendo faculdade, como muitos oficiais que estão em OPM's atualmente, saia 20:00, 22:00hs da Unidade.
Ainda mais.. em ficar na AJMERJ vivendo do meu salário e ficar em um BPM, levando dinheiro do bicho, do tráfico, das Clínicas de Aborto e etc, como "dizem" que muitos fazem, não a maioria, prefiro a primeira opção. Vou usar a mesma expressão dita por vcs: "não mete essa". A máxima irrefutável de estar em um BPM e ser exemplo de alguma coisa, não é uma verdade.
Paro de postar por aqui, afinal, não é o lugar próprio para esse tipo de discussão. Caso desejem, passem lá no meu blog, leiam as matérias postadas e deêm suas opiniões. E podem se identificar, pq aqui, me interessa somente opiniões e trocas de idéias, o que farei com prazer com os senhores.
Obrigada novamente,
Luiz Alexandre

Anônimo disse...

CARO TEN BARRIM. PODE TER CERTEZA DE UMA COISA. EM NOSSA CORPORAÇÃO TEM MUITOS COMPONENTES CB,SD E SGT TOTALMENTE COMPETENTES PARA A LAVRATURA DO TC, MUITOS DE NÓS OU TEMOS O TERCEIRO GRAU OU ESTAMOS CURSANDO. MUITOS PRAÇAS SÃO MUITOS MAISCOMPETENTES QUE MUITOS OFICIAIS. VC SABE ATÉ MAIS DO QUE QUE O CURSO DO CFO DARIA PARA SER FEITO EM UM ANO, MAS COMO TEMOS QUE SEGUIR PADRÕES DO EXÉRCITO, O CURSO DURA ESSES 3 ANOS, ONDE NA MAIORIA DAS VEZES VEZES OFICIAS NO 1 ANO FICA NAQUELA SACANAGEM DE SEREM "BICHOS" DE VETERANOS E QUE NA MAIORIA DAS VEZES NÃO TEM INSTRUÇÕES, E QUE FICAM NA OCIOSIDADE E BABANDO EM CARTEIRA ESCOLARES (DORMINDO). O SR MAJOR WANDERBY MONTOU UMA ESTRUTURA QUE DARIA PRA SER FEITA EM QUALQUER BATALHÃO BASTA TER VONTADE E APOIO DO PODER JUDICIÁRIO. E A LAVRATURA DO TC, OS PRAÇAS SE SENTEM MAIS VALORIZADOS, A AUTO-ESTIMA AUMENTA. ACABA O SERVIÇO DE "TÁXI" QUE FAZEMOS PARA A POPULAÇÃO. E SR. TENENTE PODE TER CERTEZA QUE SOMOS CAPAZES E NO 7 BPM FOI MOSTRADO ISSO, FOI TAMANHA COMPETÊNCIA QUE OS PAPA CHARLIE SE SENTIRAM AMEAÇADOS DE NÃO TEREM O QUE MAIS FAZER E IR PARA RUAS TENTAR ELUCIDAR CASOS. (QDO SE É MAIS CÔMODO FICAR SENTADO COM A BUNDA IMENSA DENTRO DA DP NO AR CONDICIONADO LAVRANDO R.O. QUE DEMORAM HORAS, SEM PRESSA DE NADA, QDO NA MAIORIA DAS VEZES A POPULAÇÃO PELA DEMORA DESISTEM DE FAZER A OCORRÊNCIA). SOMOS COMPETENTES A TROPA JÁ NÃO É MAIS JÁ CORRE ATRÁS DO PREJUÍZOS. SOMOS CAPAZES, INSTRUÍDOS. É SÓ VER A ENXURRADA DE INGRESSOS NO JUDICIÁRIO FEITO PELOS PRAÇAS.
À VC MINHA CONTINÊNCIA.

Anônimo disse...

Caro Cap Luiz Alexandre...
O meu texto pode ficar melhor? é bem possível, já o seu... bem estou no anonimato é não é justo travar uma discussão em desigualdade, pois levo vantagem pelo anonimato, e não pretendo me identificar portanto é melhor pararmos.
Sucesso na AJMERJ.

Anônimo disse...

Apenas um último comentário: Cap Alexandre, antes de PENSAR em comentar algo sobre Polícia Militar, seja aqui ou em seu blog, primeiro volte a ela, para trabalhar nela. Pare de se esconder e carregar maletas e abrir portas na AJMERJ.
Lembre-se: Atualmente, você é apenas um serviçal a mais, na AJMERJ. Como Oficial PM não tem valor.

Samango.

Militar Indignado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Militar Indignado disse...

Ainda bem que o serviço de taxi irá acabar.

Agora, espero que a Polícia Civil faça o verdadeiro trabalho: elucidar crimes!

PS: Coloquei seu endereço no meu Blog.

Anônimo disse...

Caro Sr. Maj Wanderby.
Tenho acompanhado este Blog, bem como outros relacioanados a Polícia, e tenho concordado com o Sr. em quase todas colocações, porém acredito que a lavratura do TC pela PM não é nossa tábua de salvação. Concordo com tudo colocado sobre esse tema (celeridade no atendimento à sociedade, menor tempo perdido em DP etc) porém gostaria de ver o Sr. comentando sobre outros temas. Por exemplo: Acredito que a terceirização dos serviços não essencialmente policiais pode ser uma forma de aumento de efetivo. Isso poderia ser utilizado em várias seções das OPM como rancho, almoxarifado, SMT, além de faxina, obra .... Senão vejamos: muitas vezes um SGT, geralmente IFP, SINA ou respondendo procedimento ADM realiza serviço de faxina nas OPM. Um Sgt recebe do estado cerca de R$ 2.000,00 enquanto um profissional do setor recebe R$ 400,00 , isso sem contar com a qualidade do serviço. Este é só um exemplo, podemos levar este fato para o rancho, obras etc. Não concorda que além do aumento de efetivo esta ação resultaria em uma economia? Por falar em processos administrativos, estes deveriam, na minha opinião, ser confeccionados por um grupo de policiais preparados para tal tarefa. Pois assim teríamos uma padronização dos PAD além de serem mais profissionais, pois atualmente vejo em OPM que o procedimento disciplinar muitas vezes é feito "nas coxas", muito até pelo fato de vários oficiais e praças estarem com vários PAD ao mesmo tempo, não terem meios para realizar diligências e oitivas, entre outras circunstâncias que dificultam a sua confecção. Não seria mais profissional haver órgãos como as DPJM que confeccionassem tais PAD, e somente eles o fizessem? Claro que o efetivo deveria ser equalizado para tal tarefa.
Posso citar outro tema que acho importante para nossa corporação, que é o uso de policiais especializados nos diversos serviços na PM. Vou explicar. Como o corregedor pode ser formado em Biologia. Não deveria ser um especialista nas ciências jurídicas? Qual o critério para um policial atuar no trânsito de unidade? Certamente não é seu conhecimento em legislação de trânsito. Etc, etc, etc. Podemos ver vários exemplos nesse sentido. A solução para a nossa corporação começa na própria PM. Devemos zelar pelo profissionalismo, pela legalidade ( como cobrarmos da população o cumprimento das leis se a própria PM não as cumpre), pela eficiência ... Devemos tratar a PM como uma empresa com 40.000 funcionários que busca a excelência na prestação do seu serviço. Só assim seremos respeitados pela sociedade, o que há muito tempo não somos. A mudança externa tem que ser iniciada dentro da corporação.
Maj Wanderby gostaria de vê-lo comentando alguns dos temas supracitados, e parabéns pela coragem de se expor como tem feito. Se todos os policiais de bem tivessem sua coragem essa polícia estaria muito melhor (me incluo também).
Minha continência.

Ten PM Incrédulo.

Wanderby disse...

Caro Incrédulo
Me perdoe se pareço aficcionado com a idéia do termo circunstanciado. É que tenho a clara noção de que, muito mais do que um simples pedaço de papel, ele representa verdadeiro vetor para que possamos mudar o ethos da Corporação, conferindo-lhe, verdadeiramente, profissionalismo.
Todavia, já discuti, neste mesmo blog, uma série de outras questões, alusivas às eleições, à carga horária de trabalho, salários, defesa de direitos perante a administração militar, etc.
Como você, concordo que determinadas atividades podem ser objeto de terceirização, como, por exemplo, a manutenção da frota e, quem sabe, até a gestão do efetivo (evitando-se distorções).
E o que dizer da TI alusiva aos bancos de dados em matéria de segurança pública (cadastros, estatísticas, etc)? Não estaria na hora de lograr centralização quanto a administração e democratização (total) quanto ao acesso?
Imagina por que motivo tal não se dá?
Por que não pode um Sd de RP acessar, em tempo real e de forma ampla, tais dados?
Também achei muito boa a idéia de padronização e retirada dos PAD do âmbito das Unidades Operacionais (o que, certamente, reduzira a sobrecarga dos oficiais nelas classificados). Creio que falte à Corregedoria a elaboração de sistema que permita o acompanhamento, em tempo real, de todos os movimentos administrativos oriundos de denúncias formuladas (através da rede), o que, creio, poderia conferir às suas atividades maior transparência e mesmo credibilidade.
Perdoe, mas não tenho pretensão (nem competência) para discutir todos os assuntos que muito nos afligem. Para tal, espero continuar a contar com comentários da qualidade dos seus.
Grato.

James Kroff disse...

leia hoje no Blog: O Alvo da Chibata

"será?"

falando sobre a rforma administrativa da PMERJ.

acesse e dê sua opinião
www.oalvodachibata.blogspot.com

fraterno abraço, avante guerreiros

quem é sabe!!!

Anônimo disse...

Sr Maj Wanderby.

Esperamos que a Comissão de Reposição Salarial, tenha o mesmo entusiasmo,que a do Termo Circunstanciado, porque o profissional desmotivado...normalmente não deseja mais trabalho,funções ou responsabilidade.
Assim, fica a sugestão, que ambas a as comissões (Reposição Salarial e Termo Circunstanciados) andem lado a lado, para a melhoria de nossa Instituição.

Samango.

Anônimo disse...

Caro Capítão Luiz Alexandre,

Sou um cidadão civil, acompanhante assíduo deste blog, e de muitos outros que tratam a sério a causa do policial. Lamento que muitas vezes, pessoas tem utilizado este espaço para extravazar suas mágoas, suas invejas, suas "broncas", e por ai em diante. E lendo os últimos comentários, percebí que o Sr. entrou na "pilha" de um destes "mal-resolvidos" cujo sucesso de alguns incomodam mais que o seu próprio fracasso. O Sr. não mprecisa e nem tem que provar nada a ninguém.Deixa quem quiser falar. Quem estiver incomodado, que vá e tente fazer melhor, em vez de ficar na arquibancada criticando.

boris scolovisk disse...

"A TROPA AVANÇA" AGORA SIM VAMOS DAR CONTINUIDADE AO PROJETO 200 ANOS. É A NOVA PMERJ. VAMOS VIRAR O JOGO. AGORA é à vera.

Anônimo disse...

O Decreto do Governador para os PPMM que estão 'escondidos' voltarem..foi só de boca...
Até quero acreditar que agora é 'A Vera'...
Mas seria mesmo "A Vera" ou é só uma forma de nos manter calmos, em razão do Pan que se aproxima?
Será??
Samango.

túlio hostílio disse...

gostei do que li por aqui.

Anônimo disse...

Caro Sr. Maj Wanderby, agradeço sua atenção e espero que um dia possamos discutir todos os assuntos que afligem os bravos guerreiros da PMERJ sem sofrer perseguições da própria corporação como tenho certeza que o Sr. e outros que tem coragem de se identificar sofrem. Idéias não faltam pena que policiais tão competentes (oficiais e praças) têm como principal objetivo "sair da PM". Certamente se fossemos mais valorizados isso seria diferente. Por enquanto só podemos sonhar e cada um que faça a sua parte, que já vai ajudar.

Ten PM Incrédulo.

Barrim disse...

Ao anonimo acima

Sim! Claro! Sei que muitos de nos (graças a Deus) procuramos conhecimento atraves de um curso superior (emobra muitos critiquem tal atitude). Tambem sei da existencia de praças PPMM que tem conhecimento do Direito. A minha duvida é saber se eles sao em numero suficiente para montar tal estrutura. Mesmo que nao seja, trata-se de uma "deixa" para investirmos em profissionalizacao e conhecimento, inclusive incentivando Praças e Oficiais a frequentarem cursos superiores.

A voce, minha continencia

nelio disse...

Pegando uma carona na discussão, a PMERJ poderia dar chance aos praças que possuem curso superior, como ocorre nas Forças Armadas, de galgarem ao ao oficialato, obviamente dependendo da especialidade.Estaria assim, motivando a tropa e também aumentando o nível de prossionalização. Tenho um amigo que é praça, formado em engenharia elétrica, e não tem a mínima chance dentro da corporação.

james kroff disse...

leia hoje no Blog: O Alvo da Chibata

"Melhor que spray de pimenta..."

falando sobre a nova arma da PMERJ.

acesse e dê sua opinião
www.oalvodachibata.blogspot.com

fraterno abraço, avante guerreiros

quem é sabe!!!

Barrim disse...

Pois é Nelio. Nos nao aproveitamos a formação civil dos nossos profissionais. Voce sabia que ainda existem oficiais que acham que o PM nao deve "fazer faculdade" e que criam inumeras dificuldades para aquele que deseja cursar uma graduação? O que deveriamos fazer era exatamente o contrario alem de aproveitarmos melhor o PM que é formado.

James Kroff disse...

leia hoje no Blog: O Alvo da Chibata

"Cabeça vazia, Oficina do Diabo..."

falando sobre as punições na PMERJ.

acesse e dê sua opinião
www.oalvodachibata.blogspot.com

fraterno abraço, avante guerreiros

quem é sabe!!!

O Ensino na PMERJ disse...

Major Wanderby, agradeço por inserir no seu blog um link para o meu blog.
ainda sou um tanto inexperiente e não sei como adicionar links ao meu blog, mas, tão logo eu aprenda, fique certo que vou retribuir à sua atitude.
Obrigado.

Anônimo disse...

O Ensino na BRIOSA Says:

Queridos blogueiros, visitem nosso Blog O Ensino na BRIOSA que trata dos assuntos ligados ao Ensino e Instrução da nossa Amada PMERJ

http://ensinonabriosa.blogspot.com/

Ten Incrédulo disse...

Caro Barrim e caro Nélio:
Certamente não há evolução de uma instituição sem o aperfeiçoamento dos seus integrantes. Infelizmente tenho que concordar que a PM não valoriza aqueles que buscam se aperfeiçoar. Visto que não são utilizados mesmo quando possuem conhecimentos especializados. No tocante à qutaantidade de policiais capazes de realizar o trabalho jurídico (PAD) na PM, não posso afirmar a quantidade de policiais capazes a realizar tais tarefas mas prefiro qualidade à quantidade, pois hoje temos praças e muitos oficiais que confeccionam PAD sem terem conhecimento nem vontade de ralizar tais tarefas. Continuo achando que a PM tem que ser tratada como uma empresa, preocupada com a administração, atendimento eficaz ao clientes, que é a sociedade, e gestão de recursos.
Triste é ver policiais se preparando com um único intuito: Sair da corporação e usar seus conhecimentos em outras instituições. Apesar de não acreditar talvez veja esta PM melhor para os policiais e para sociedade. Nem que seja de fora!!!

Ten PM Incrédulo

Anônimo disse...

Parabéns, vc é o idiota mais presepeiro que já tive conhecimento.
vai estudar fanfarrão.
Este policial civil ao qual vc se apaixonou e te largou, te deixou marcas, vc é muito frustrado.
Cuide de tentar fazer o seu, deixe os dos outros pra elea.
valeu recalcado.