18/04/09

E amanhã, "seus Zés"?

Um comentário:

Anônimo disse...

Ele é inevitável, vai chegar, xeque mate!