15/01/2007

A vida continua!

Não só para nós, mas para ele também.
Infelizmente, perdemos a luta... mas acho que lutamos bem... talvez o melhor que pudemos!
Ele jamais se entregou, mas seu corpo inerte e sofrido foi sepultado hoje...
O corpo de meu pai!
Mas ele, tal qual nós outros, é imortal!
Deixa agora as terríveis e necessárias expiações e provas terrenas e volta à verdadeira vida... à realidade.
Boa sorte na "nova" jornada meu pai, meu querido pai Coronel PM.
E saiba... tenha certeza... a vida continua!
Com amor de seu filho.

24 comentários:

Anônimo disse...

Caro Sr. Maj Wanderby


Meus pêsames.


Minha continência pessoal e um abraço...

Anônimo disse...

MAJ tenha certeza de uma coisa, seu pai esta indo com o dever cumprido e um grande orgulho de ter um grande filho. Um verdadeiro guerreiro, um verdadeiro Policial Militar.
Minha continência ao CEL e ao MAJ.

Ass: CB PM

Anônimo disse...

caro Maj acabou o sofrimento dele na Terra, sei qu eé difícil para quem fica, mas aos poucos entederá que era melhor que ele continuar sofrendo. Somos bstante egoístas nesta hora, sei pq já perdi meus pais. Mas quando o Sr adqui a bastante tempo se Deus quiser encontrá-lo verás que ele chegou primeiro a um lugar muito legal que só quem faz na vida terrena coisas como o Sr faz poderá chegar um dia, meus pÊsames mas lembre destas palavras. Minha continÊncia para o falecido pai para os dois filhos que aqui estão e rezaei para um descanço fraterno ao saudoso combatente, fiquem em paz, na paz de Deus!

Alexandre de Sousa disse...

Combateu o bom combate, cumpriu a missão.
Agora, em outro plano, tem novos feitos, entre eles, olhar pelos que, também combatendo, ainda têm muito a cumprir.

Sr. Maj Wanderby, meus pêsames.

tenente gustavo freitas disse...

sr. maj, minhas condolencias pela passagem de seu pai a um plano superior, tenho certeza que ele estará sempre ao seu lado, um abraço fraterno

ASP OF PM Marcus Teixeira disse...

Sr. Maj Wanderby, meus pêsames.

Eu sou Pai, e a alegria de um Pai é ver os filhos direcionados na vida. O senhor e seu Irmão(meu eterno comandante de acadenia). São para nós um exemplo na PMERJ, imagino para seu Pai! Ele cumpriu a missão e partiu FELIZ.

Anônimo disse...

Meus sentimentos.

A Terra fica mais triste e o céu mais alegre. O Grande sabe o q faz.

Fraterno abraço,
Capitão Moraes

Anônimo disse...

Meus pêsames

Ass: uma amiga

Projeto 200 Anos disse...

Companheiro Wanderby:
A sua orientação religiosa permite o correto entendimento de nossa missão nesse planeta Terra.
Aceite os nossos sinceros votos de restabelecimento, na certeza de que a missão foi cumprida.
Ficamos nós aqui com a responsabilidade de reerguer a nossa amada e gloriosa Polícia Militar.
Devemos seguir em frente e sempre.
O grupo está irmanado na sua dor e de seus familiares.
Vida eterna é o que nos espera.
Trabalhemos.

Anônimo disse...

Caro Major,

Acompanho o blog frequentemente e gostaria de lhe prestar minhas sinceras condolências. Com certeza ele está em paz para onde foi.

Um abraço.

Asp Ferreira disse...

Sr. Major, meus sentimentos. Precisamos continuar a caminhada, a mesma que seu pai seguiu e se orgulhou de te ver seguir tbm.

Gustavo de Almeida disse...

Repito aqui no blog, publicamente, o que já disse ao major em mensagem que enviei esta semana: a luta,com certeza, não foi perdida, pois são todos vencedores: o pai, por ter criado filhos de valor, caráter, honestidade e destemor. Os filhos, por terem sempre honrado o nome do pai.
Me uno, no entanto, à tristeza dos filhos, como filho que também já perdeu o pai. Mas sei que o conforto sempre vem,pela consciência da vida eterna, do plano para onde passamos. Sempre.
Gustavo de Almeida

O Feto "O alvo da chibata" disse...

wanderby,

Sabemos que é uma dor muito grande a perda de um Pai, principalmente guerreiro como ele foi, mas a missão dele já foi cumprida e agora é a nossa vez!!! temos que combater o bom combate e glorificarmos na hora da vitória... estamos criando um novo horizonte na nossa corporação. orgulhe-se disso, pois seu Pai com certeza está orgulhoso, onde quer que esteja.

um fraterno abraço

avante guerreiro!!!

quem é sabe!!!

Wanderson B. de Medeiros - Cap PM disse...

Embora seja muito difícil para eu estar utilizando um computador neste momento, soube através de meu irmão os comentários que os senhores fizeram em relação ao nosso pai e não poderia deixar de externar meus sinceros agradecimentos. Obrigado a todos!

Anônimo disse...

Caro Maj. Wanderby e veterano Wanderson,
Quero um dia partir, sentindo o orgulho de ver meus filhos serem pessoas, profissionais e amigos, como ambos são... Iria embora sabendo que deixei para o mundo a semente do bem. Tenho certeza q foi assim que ele partiu.
Minha sincera tristeza, q sinto agora, pois sei a dor q estão sentindo.
Minha continência e minha solidariedade.
Cap Luiz Alexandre

Anônimo disse...

Caro Maj , e familia.

Meu pesar, por essa hora tao dolorida, quando da perda de vosso ente querido, leve consigo meu preito de profundo pesar.

Joao Jacques S Busnello
cap PM

Anônimo disse...

Que os espíritos benfeitores conduzam pelas mãos o nosso comandante, amigo e irmão para a continuidade do seu trabalho, agora olhando por nós em um outro plano. Que Deus abençoe o sr. e toda sua familia dando o consolo e resignação tão necessários nessa hora. minha continência e minha solidariedade.

Emir Larangeira disse...

Prezado Wanderby

Conheci seu pai numa situação especial: eu, perseguido por um grupo de facínoras internos, e ele encarregado de IPM mandado instaurar contra mim por eu ter denunciado falcatruas de um coronel. O seu pai me demonstrou isenção e coragem, além de sabedoria. Respeitou-me e me inocentou das acusações que haviam sido habilmente subvertidas e invertidas para me retaliar. Ele, porém, resistiu a pressões violentas de arapongas meus inimigos e me fez justiça. Passei a admirá-lo sinceramente. Por trás de sua simplicidade escondia-se um homem justo e corajoso. Sem dúvida, ele deve ter sido e sempre será um belo exemplo a ser seguido por você e por muita gente. Aceite minhas condolências e receba um abraço fraterno, extensivo a sua família. Desculpe-me enviar minha mensagem por esta via transversa, mas é falta de domínio do computador. Só entendo de Word e olhe lá. Mas confio no emissário que escolhi e gostaria de ver a minha manifestação editada no seu blog. Isto me dará orgulho, pois admiro sua coragem em manifestar suas opiniões. Não deixe jamais de fazer isto! Este é o caminho para mudar a PM. Abraços.

25/01/2007

Emir Larangeira

Wanderby disse...

Muito obrigado pelas palavras de apoio, verdadeiro bálsamo à nossa recorrente dor.

Anônimo disse...

Caro amigo
Teu amado pai teve uma importante participação na minha vida profissional. Sem que tu saibas, foi dele no QG as sábias palavras que me motivaram e me confortaram durante o momento difícil que passamos (transferência do CFAP). Que Deus se encarregue de confortar a ti e tua família, transformando a dor em doces lembranças de um homem que para ti e para teu irmão foi muito mais que um pai. Tenha a certeza de que o Sr. Cel PM Wander de Medeiros continuará vivo nos ideias do filho Major.

Um forte abraço!

Maj Luciano

Anônimo disse...

Pôxa veterano, primeira vez que venho visitar seu blog e tenho logo esta triste notícia.
Nestas horas não se tem muito o que dizer. Aos que partem para o plano superior fica a certeza do descanso no senhor e aos que ficam a tristeza da perda de um ente querido, mas que, com certeza, a mão de nosso bom Deus ameniza através da dádiva do tempo.
Tudo que posso oferecer neste momento é um abraço e minhas condolências. Fique com Deus.
Maj Alexandra.

Mário disse...

Wanderby meu amigo, meus sinceros sentimentos, mas como acredito que ocorreu apenas uma mudança de estágio e na verdade sabemos disso.
Como diziam os antigos e honrados samurais, que conduziam suas vidas pela retidão de conduta e pela honra... " certamente ele teve uma boa morte"
Sinceros votos de Paz Profunda. Antunes

CB NUNES disse...

meus sentimentos,quando precisei do sr. seu pai ele me ajudou,quando ele era chefe da DGP e isso eu não esqueço. Um abraço

Anônimo disse...

Sentimentos verdadeiros de admiração e respeito pela perda irreparável.

FACF