26/11/2007

Você conhece algum lugar no globo terrestre (Brasil não vale) em que se investigue assim?

(http://oglobo.globo.com/rio/mat/2007/11/23/327284112.asp)

16 comentários:

Anônimo disse...

JOÃO DO MEIER

SIM NO HAITI, INCLUSIVE A BRIGADA PARAQUEDISTA ESTA INVESTINDO COM OS NOSSOS SOLDADOS DO EXÉRCITO NESTE TREINAMENTO DE INVESTIGAÇÃO.BASTANTE ARMAS,TREINAMENTOS DE GUERRILHA E ETC.DEPOIS QUE ESTES VOLTAREM AO BRASIL TEREMOS MAIS HOMENS PARA INVESTIR NO TRÁFICO.

Anônimo disse...

Não, não conheço nenhum lugar no globo terrestre em que se investigue assim.

Um dos temas que sempre é lembrado quando o assunto é o combate à criminalidade no Brasil é o da unificação das Polícias Civil e Militar.

Tendo em vista o quadro de INSEGURANÇA PÚBLICA, com a unificação (“desmilitarização da polícia como um todo”), haverá melhoria no combate à criminalidade.

O doutor André Dahmer, Delegado de Polícia e professor de Polícia Comunitária da Academia de Polícia do Estado de São Paulo, está convencido da necessidade da unificação, argumentando que a medida trará eficácia e eficiência às ações da polícia. A competição entre as polícias, a redução de custos e de duplicidade de investimentos para a infra-estrutura das duas corporações são motivos que considera relevantes para este encaminhamento.

pmutopia disse...

Caro major, concordo que a policia civil vem desempenhando funcoes analogas a sua diretriz institucional. Porem acho que devemos nos focar mais em nos mesmos... Precisamos provocar mudancas e a cada dia ideias permeiam minha cabeca. Nao cabe mais a Policia Militar como conhecemos, e vislumbro uma mudanca geral, vislumbro uma policia militar do brasil, com o intuito de moralizar nossa sociedade, de criar uma policia forte de verdade. Precisamos de herois idealistas como o senhor. Por vezes me flagro pensando em deixar a corporacao, mas sinto que meu futuro e aqui, e que juntos podemos promover as mudancas que desejarmos.

Por mais que nossos homens estajam corrompidos pelo governo e pela massa negra cultural de nossa sociedade, o espirito policial militar ainda bate no fundo de seu coracao toda vez que ele sai do quartel segurando seu fuzil, ao som das sirenes, tendo certeza de que o combate se aproxima! Cabe a nos oficiais mudarmos a atual situacao da corporacao, cabe a nos oficiais pararmos de utlizar a tecnica do jeitinho brasileiro!

Aguardo ansioso pelo inicio da mudanca, esperando que nao seja so mais uma profecia que nao se realiza; e lutando contra a tentacao de deixar o combate e trair a mim mesmo!

Abcs do tenente ferreira!

Anônimo disse...

como o senhor é mal-intencionado!
suponha, só suponha que nós tivessemos a informação que necessitávamos e fomos lá para buscar prender o criminoso.
ensina a gente, major, o senhor que parece saber de tudo geneticamente (ficamos sabendo que seu pai foi um grande nome na pmrj.
ensina pra gente major.

Anônimo disse...

SE AINDA É VÁLIDO CONTAR PIADA DE PORTUGUÊS...

Anônimo disse...

PCERJ nao investiga. PCERJ extoque o vagabundo ate ele perder toda a grana. Ai ela prende.

Anônimo disse...

Governo Cabral só sabe adiar as coisas...
Marcam reuniões e não resolvem nada...
Cadê o AUMENTO da PMERJ e do CBMERJ???

O objetivo principal (a prioridade) do Governo do Estado deveria ser o resgate da cidadania do Policial Militar, através da concessão de salários dignos e adequadas condições de trabalho.

Não seria difícil pagar bem a PMERJ, é só querer!

Anônimo disse...

Meu queridíssimo Major, sou policial militar e fico indignado com a situação, mas acho, pelo que eu estou vendo, que nossa policia militar esta sendo colocada de lado por nossa culpa mesmo. A civil faz incursões e a guarda municipal cuida do trânsito e nos resta o quê? Daqui a pouco faremos o mesmo trabalho do vigia da portaria da policia federal.

Anônimo disse...

Sim! Em todo o globo terrestre é assim. A polícia investigativa ou judiciária, após levantar a autoria de criminoso e obter informações de onde ele está homisiado planeja uma operação para prendê-lo, haja vista a justiça ter expedido o referido mandado. eivada, é claro, nas investigações. Ocorre que o marginal se encontra em reduto de quadrilhas fortemente armadas. O que fazer então, honorável, sábio conhecedor profundo de todas as coisas?
a- A PC deve entregar o mandado à PM para que esta o cumpra?
b- À Guarda Municipal?
c- Ao CBMERJ?
d- À PF?
e- À PRF?
f- À Marinha do Brasil?
g- Ao Exército Brasileiro?
h- À Aeronáutica?
Ou deve a PC, já que é só investigativa, indicar que dois policiais entrem na favela disfarçados e, sem dispararem um tiro, encontrem e dêem voz de prisão ao bandido?
Já que a PC dispõe de um Grupo de Elite sempre pronto para o confronto, este é requisitado e se tenta deter o criminoso.
Não é assim nos EUA, com a Swat?
A Polícia Federal não age assim tb?
Acho que o que o major deseja é que a PC alegasse medo ou incompetência e implorasse à PM que fizesse esse favor, afinal " não somos policiais de enfrentamento, mas tão somente burocráticos ".
Ora, major, quanta mágoa, quanto rancor em suas palavras.
Lembro dos filmes em que vemos policiais de terno, usando um " revolvinho " .38 cercando local onde bandidos se escondiam,e na frente destes, dezenas, centenas de out ros policiais de preto, usando capacetes, coletes, granadas, fuzis, etc para, de fato, efetuar a prisão. E a prisão sempre ocorria. Quem é o policial de terno? Quem é o de preto?
São policiais! De quem é o mérito? De quem investigou ou de quem usou os meios necessários para fazer a prisão?
Não importa. Ganha a sociedade, o município, o estado.
P.S. Parabéns ao sargento e ao cabo que, num ato heróico, tiraram das garras de traficantes um policial civil ( que ingênuamente foi pedir informação em uma favela !!! ). Parabéns, senhores. Vocês realmente honram as calças e as fardas que vestem. Obrigado, bravos policiais militares, em nome de todos os policiais civis.
Pena não poder estender tais congratulações a todos.
É que alguns fazem; outros falam.

Anônimo disse...

Arnaldo Jabor

-Brasileiro é um povo solidário. Mentira. -Brasileiro é babaca.

Eleger para o cargo mais importante do Estado um sujeito que não tem escolaridade e preparo nem para ser gari, só porque tem uma história de vida sofrida;

Pagar 40% de sua renda em tributos e ainda dar esmola para pobre na rua ao invés de cobrar do governo uma solução para pobreza;

Aceitar que ONG's de direitos humanos fiquem dando pitaco na forma como tratamos nossa criminalidade...

Não protestar cada vez que o governo compra colchões para presidiários que queimaram os deles de propósito, não é coisa de gente solidária. É coisa de gente otária.

-Brasileiro é um povo alegre. Mentira. Brasileiro é bobalhão.

-Fazer piadinha com as imundices que acompanhamos todo dia é o mesmo que tomar bofetada na cara e dar risada.

Depois de um massacre que durou quatro dias em São Paulo, ouvir o José Simão fazer piadinha a respeito e achar graça, é o mesmo que contar piada no enterro do pai. Brasileiro tem um sério problema. Quando surge um escândalo, ao invés de protestar e tomar providências como cidadão, ri feito bobo.

-Brasileiro é um povo trabalhador. Mentira.

Brasileiro é vagabundo por excelência. - O brasileiro tenta se enganar, fingindo que os políticos que ocupam cargos públicos no país, surgiram de Marte e pousaram em seus cargos, quando na verdade, são oriundos do povo.

O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado ao ver um deputado receber 20 mil por mês, para trabalhar 3 dias e coçar o saco o resto da semana, também sente inveja e sabe lá no fundo que se estivesse no lugar dele faria o mesmo.

Um povo que se conforma em receber uma esmola do governo de 90 reais mensais para não fazer nada e não aproveita isso para alavancar sua vida (realidade da brutal maioria dos beneficiários do bolsa família) não pode ser adjetivado de outra coisa que não de vagabundo.

Brasileiro é um povo honesto. Mentira. - Já foi; hoje é uma qualidade em baixa. - Se você oferecer 50 Euros a um policial europeu para ele não te autuar, provavelmente irá preso. Não por medo de ser pego, mas porque ele sabe ser errado aceitar propinas.

O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado com o mensalão, pensa intimamente o que faria se arrumasse uma boquinha dessas, quando na realidade isso sequer deveria passar por sua cabeça.

90% de quem vive na favela é gente honesta e trabalhadora. Mentira. - Já foi. Historicamente, as favelas se iniciaram nos morros cariocas quando os negros e mulatos retornando da Guerra do Paraguai ali se instalaram. Naquela época quem morava lá era gente honesta, que não tinha outra alternativa e não concordava com o crime.

Hoje a realidade é diferente. Muito pai de família sonha que o filho seja aceito como 'aviãozinho' do tráfico para ganhar uma grana legal. Se a maioria da favela fosse honesta, já teriam existido condições de se tocar os bandidos de lá para fora, porque podem matar 2 ou 3 mas não milhares de pessoas.

Anônimo disse...

da mesma forma que a PCERJ ha algum tempo forçava a barra na CAOA para fazer salvamento no mar, salvamento em altura e outras atividades do CBMERJ, hoje ela vislumbra vestir o "preto", invadir favelas e se fantasiar de "Cap Nascimento" após ver o filme Tropa de Elite.
A PCERJ é uma criança que não decidiu ainda o que vai ser quando crescer! Antes queria ser bombeiro! Agora quer ser PM!
Pena que em suas fantasias infantis ela não faz o dever de casa, que é investigar os crimes em nosso Estado. Só quer brincar de bombeiro! Só quer brincar de Polícia!
Capitão BM "indo embora dessa"

Anônimo disse...

Major, sou fã dos seus comentários,
admiro a sua coragem, mas
ultimamente, o senhor só se
preocupa com o trabalho da polícia civil, deveria se precocupar com os nossos problemas, uma vez que são suficientes.
Um grande abraço!

Anônimo disse...

APOLICIA CIVIL TOMA O DINHEIRO DOS TRAFICANTES,DOS ASSALTANTES DE BANCO,DOS SEQUESTRADORES E QUANDO O DINHEIRO DESSES VAGABUNDOS ACABA AÍ SIM OS PRENDE E OS MOSTRAM NA TV COMO TROFEUS.ESTA CHEIA DE GRAVATINHAS QUERENDO DAR UMA DE HEROIS FANTASIADOS DE HOMEM RANHA ETC.

Anônimo disse...

ESSA DEMANDA (PM X PC) É ANTIGA.MESMO NO AUGE DO REGIME MILITAR, NÃO FOI FÁCIL FAZER VALER OS PRECEITOS DO DEC.-LEI 667 QUANTO À EXECUÇÃO DO POLICIAMENTO OSTENSIVO. OS POLICIAIS "DA ANTIGA" CERTAMENTE SE RECORDAM DOS ATRITOS QUE OCORRIAM.

Anônimo disse...

Cadê meu comentário, major?

Anônimo disse...

Apenas um palpite.
Qdo posso fico lendo os " comentários ", hj por exemplo ja passei por vários da co-irmã PMRJ, sou mineiro, PM com muita honra. Caros irmãos, essa " briga " Pm x PC é antiga, qdo inclui na PM já ouvia esses comentários e ainda hj, após meus mais de 20 anos, ouço ainda e se Deus quiser ouvirei mais e mais. Aqui em Minas é assim e acredito no Pais todo tb. Apenas uma simples opinião: A SOCIEDADE TA GANHANDO COM ISSO? SE ESTIVER Q CONTINUE. São duas polícias? Sim! Qual o objetivo: Segurança Pública? É! O alvo é prender vagabundo, então quem investigou, prendeu, levantou, sei lá o que, que faça. Deu para a PC que ele execute, e a PM, vai lá e segura o marginal. Temos de parar de ficar entrando na vida da PC e cuidarmos da nossa, vejo um futuro negro com essa GM. Estão tomando nosso campo de trabalho ( policiamento ostensivo fardado ). Temo por isso.Unificação? Não acredito q seja o caminho. Duas instituições com histórias diferentes, raízes diferentes. Aqui nas Minas Gerais, integração, parece ser um caminho. Tá dando certo. Não quero entrar nos comentários acerca do Sr Maj Wanderby, pois não o conheço , assim n posso emitir opinião. Apenas deixo meus parabéns pelo blog. Nem tão pouco estou defendendo a PC, apenas mostrando meu ponto de vista. Espero ter sido entendido.