16/06/2008

Caro Salma, rendo graças ao Grande Arquiteto por haver sido um dentre outros tantos soldados nesse front!

"Junho de 2008!

Essa é uma data pelo qual muito me orgulho. Ha um ano atrás se reuniam, quase de que forma clandestina nos subúrbios do Rio de Janeiro, jovens oficiais, e outros nem tão jovens assim, com o objetivo de mostrar a sociedade a forma cruel com que nossos governantes estavam e estão tratando sua tropa.
A força que os impulsionava a enfrentar o Estado era o sentimento de dever, de dever proteger o cidadão, de dever proteger o subordinado, dever de exigir direitos, dever de cobrar promessas de campanhas, dever de cobrar de um governo que paga O PIOR SALARIO DO BRASIL condições dignas de trabalho. Essa seria uma luta política, política sim! Pois não pensávamos em greve, não pensávamos em nada que pudesse prejudicar ainda mais o cidadão.Fomos as ruas, demos nosso recado, sinto orgulho disso, e o farei quantas vezes for preciso, para que o estado respeite o Bombeiro Militar e se necessário for, expurgar o PMDB do comando do Estado do Rio de Janeiro. Comando este que se instalou a quase dez anos, e não tem escrúpulos em mentir e proteger criminosos com o discurso de que: está tudo dentro da legalidade, e se esquecem da moralidade. Comando este que tem usado da máquina administrativa para desarticular os movimentos reivindicatórios que organizavam atos públicos, pacíficos, disciplinados, ordeiros, sem trazer nenhum prejuízo a população. Mas um governo que não mede esforços para se manter no poder, se locupletar cada vez mais das vantagens, financeiras ou não, que a administração pública proporciona, também não teria o discernimento do que é ilegal e imoral, no uso da máquina pública para se perpetuar no poder, tentando desmobilizar esses homens que ousaram bradar contra as injustiças e as mentiras do Governo Estadual.
Mas isto de nada adiantou, pois dos militares que participavam organizando os atos públicos, temos a seguinte estatística:
Memorandos/DRD 05
Movimentações e 'geográficas' 15
Exonerados 12
E NENHUM PRESO!!! ZERO
E todos ainda estão bradando contra o PIOR SALÁRIO DO BRASIL. Foi um engano, achar que iríamos nos calar!
E em breve veremos um grande Ato Público.
A um ano 'Juntos, Somos Fortes!'” (texto extraído do Blog CBMERJ Alerta).
.
E tento imaginar o quão difícil deve ser para alguns a tarefa de encarar sua própria face no espelho.
Afinal, como dizia um Comandante: "você pode enganar a todos, menos a si próprio".

4 comentários:

Gustavo de Almeida disse...

Independemente de onde eu esteja trabalhando, de que profissão eu esteja exercendo, do que eu esteja pensando ou do que eu esteja sonhando, nunca negarei e sempre estarei orgulhoso de ter acompanhado de perto esse movimento de bravos e honestos militares estaduais.

Agradeço como cidadão pelo trabalho e dedicação de vocês a nossa sociedade.

Gustavo de Almeida

Ten BM Lauro disse...

Muito Me orgulho de ter ombreado juntos a valorosos companheiros da Policia Militar e do Corpo de Bomebiros nesse último ano.
Atitudes como essas fazem a vida valer à pena e garantem às nossas corporações a certeza de um futuro Brilhante, ainda que o presente esteja acinzentado.

JUNTOS SOMOS FORTES!

MARIA CHRISTINA ANTUNES FREITAS disse...

Caro Maj Wanderby:

Sabe o quanto eu o admiro!
Parabéns pela luta, pelo não arredar pé de suas idéias.
Parabéns pelo seu idealismo, que certamente podemos chamar de fraternidade!
Parabéns à todos que diariamente lutam por uma PMERJ e CBMERJ melhor!

Que nosso Pai, esteja sempre acompanhando todos vocês!

Um abraço,
CHRISTINA ANTUNES FREITAS

a missão tem de ser cumprida disse...

mesmo com a casa repleta de marimbomdos insisto e tenho orgulho de nela morar.

serei sempre policial militar e com orgulho brandirei a espada do guerreiro, combaterei o bom combate e jamais me curvarei aos carniceiros.

a vergonha que sinto, é de ter no meu comando maior, uma pessoa sem palavra.