02/08/09

Há coisas que muitos parecem saber, mas poucos têm coragem de dizer... ainda mais no RJ!



9 comentários:

Anônimo disse...

O jornal O Globo, publica nesse domingo (página 26), uma entrevista com Sérgio Cabral (PMDB) de página inteira.
Cabral é um ótimo cliente.
Resolvemos destacar a parte relativa aos salários do funcionalismo público:
- "O senhor acha que ganhou corações e mentes do servidor, como prometera?
SC: O estado remunera pouco o professor, o policial e o médico. Esse é um fato estruturante, que não se resolve em quatro anos. Nós demos reajuste no primeiro ano. Se todos os governadores que me antecederam tivessem feito isso, o padrão salarial seria outro. Eu não cobro que ele (servidor) esteja muito satisfeito comigo. Mas o servidor está mais estimulado. Ta ótimo? Não. Mas melhorou. Falta melhorar muito mais.
- Numa eventual reeleição, o que o senhor faria para corrigir a questão salarial?
SC: De imediato, nada. A política vai continuar a mesma. A polícia vai ter reajuste todo ano em função de sua atuação. A gente sabe que os servidores públicos não ganham bem. Quem ganha bem é a Justiça, os desembargadores e juízes".

Anônimo disse...

EXTRA EXTRA!!!!
A revista CARTA CAPITAL desta semana traz na capa a história de uma negociata imobiliária do governo Sérgio Cabral com o banqueiro Daniel Dantas, denunciado por vários crimes financeiros. Com a manchete “RIO - ESCÂNDALO IMOBILIÁRIO”, a reportagem conta o lado da Operação Satiagraha, que não se sabe por que, permanecia escondido da opinião pública.

Anônimo disse...

Seria a maneira de explicar como o Governador tem mansão em Mangaratiba?! Sinceramente, senhor, não acredito que, depois de Carminha, Girão, Jarbas Vasconcelos, Sarney e caterva, alguém consiga ser responsabilizado. Acabei de lembrar: o Álvaro Lins está solto, a milícia de Campo Grande (que tinha sido extirpada pelo Douto Delegado) permanece, agora sob a égide de um, agora, foragido que "ajudou" a extirpá-la! Nesse país da impunidade, o crime compensa!!! É o crime sem castigo. Nada se prova, tudo se esquece com o tempo. Aguardemos a reeleição. INFELIZMENTE... o povinho de m####

Anônimo disse...

02
Revista revela as ligações de Cabral com o enrolado banqueiro Daniel Dantas, que está na mira da PF
Marcadores: Carta Capital, Estado do Rio, Polícia Federal, Sérgio Cabral

Reportagem da revista Carta Capital, que está nas bancas neste fim de semana, envolve o governador Sérgio Cabral com o enrolado banqueiro Daniel Dantas, do Opportunity, e que é investigado na Operação Satiagraha, da Polícia Federal.

Na reportagem de capa sob o título “Rio-Escândalo imobiliário” revela: “Em transações inusuais e negociações velozes, o Opportunity conseguiu até lucrar com desapropriações assinadas pelo governador Cabral”.

Dentro da revista, prossegue com as acusações: “O Opportunity comprou prédios no Rio às vésperas das desapropriações, bem ao estilo de transações que servem para lavar dinheiro”.

A reportagem de Leandro Fortes, que durou quatro meses, revela também que "Carta Capital identificou duas operações imobiliárias que dão pistas definitivas para o esquema” de Daniel Dantas.

“Nelas se confundem os interesses de Daniel Dantas e do governo do Rio de Janeiro em desapropriações desprovidas de lógica comercial e interesse público”

E informa ainda:

“Com base nas informações obtidas durante a Operação Satiagraha, a Polícia Federal e o Ministério Público conseguiram detectar os setores usados pelo Oppotunity para lavar dinheiro obtido de atividades ilegais e golpes aplicados.”

E prossegue:

“No espaço de 13 meses, entre 2008 e 2009, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho, do PMDB, assinou dois decretos de desapropriação de imóveis situados na capital fluminense, ambos com uma curiosa característica: haviam sido comprados, dias antes, pelo Opportunity.

“Um deles é um terreno de 8 mil metros quadrados na Barra da Tijuca. Dantas adquiriu o imóvel em 17 de março, por 17,2 milhões de reais, exatos 17 dias antes do decreto de desapropriação assinado por Sérgio Cabral, datado de 4 de abril.”

Em outro, o Opportunity fez o mesmo tipo de transação, em 4 de dezembro de 2007, menos de dois meses antes de um decreto do governador desapropriar um prédio comercial no centro da cidade.”

Daniel Dantas parece ter o dom da adivinhação. Sabia antes de todo mundo os terrenos que Cabral iria desapropriar.

Já Cabral terá muito que explicar durante a semana, ou então dar mais uma esticadela a Paris para ver se a poeira baixa.

edmarfranco disse...

ok.
gostaria de aproveitar e perguntar o que significa a expressão "homem do pacote pardo" referida sob a forma de ameaça ao EX gov garotinho
quando realizou comentário crítico ao atual cmt geral em seu blog.

edmarfranco disse...

Aproveito a "deixa" motivado pelo título e pergunto se o senhor poderia dizer do que se trata o tal "pacote pardo" referido ao Garotinho.
Obrigado.

Anônimo disse...

"JORNAL O DIA E JORNAL O EXTRA"

ETA JORNALIZINHOS COMPRADOS PELO CABRAL, NEM FALARAM NADA TÃO CALADINHOS, O DIA, FAZ O PAPEL DE SUJO, DANDO ESPERANÇA AO PESSOAL DA EDUCAÇÃO COM MUDANÇA DE CALENDÁRIO E O MAU LAVADO(JORNAL EXTRA) FALA DE COMPRA DE IMÓVEIS PELA CAIXA ILEGAL. ORA BOLAS PQ NÃO FALARAM DO GOVERNADOR QUE ESTÁ ATOLADO ATÉ O PESCOÇO COM A CORRUPÇÃO COM VENDAS DE DESAPROPIAÇÃO PRA O DANIEL DANTAS???

ESTAMOS F. COM ESSES JORNAIS VAMOS A GUERRA FRIA CONTRA ESSES JORNAIS, POR ISSO QUE ELES ESTÃO FALINDO, A ONDA AGORA É BLOG, VAMOS DIVULGAR PRA OS MENOS ESCLARECIDOS O QUE A MÍDIA FAZ POR CAUSA DA BOQUINHA QUE RECEBE DO GOVERNO CORRUPTO DE QUEM ASSINA: SÉGIO CABRAL!!!!

Anônimo disse...

UMA COMPANHIA ORGÂNICA E UMA GRATIFICAÇÃO DE R$ 350,00

1 -Confesso que estranhei o nome - "Companhia Orgânica", mas no interior do ISP surgiu a idéia que em breve será implementada: Um Delegado e um Capitão PM comandando um grupamento de policiais militares e civis que terá poderes para atuar em uma determinada área do estado, já de competência de batalhões e delegacias, a fim de combater a criminalidade. Integração prática das polícias? O Militar Legal lhes deseja todo sucesso;


2 - Por iniciativa de nosso Comandante-Geral, o Sr Cel Mário Sérgio, estaria sendo criada uma gratificação para os PMs que "atuam na rua"no valor de R$ 350,00, obviamente que todos os que estão de IFP perderão essa grana.

Emir Larangeira disse...

Por acaso o Secretário Chefe da Casa Civil é oriundo da PGE. Hummmmm... Quando as peças de um quebra-cabeça começam a se encaixar... Mas o poder de neutralizar a mídia, por quem ocupa o papel de governante, é desmedido. São muitos milhões a garantir o silêncio dos colegas. E assim caminha a "democracia" no Brasil...