31/01/2008

CADA VEZ MAIS FORTES!

REUNIÃO EFETUADA EM 30/01/08-AME/RJ

PÚBLICO:
Mais de 600 (SEISCENTOS) oficiais PM/BM, sendo mais de 20 Coronéis PM da ativa.
.

PRINCIPAL DECISÃO TOMADA:



AGENDA:

CONGRATULAÇÕES AOS MUITOS DE CORAGEM E HONRA QUE HOJE FIZERAM EXATAMENTE O QUE FOI ACORDADO.

OBRIGADO SRS COMANDANTES DE HONRA.

OBRIGADO SRS OFICIAIS DE HONRA.

OBRIGADO SRS PRAÇAS DE HONRA. PADRÃO!

OBRIGADO TAMBÉM AO SR PRES. DA FENEME (www.feneme.org.br).

OBRIGADO SRS PERITOS CRIMINAIS.

CONTINUEMOS!

JUNTOS SOMOS FORTES!

26 comentários:

Anônimo disse...

Não se esqueçam jamais do que está acontecendo. Percebam quem está tendo coragem de lutar pela Corporação, quem está tendo dignidade, respeito e brio e vejam quem são os traidores, omissos, que se apegam a cargos, a cadeiras sem ter o mínimo de vergonha e caráter enquanto nossa tropa arrisca a vida por um salário extremamente baixo e sem as devidas condições de trabalho.
JUNTOS SOMOS FORTES.

turma 76 disse...

JUNTOS SOMOS(NUNCA FOMOS TÃO)FORTES!
A VERDADE e a HONRA triunfarão sobre os mentirosos e ímpios.


Turma 76

Anônimo disse...

600??? Ah... então não eram "meia dúzia de m...".
E aí, Cabraltinho?

Anônimo disse...

31/1/2008 01:46:00

Unidades ficam sem comando

Movimento deixa batalhões como BPVE, BEP e quartéis de 10 bairros com liderança vaga


Rio - Desde ontem pela manhã estão vagos postos de comando de algumas das unidades mais importantes da Polícia Militar. Ao todo, 45 oficiais em postos de liderança entregaram os cargos, onze deles comandantes de batalhões. Responsável pelas unidades especiais da corporação, o Comando de Unidades Operacionais Especiais, por exemplo, está sem oficial no comando. O comandante da unidade, coronel Dario Cony dos Santos, um dos barbonos, deixou o posto. Ele foi à passeata domingo em Ipanema.

O Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE) também perdeu seu comando, que era do tenente-coronel Alexandre Fontenelle Ribeiro de Oliveira. Em 2002, então major, era ele o negociador do Batalhão de Operações Especiais. Horas antes de ser empossado, Gilson Pitta voltou a dizer que saiu do grupo dos barbonos porque a proposta inicial do movimento mudou. Ele disse que não participou da passeata de domingo e se defendeu alegando que não filmou os manifestantes. “Essa situação não ocorreu”, rebateu.

Pelo menos 10 comandantes que assinaram, na noite de terça-feira, um documento se comprometendo a entregar o cargo não oficializaram o pedido ontem no Quartel-General. A ausência deles na lista oficial divulgada pelo grupo dos Barbonos foi vista com desconfiança, mas o movimento ainda acredita que alguns não formalizaram o pedido porque não puderam ir ao Quartel-General.

Um dos oficiais que teria declinado do afastamento do cargo é o comandante do 19ª BPM (Copacabana), tenente-coronel Edson de Almeida. No dia da exoneração, ele chegou a assinar a lista em solidariedade ao ex-comandante Ubiratan, mas, ontem, diante da desistência, não comentou o assunto. Há oficiais considerados simpatizantes do movimento, mas que teriam mudado de posição. Um deles seria o comandante do 23º BPM (Leblon), tenente-coronel Carlos Millan.

GREVE DE FOME

O ex-comandante do Batalhão Especial Prisional (BEP), tenente-coronel Fernando Príncipe, revelou, ontem à noite, que os 330 policiais presos na unidade prometeram iniciar greve de fome hoje, em solidariedade ao ex-comandante-geral da PM Ubiratan.

Príncipe, um dos 45 oficiais que pediram demissão ontem, disse que não tem condições de permanecer no cargo e apoiou a decisão dos PMs presos. “Não me sinto mais em condições de servir a este governo. A decisão pela greve é de cada um. Foi a forma que eles encontraram para se manifestar”, disse.

Hoje, o Clube dos Oficiais da PM vai encaminhar pedido de reunião com o governador e uma nova assembléia está marcada para as 20h.

Leonardo Allevato disse...

A manifestação liderada pelos Coronéis Barbonos e o grupo dos 40 da Evaristo já entrou para a história dessa bicentenária Corporação. Malgrado as intempestivas afirmações do Secretário de Segurança do Estado do Rio de Janeiro, agora persona non grata perante a Corporação, o movimento de policiais militares e bombeiros militares começa a ganhar o apoio da sociedade. Basta observar as imagens da passeata do último domingo e a presença e apoio de entidades civis nas reuniões realizadas na sede da Associação dos Militares Estaduais.
É claramente estampado nas feições da cúpula do Poder Executivo estadual o incômodo causado pelo movimento, mormente pelo fato de NÃO haver embasamento para punições de quaisquer gêneros.
Os 6 que compõem um movimento "isolado e tolo" como se referiu nosso Exmo. Governador se transformaram em 600 e logo se tornarão 6000. Somos, pelo menos, 50000 cidadãos insatisfeitos que defendem o cidadão carioca por menos de R$ 30,00 por dia e merecemos respeito das autoridades constituídas.
Juntos somos fortes!!

JUNTOS SOMOS FORTES disse...

CAIAM MIL AO TEU LADO,
E DEZ MIL A TUA DIREITA,
TU NÃO SERÁS ATINGIDO. (SL. 91:7)

MAJ, QUEREMOS AQUI EXTERNAR O NOSSO APOIO A ESTE MOVIMENTO CIVICO E DEMOCRATA, ACREDITAMOS NAQUELE QUE ESTÁ NO CONTROLE.
POIS, AINDA QUE O HOMEM SEJA INFIEL, DEUS PERMANECE FIEL (II TM. 2:13).

ERAM 12 APÓTOLOS, ENTRE ESTES 1 TRAIDOR. SOMOS 39.000 QUANTOS MAIS TRAIDORES SE REVELARÃO?

ESTAMOS JUNTOS NESSA LUTA!!!

QUANDO O JUSTO GOVERNA,
O POVO SE ALEGRA. (Pr. 29:2)

CAP RASTEIRO disse...

Caro Major,
Acredito que o tempo de esperarmos acabou. Devemos tomar outras atitudes, mais enérgicas.

Anônimo disse...

Prezado Major,
Sou integrante da Corporação mas estou a disposição de um outro Órgão e me sinto de mãos atadas por não poder participar com minha presença física nas reuniões, mas mando sempre muita força para que os Srs continuem.
Sem querem criticar, até porque nào tenho gabarito para isso, acredito que reuniões e passeatas já se tornaram desgastadas, pois já vimos que havia um traidor infiltrado que deve estar rico pois despreza o movimento salarial, tenho uma sugestão que acredito ser eficaz.
Logo no anúncio de aumento de 4%para nós e outras classes, os médicos distribuíram um adesivo escrito "Quanto vale o médico" causando uma indgnação de quem lê quanto a causa deles, só que eles parece que não tiveram forças para das continuidade.
Nós devemos "atacar" através da comunicação, o povo não sabe o que passamos ou quanto ganhamos, então publiquemos nossa mizéria, façamos através da associação e com verba de doação, adesivos com uma frase de impacto, panfletos com o que revindicamos para um melhor serviço a população, espalhemos outdoors pelo estado, enfim, temos que ter como aliado a POPULAÇÃO, pois é ela que vota (imagem do Governo) e todo mundo já precisou ou conhece alguém que um dia precisou da polícia.
Se só nosso efetivo colar o adesivo no carro, já são no mínimo 20.000 propagandas, fora parentes, amigos e simpatizantes.
É mais trabalhoso, mas sozinhos e ainda mais agora com toda essa perseguição, corremos o risco de mais um fracasso, o povo só presta atenção a uma passeata quando ela o atrapalha no trânsito, etc.
CHAME O POVO PARA O NOSSO LADO, ELE É MUITO FORTE E É O NOSSO CLIENTE.

Zumbi disse...

Meia dúzia?
Acho que ele não viu os dois zeros no final...

Anônimo disse...

Major Wanderby acredito no Sr°, por isso faço parte do movimento. Como o Sr° pode constatar hoje nos jornais, a mídia não está com a gente, a sociedade não está com a gente.Acredito que juntos poderemos vencer,mas acredito tb que a vitória exige sacrificios. E eu estou disposta a me sacrificar assim como outros participantes do movimento. Acredito que o carnaval é a nossa última chance. Temos que parar tudo! Transformar a cidade em um caos! Já tentamos por diversas vezes pelas vias legais. Chegou a hora de uma atitude mais ofensiva. Estarei hoje na reunião e sou a favor de parar no carnaval!!!! Só conseguiremos o que almejamos lutando com a honra que nos resta.

Anônimo disse...

ENTREVISTA COLETIVA DO CEL PAÚL,HOJE ÀS 19:00h NA AME.

Anônimo disse...

"O PREÇO DA TRAIÇÃO"

- "ENTÃO UM DOS DOZE, CHAMADO JUDAS ISCARIOTES, FOI TER COM OS PRÍNCIPES DOS SACERDOTES,
- E DISSE: QUE ME QUEREIS DAR E EU VO-LO ENTREGAREI? E ELES LHE PESARAM TRINTA MOEDAS DE PRATA,
- E DESDE ENTÃO BUSCAVA OPORTUNIDADE PARA O ENTREGAR.
(S.MATEUS 26: 14-16)

Anônimo disse...

parabens!!! est~sao exercendo a cidadania...de forma clara e transparente!!! Voltaram a ser ciddãos de fato e de direito!!!!

muita força!!!!

Anônimo disse...

Postado no Militar Legal

Companheiros, não sei se todos vcs sabem mas temos um grupo na internet cujos participantes são PCs e estou, já a alguns dias, tentando fazer os colegas entenderem que a luta é de todos.Eu não me importo que coronéis ganhem igual a delegados contanto que percebamos salários proporcionais aos deles.Alguns colegas já começaram a aderir e se tudo correr bem marcaremos encontro com vcs e se nos aceitarem caminharemos juntos, as duas polícias deste estado, até o palácio. Mostraremos que ambas as forças estão na merda e que ele tem que cumprir o que prometeu.
Infelizmente ainda tenho me manter anônimo, afnal o secretário é da inteligência e agora o comandante tb.
É sério.
Já, já passo uma posição e me identifico.
Isso não é contra-inteligência ou algo parecido.
Se algum de vcs tiver contato com o capitão Luis Alexandre, ele sabe quem sou eu.
P.S. Parabéns tenente Melquisedec. Sua entevista no Balanço foi 10!

O MISSIVISTA disse...

Torço para que o Cel Paúl seja cauteloso e iluminado pela intuição Divina na sua entrevista coletiva, hoje, às 19:30h , na AME/RJ, pois a mídia é feito o abutre que espreita sua carniça. Cuidado, a perfídia e a traição assombram o ar que respira.
Cautela e caldo de galinha, já dizia a vovó, nunca é demais.
Os que ainda estiverem JUNTOS, os verdadeiros heróis sociais, precisarão ser FORTES.
A luz da verdade prevalecerá.
O MISSIVISTA

Anônimo disse...

Precisamos ser fortes para não abandonar a luta agora e mostrar a esse governador CHEIRADOR e seus secretários vendidos para o diabo que unidos triunfaremos!

Vamos colocar faixas nos aeroportos para que os turistas que vem para o carnaval leiam:

CUIDADO turista! Aqui o policial militar passa fome e está DESmotivado !

A imprensa está contra nó~s mas não teria como omitir essa ação !

Vamos expor ao máximo o quanto esse Pinóquio é ruim para todos de fora que passarem o carnaval aqui.

Que tal nós criarmos um bloco de oficiais chamado "bloco do Pinóquio" e convidarmos a sociedade a sair em um "desfile" nele? Não vejo insubordinação em passear em um bloco na folga de carnaval!

Anônimo disse...

Divulguem essa comunidade no Orkut:

Eu apoio o Cel PM Ubiratan

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=43097144

Anônimo disse...

Divulguem essa comunidade no Orkut:

Eu apoio o Cel PM Ubiratan

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=43097144

Anônimo disse...

MAJOR ACABEI DE LER QUE O SR FOI TRANSFERIDO,É LAMENTAVEL NÃO PODERMOS EXPRESSAR NOSSAS IDEIAS EM UM PAIS QUE SE DIZ DEMOCRATICO, MAS ROUBAR PODE, TER UMA CASA DE 1 MILHÃO DE REAIS PODE , MESMO COM O QUE GANHA SABEMOS QUE NÃO TERIA CONDIÇÕES.

MAS A COVARDIA SOMENTE EXISTE PARA QUEM É HONRADO ,CONTINUAMOS NA LUTA,CONTE COM NÓS , JUNTOS SOMOS FORTES.

Anônimo disse...

PROPOSTA PARA O PINÓQUIO: 100% EM 30 MESES (3,33% POR MÊS).

MENOS SERIA INSUFICIENTE!

Anônimo disse...

A falta de compromisso do Governador com a Segurança Pública é impressionante!

Cabral sempre foge da sua responsabilidade, fica adiando o inadiável. O momento é agora!

O PM não quer aumento no futuro, pois o futuro não existe! O PM quer aumento AGORA, hoje (no presente)!

O PM não pode dizer para seus credores que NO FUTURO irá pagá-los, pois o Governo do Estado vai negociar aumento...

É AGORA OU NUNCA!

Anônimo disse...

Olha o aumento aí:

1/2/2008 01:46:00

Prefeitura: Aumento de até 21,74% para servidor

Proposta para beneficiar 110 mil funcionários é enviada à Câmara, a nove meses das eleições


Djalma Oliveira



Rio - Cerca de 110 mil servidores ativos e inativos da Prefeitura do Rio de 54 categorias, entre professores, funcionários da Saúde, engenheiros, arquitetos e geógrafos, terão reajustes médios de até 21,74% em seus vencimentos básicos. É o que prevê projeto de lei enviado ontem, a nove meses das eleições, pelo prefeito Cesar Maia à Câmara dos Vereadores. Se aprovado, será feita a incorporação de gratificações na Saúde e no magistério e também haverá a concessão de aumento para os outros cargos. Segundo o secretário de Administração, Wagner Siqueira, os pensionistas dessas áreas também serão beneficiados.

Na Saúde, o projeto prevê a incorporação da parcela fixa da Gratificação por Desempenho e Produtividade para 28 mil servidores, o que vai representar um aumento médio de 7,8% no salário-base. Os professores representam a maior parte dos beneficiados. São 80 mil pessoas que poderão ter em seus vencimentos básicos as gratificações por extensão de tempo de serviço e equiparação da hora-aula, esta última concedida recentemente.

Se a inclusão for aprovada pelos vereadores, vencimentos básicos ficarão em média 11,5% maiores. Já os 2.500 engenheiros, arquitetos, químicos, astrônomos, biólogos, geógrafos, geólogos, museólogos e profissionais de Nível Superior das áreas de Engenharia e Arquitetura terão o maior percentual médio de aumento: 21,74%.

Para os ativos, essa incorporação no vencimento básico trará aumento nos casos de gratificações e outros rendimentos correspondentes a percentuais do salário-base, como triênios, licenças especiais, adicional de férias e 13º salário. Na Saúde, por exemplo, há o adicional de insalubridade de 20% do salário básico. Os professores também têm vantagens desse tipo, como as bonificações por dupla regência e por aulas em locais de difícil acesso. Além disso, na hora da aposentadoria, esses valores não serão perdidos.

Os cálculos dos valores do magistério ainda não foram efetuados pela Prefeitura do Rio.

Equiparação para docentes

Saiu ontem a regulamentação da equiparação da hora-aula aos professores inativos do município. Eles deverão acessar o site www.rio.rj.gov.br/sma e imprimir o requerimento, que deve ser levado a uma das Coordenadorias Regionais de Educação, para assim obter concessão. O dinheiro começa a ser pago nos salários de março.

Para aumentar a garantia de pagamento das aposentadorias e pensões do município, o mesmo projeto de lei que altera os salários básicos dos servidores prevê ainda a redução de 2% para 1% da folha de pagamento do repasse para a taxa de administração do Previ-Rio. O valor é usado no custeio e em benefícios assistenciais, como o crédito imobiliário. Assim, o Previ-Rio passaria a receber cerca de R$ 2,5 milhões mensais da folha. O restante iria para o Funprevi, fundo de previdência do município, que paga aposentadorias e pensões. Wagner Siqueira garantiu que a queda no repasse ao Previ-Rio não vai representar perdas para os benefícios do instituto.

----------------------

Ah colega, não achou que fosse ser para nós, né? O Pinóquio quer que morramos de fome !

Anônimo disse...

Homenagem da PMERJ ao nosso amado governador:

http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://www.contandohistoria.com/pinoquio_animado_gigante.gif&imgrefurl=http://www.contandohistoria.com/pinoquio.htm&h=400&w=264&sz=134&hl=pt-BR&start=2&tbnid=c6_Dvxs4Eku4YM:&tbnh=124&tbnw=82&prev=/images%3Fq%3Dpin%25C3%25B3quio%26gbv%3D2%26hl%3Dpt-BR

Anônimo disse...

Em meio à crise provocada por reivindicações salariais, PMs que ganham menos de R$ 1.400 por mês já podem se matricular em um dos 82 cursos oferecidos pelo Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). As inscrições estão abertas até o dia 3 e as aulas devem começar dia 7. Além de um certificado com comprovante do curso e do aprendizado, cada militar receberá bolsa-formação que varia de R$ 180 a R$ 400, segundo a patente.
Agora soldados ganharão igual a sargentos.

Anônimo disse...

Ahahahahahahaha!

O link para o site do Pinóquio me fez rir por horas! Fantástico!

A idéia do bloco dos pinóquios no carnaval também é ótima! Precisamos fazer o apelido de Pinóquio colar nesse governador traidor a qualquer preço ! O povo precisa associar o desgovernador ao Pinóquio para sempre!

Raphael disse...

Não saiu um linha sequer sobre a entrevista do cel.Paul. O que está havendo? Quem está de fora e acompanhando está apreensivo.

Não temos mais direito às informações? Cadê a imprensa? Voltou a censura?