07/07/09

Como nos permitimos ser tão fracos e submissos?

Comentário feito por "TC Amorim" na postagem acerca das medidas adotadas (e não) pela CGU em relação ao problema envolvendo um delegado de polícia civil e dois PMs de serviço:



"Isso JAMAIS aconteceria aqui em Santa Catarina.
Aqui Delegado não é Doutor. Aqui Delegado não ganha um centavo a mais que um Oficial.
Aqui temos muita dignidade na Polícia Militar.
Aqui a PM é vitoriosa de fato: expede Portarias, faz o Termo Circunstanciado, faz o Auto de Prisão em Flagrante, e não chama Delegado de Doutor.
Chamar de Doutor é se humilhar, é reproduzir a cultura da subserviência que vem lá do século 19.

Quem muito se abaixa não tem o direito de reclamar de estar sendo ....".

Vale ressaltar que o fato narrado não é um caso isolado, mas apenas mais uma manifestação do quadro dantesco de subutilização e subjugo da Força Pública do RJ, fruto da prevalência de interesses meramente classistas daqueles que têm o dever de elucidar os delitos de maior potencial ofensivo registrados nas delegacias em que labutam.
E quem mais perde não é a PM, mas a população que dela depende...



6 comentários:

Anônimo disse...

Ora!

O que podemos esperar do público externo ao tratar a tropa feito lixo? Já que muitos oficiais não pensam duas vezes em fazer o mesmo quando se sentem milindrados por alguma atitude de um subordinado, olhe o exemplo do Cel. Lopes, foras outros que agem feitos maricas nas ruas, dando um escândalo show igual a esse infeliz da DAS, só para o bando de PIs em volta saber que ele tem poder sobre aquele PM.

Sem falar em comandante de unidade que dá o número particular de seu telefone para o PI, caso o mesmo venha a ser abordado por PMs possa ligar e tirar onda com a cara de quem está trabalhando...

A FALTA DE RESPEITO QUE SOFREMOS É JUSTAMENTE PORQUE NÃO NOS DAMOS AO DEVIDO RESPEITO!

Anônimo disse...

O que você ganha alimentando o ódio entre as instituições???

Anônimo disse...

Não entendi a pergunta do anônimo das 12:47???

Também não entendi por quê o Major não publicou meu comentário de outro dia???

Ah! Deve ser porque eu disse que a tropa convive com esses fricotes diariamente, já que é normal alguns oficiais fazerem isso em público só para se exibir, mostrar que tem poder sobre PMs, aos paisanos.

Então, anônimo das 12:47, é normal isso aontecer com praças, já que seus superiores o fazem, aí qualquer um embuído de uma pseudo-autoridade também se acha no direito de pisar em homens e mulheres tarbalhadores, vide Cel Lopes em Bel Fordroxo contra o CB do 39° BPM dias atrás.

E falei também nos casos de alguns oficiais que dão seus números telefônicos particulares a paisanos e os encorajam a ligarem caso alguma praça venha a aborda-los, verdadeiro tráfico de influência.

Então, se estes que não honram seus postos fazem isso com seus subordinados, imagine o que não passa na cabeça de um delegado, promotor, juiz, etc. Com certeza alguns deles pensam da mesma forma que esse infeliz da DAS, um frustrado que não se garante, usa o poder de armas para acuar homens de verdade e trabalhadores...

ESPERO QUE SEJA PÚBLICADO DESSA VEZ, MAJOR!

Anônimo disse...

SE OS COMANDANTES QUEREM CHAMAR A ATENÇÃO DE SEUS SUBORDINADOS, O MÍNIMO QUE DEVEM FAZER É FAZÊ-LO EM LOCAL PRÓPRIO E DE FORMA SERENA E JUSTA.

SOMOS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA E NÃO PODEMOS SER TRATADOS COMO PIVETES QUE TOMAM UM ESPORRO DO PAI NO MEIO DA RUA. UM ESPORRO SEM DECORO E QUE ALIMENTA A FALTA DE RESPEITO PRÓPRIO QUE CORRÓI A NOSSA INSTITUIÇÃO!

FALTA-NOS RESPEITO PRÓPRIO. O COMANDANTE DEVE DAR O EXEMPLO E MOSTRAR-SE O MAIS EQUILIBRADO, O MAIS JUSTO!

HAVERÁ DE CONTER SUA IRA E ESCOLHER SABIAMENTE AS PALAVRAS. CASO CONTRÁRIO SÓ SOBRARÁ O PALAVRÃO E A EXECRAÇÃO PÚBLICA!

O CIDADÃO COMUM DEVE SENTIR O RESPEITO QUE EMANA DO POLICIAL. ARTIGO EM FALTA HOJE EM DIA, POR ISSO TÃO IMPORTANTE.

VAMOS NOS RESPEITAR PRIMEIRO, COMO PROFISSIONAIS, SÓ ASSIM TEREMOS O RESPEITO DOS OUTROS!

Anônimo disse...

Por qual motivo ainda existe pulissa "militar"???????

MAURICIO DEMETRIO
DELEGADO DE POLÍCIA.....
PASSEI NO CONCURSO......

Anônimo disse...

Porque o senhor tirou os comentarios que estavam postados? mudou de ideia?