01/07/09

Sensibilidade e razoabilidade em lugar de truculência, soberba e autoritarismo

Governo concede aumento que varia de 40 a 90% para a PM

Os policiais militares estão com um sorriso de orelha a orelha. Na tarde de ontem, 29, o governador Marcelo Déda anunciou o aumento salarial da PM. Depois de retirar da Assembleia Legislativa a proposta de 5,53%, Déda passou os últimos dias reunido com o secretário da Fazenda João Andrade, da Administração Jorge Alberto e os comandantes dos Bombeiros e da PM, coronel Nailson e José Pedroso respectivamente.

A nova proposta do Governo vai causar um impacto assustador na folha salarial da Polícia. Em abril de 2009 eram gastos R$ 22.192.253,00, em dezembro de 2010 serão gastos R$ 43.668.748,00. Um acréscimo de 96,8%, ou R$ 21.476.494,00. O aumento será escalonado de maio de 2009 até dezembro de 2010. O acréscimo médio ao soldo do militar será de 80% para os praças e oficiais intermediários e de 40% para os oficiais superiores.

E dentre as propostas, serão incorporados ao soldo a Gratificação de Compensação por Serviço Externo – Gracoex – e Gratificação de Atividade Militar – GAM. Assim, os militares da reserva que não recebiam essas gratificações serão agraciados com os respectivos valores. O governador anunciou a criação da Lei de Organização Básica – LOB – que vai disciplinar o regime de carreira e promoções e o Regime Disciplinar e Ético que vai substituir o famigerado Regime Disciplinar do Exército que era aplicado na PM.

Os líderes das Associações Unidas da PM foram procurados pelo Cinform Online, mas eles preferiram não tecer nenhum comentário. “Vamos aguardar a assembleia de hoje”, afirma o sargento Edgar Menezes. Os PM’s se reúnem nesta terça-feira, 30, às 15h, no Colégio Militar da PM, na rua Boquim, próximo ao Quartel Geral.

POSTO

REMUNERAÇÃO

REAJUSTE

Coronel

R$ 12.401,62

39%

Tenente-coronel

R$ 10.784,02

42%

Major

R$ 9.885,35

47%

Capitão

R$ 8.599,70

73%

1º Tenente

R$ 7.166,41

79%

2º Tenente

R$ 5.733,13

73%

Aspirante

R$ 5.512,63

91%

Subtenente

R$ 4.793,59

78%

1º Sargento

R$ 4.565,32

83%

2º Sargento

R$ 4.004,67

84%

3º Sargento

R$ 3.512,87

84%

Cabo

R$ 3.193,52

80%

Soldado 1ª Classe

R$ 3.012,75

82%

Soldado engajado

R$ 2.925,00

84%

Soldado não engajado

R$ 2.473,50

60%

OBS.: Valores sem os triênios

Congratulações aos militares "manos" de Sergipe pela união, coragem e persistência e ao Governador Marcelo Déda pelo espírito democrático.


.






JUNTOS E FORTES



NÃO HÁ VITÓRIA SEM LUTA!

5 comentários:

Anônimo disse...

Parabens aos colegas de Sergipe!

Agora uma pergunta que ronda a minha cabeça:

Em GO o SD ganha R$2700,00 à partir de dezembro de 2010 em SE o SD ganhará R$2980,00. Por quê o estado do Rio de janeiro não tem verba para isso?

Por que os SDs desses estados mencionados ganham quatro vezes menos que os Coronéis de seus estados e aqui em terras fluminenses o SD ganha OITO vezes menos?

Anônimo disse...

Soldado não enganjado vai ganhar mais do que 1º Ten no Rio.
Sem mais o que falar.

Anônimo disse...

O Excluído Fardado - Cobertura da TV BRASIL.
Amanhã, 2 de julho de 2009, o Excluído Fardado estará participando das comemorações do 153º aniversário de criação do glorioso e heróico, Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro.
Ele, que só fala verdades, estará em frente (ou ao lado) do Quartel General do CBMERJ, no horário das 08:00 às 12:00 horas, interagindo com a população fluminense e com os Bombeiros Militares, os heróis do fogo.
COMPAREÇAM! A TV Brasil deverá fazer a cobertura do ato cívico.
E, ainda amanhã, no horário das 16:00 às 19:00 horas (escala extra), o Excluído Fardado estará na Cinelândia.
COMPAREÇAM!
MOVIMENTO CÍVICO JUNTOS SOMOS FORTES!

Anônimo disse...

VAMOS DIFUNDIR ESSA INFORMAÇÃO A TODOS DA NOSSA GLORIOSA PMERJ !!
TALVEZ TOMEMOS VERGONHA NA CARA E CORAGEM E SEGUIMOS O EXEMPLO DOS COLEGAS DE SERGIPE!!

Anônimo disse...

Bom dia major! SUGESTÃO! O Estado do RJ tem um problema único, uma situação esdrúxula que não ocorre nos outros entes federados; e que em minha modesta análise é um dos responsáveis pela impossibilidade de ocorreu uma UNIÃO entre os membros da corporação. Os diferente vencimentos que recebem militares com grau hierárquico e funções idênticas. Divulgue uma tabela para que os companheiros das co-irmãs tenham a oportunidade de se espantar também com o CAOS (proposital) que vivemos (dividir para conquistar. Quero ver se algum PM de qualquer Estado irá compreender o motivo pelo qual, por exemplo, ele ganharia menos que outro companheiro que trabalha na mesma OCUPAÇÃO. Seria interessante todos verem graficamente o que significam as diferenças trazidas pelas pecúnias, gratificações (???), etc. Um abraço, CPA.