14/06/2007

"A PM pode fazer greve".

.
"Salário mixo justifica greve da PM, diz Lula
LÉO GERCHMANN
da Agência Folha, em Santa Maria

O presidenciável petista Luiz Inácio Lula da Silva acusou ontem, em Santa Maria (RS), o governo da Bahia de ter provocado a violência, saques e arrastões durante a greve da Polícia Militar para enfraquecer o movimento. E defendeu o direito de policiais fazerem paralisações.

'Acho que, no caso da Bahia, o próprio governo articulou os chamados arrastões para criar pânico na sociedade. O que o governo tentou vender? A impressão que passava era a de que, se não houvesse policial na rua, todo baiano era bandido. Não é verdade. Os arrastões na Bahia me lembraram os que ocorreram no Rio em 92, quando a Benedita da Silva, [petista e atual vice-governadora do Rio] foi para o segundo turno [nas eleições para a prefeitura]. Você percebeu que, na época, terminaram as eleições e, com isso, acabaram os arrastões?'

'A PM pode fazer greve. Minha tese é que todas as categorias de trabalhadores que são consideradas atividades essenciais só podem ser proibidas de fazer greve se tiverem também salário essencial. Se considero a atividade essencial, mas pago salário mixo, esse cidadão tem direito a fazer greve. Na Suécia, até o Exército pode fazer greve fora da época de guerra', disse.

As declarações foram feitas durante a Caravana da Agricultura Familiar, que Lula realiza no Sul. Durante todo o dia, Lula falou sobre a prioridade que dará, caso seja eleito presidente, para a agricultura familiar. Usou, como exemplo do quanto isso poderia ser positivo para o país, o casal de agricultores com quem tomou café da manhã, Moacir Aozani, 53, e Inês Aozani, 47.
".

As declarações, disponíveis em http://www.sindicatomercosul.com.br/noticia02.asp?noticia=1918 e, convenhamos, divorciadas do ordenamento jurídico pátrio, teriam se dado por ocasião do período pré-eleitoral alusivo ao primeiro mandato do atual Presidente da República.

3 comentários:

Anônimo disse...

ATÉ QUANDO? GREVE JÁ! CHEGA DE COMODISMO! PRECISAMOS SAIR DA INÉRCIA! LUTEMOS POR SALARIOS DIGNOS!

MAIS INCONSTITUCIONAL QUE A GREVE É O SOLDO DE NOSSOS SOLDADOS SER MENOR QUE O SALÁRIO MÍNIMO!

GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!
GREVE!!!

* MOVIMENTO GREVE JÁ!

pm_rj_anonimo disse...

SOU POLICIAL MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E ESTOU INSATISFEITO COM O DESCASO DADO PELO ESTADO A NOSSA CLASSE. COMO PODE UMA CLASSE ESSENCIAL AO ESTADO SER DESVALORIZADA, ENQUANTO OS POLITICOS, QUE GANHAM ALGUNS MILS, SE NEGAM A DAR AUMENTO. NÃO QUERO MUITO SÓ QUERO O QUE É DE DIREITO. COMO PODE O NOSSO SOLDO SER MENOR QUE UM SALARIO MINIMO? SE NÃO PODE DAR AUMENTO ENTAO NAO PODE EXIGIR QUE NÃO FAÇAMOS GREVE. POLICIAIS MILITARES VAMOS DESPERTAR, DEIXAR O BICO DE LADO E VAMOS LUTAR. FAZER GREVE OU MANIFESTAÇÕES PASSIFICAS VAI CHAMAR A ATENÇÃO DAS AUTORIDADES. TRABALHO NA RUA COMO MUITOS E MESMO ASSIM ESTOU INSATISFEITO, DIFERENTES DE MUITOS QUE SE ACOMODARAM COMO O BAIXO SALARIO. TAMBEM SOU A FAVOR DO PM A FAZER GREVE.

Anônimo disse...

Quem não tiver satisfeito, pede para ir embora.A PM do RIO jamais vai se mobilizar para fazer greve. E isso não é novidade pára ninguém. O PM do Rio está satisfeitíssimo com a sua carteira de polícia. É so isso que ele quer. O salário é só um detalhe. DEU PARA ENTENDER????????
O PM perde dinheiro com a greve ( e olha que não é pouco é muita grana!!!!)