29/05/2008

MOVIMENTO SALARIAL UNIFICADO - RJ

"Está em curso, no nosso Estado, um gigantesco movimento unificado dos servidores das áreas de Saúde, Educação e Segurança com o objetivo de forçar o Governador Sérgio Cabral a retomar as negociações sobre o aumento salarial para todos os servidores públicos. Diferentemente de outras vezes, quando cada categoria buscou solução isolada, agora os principais Sindicatos dos seguimentos civis e das Associações dos militares estaduais estão firmes e coesos na luta pelos direitos coletivos.
Na última reunião, realizada dia 26 de maio/08, na sede do Sindicato dos Médicos, na Av. Churchill 97, com 42 entidades presentes, na pauta estavam os seguintes assuntos:
1. eleição de comissão mista provisória para condução dos trabalhos;
2. marcação de Assembléia Geral; e,
3. deliberações diversas.
Por unanimidade, foram eleitos 15 membros para compor a comissão (5 de cada área), cabendo ao Presidente da AME/RJ representar os oficiais da PMERJ e CBMERJ.
Também por unanimidade ficou marcada a Assembléia Geral conjunta para as 10.00 h, do dia 13 de junho/08, no Clube Municipal e, desde já, o dia 19 de junho como o da consolidação do movimento, com manifesto na escadaria de ALERJ.
Para a Assembléia Geral já há uma agenda mínima, a saber: reajuste igual já; fixação de data-base para o aumento do funcionalismo; não à terceirização do serviço público; e, plano de carreira e de salários! Ainda será discutido o posicionamento sobre uma greve geral conjunta, incluindo-se uma marcha até o Palácio Guanabara.
Tenho a convicção de que o movimento será bastante vigoroso e barulhento, pois percebi sinceridade e disposição nos dirigentes sindicais. Admito até ser possível não se obter o aumento desejado (algo em torno de 65%), mas que o Governador enfrentará sérios problemas, disto não tenho dúvida.
De nossa parte, por enquanto, cabe divulgar o que se está fazendo e convocar os PMs e BMs de folga para os atos públicos dos dias 13 e 19 de junho.

Ajude-nos a divulgar e vamos participar!!!!

Dilson Anaide – Presidente da AME/RJ
".

9 comentários:

COTURNO CARIOCA disse...

JÁ ESTAMOS DIVULGANDO PARA OS POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES ATIVOS E INATIVOS PARA SE JUNTAR AO MOVIMENTO.

j.agra disse...

Wanderby, sou sgtpm rr, e tenho algumas coisas como, a mp 2215, a constituição federal art 7,142,a lei estadual 1521 que altera a lei 279, o art 5 e o art 14 da lei 1434 tambem falam que o soldo é o salario do policial, então a pec 24/08 tem todo o amparo legal, ora devemos nos unir, todos os funcionarios publicos e reinvidicar melhotia salarial, se não formos atendidos devemos fazer uma greve geral, todos os funcionários publicos após o dia 19.

msc disse...

O MSC (Movimento Segurança Cidadã) certamente se fará presente com todos os seus integrantes!
JUNTOS SOMOS FORTES!

Anônimo disse...

Gostaria que divulgassem o horário da concentração em frente a ALERJ, no dia 19/06/08, para que os residentes no interior do Estado possam se organizar e formar caravanas. Aproveito para pedir a todos os funcionários que se empenhem no comparecimento, bem como, incentivem os seus companheiros a fazer o mesmo. Temos que agir unidos, não é hora de nos acomodarmos.

Ten Cel Oliveira disse...

Caro Wanderby
Já existe decisão superior definindo que só o "recruta" pode ganhar menos do que o Mínimo. O que faltaria para que as entidades dos PMs e BMs entrarem na Justiça exigindo o cumprimento da LEI, através, que seja, de mandado de segurança? É líquido e certo, cabe esse mandado!
O que falta? Ou já foi feito?
Ten Cel Oliveira

Wanderby B. de Medeiros disse...

Sr TC
Sinceramente, não sei o que está faltando.
Mas estou certo de que não é esclarecimento.
Saudações.

Anônimo disse...

Caro Major como oficial subalterno, não consigo entender pq Coronéis que antes encabeçavam o movimento simplesmente o abandonaram, sem dar a menor satisfação à sua tropa.Amo a Polícia Militar do Rio de Janeiro mais cada vez mais tenho menos vontade de chegar ao posto de Coronel.Na minha opinião tudo que esses "homens"?!querem usar seu 3ºA com estrelas brilhantes e medalhas compradas, porcos fascistas!!!

Zilda disse...

Caro sr. Wanderby,porque os policiais ainda não entraram em greve?

Anônimo disse...

(transcrito do site www.assinap.com.br):Parabéns, servidor!
Manifestação foi impressionante

Os servidores estaduais compareceram em massa para mostrar sua insatisfação ao governo Sérgio Cabral. Incansáveis, mais de dois mil funcionários de todos os setores participaram da passeata no dia 13 de agosto, que seguiu do Largo do Machado até o Palácio Guanabara. Saúde, Segurança, Educação, Ministério Público, Fazenda, Transporte, todos estavam lá reivindicando direitos.

O governo tentou barrar a caminhada, fazendo com que policiais fechassem a passagem do carro de som, à altura do viaduto, na entrada da Rua Pinheiro Machado, onde fica o Palácio Guanabara.
A proibição criou um nó no trânsito. Após cerca de 40 minutos, o governo liberou a passagem, pois o engarrafamento já refletia em diversos bairros da cidade.

O governador negou-se a conversar com os representantes dos servidores e, na tentativa de esvaziar o Movimento, sugeriu agendar encontro, separadamente, com cada setor, conforme fez em 2007 (e não de certo), o que não foi aceito pela Comissão.

O evento tomou proporções ainda maiores em virtude do desrespeitoso reajuste de 8% oferecido pelo governador aos policiais civis, militares, bombeiros, agentes penitenciários e professores.

O Movimento, que teve início às 10 horas no Largo do Machado, terminou por volta das 17 horas, tendo chegado ao Palácio Guanabara no meio do dia.

A Comissão Unificada se reunirá dia 18 de gosto, próxima 2ª feira, para deliberar sobre os próximos passos dos servidores, sinalizando, desde já, que será posta para deliberação paralisação por 24 a 48 horas a partir do dia 16 de setembro, para vários setores do funcionalismo estadual.

Policiais, bombeiros e pensionistas, fiquem atentos, se informem, leiam as notícias veiculadas na mídia e em nosso site.
Participem sempre!

Abraços de Miguel Cordeiro