09/09/2007

A realidade arrecadatória do estado que paga o pior salário do Brasil aos seus soldados e um dos melhores aos seus delegados de polícia.


Arrecadação total por estado - ano de 2006:

Fonte: Receita Federal.

Discriminação das receitas do RJ - ano de 2006:

Fonte: Receita Federal.

Média de arrecadação mensal do RJ - 2006:

R$ 7.471.892.221,30 (sete bilhões, quatrocentos e setenta e um milhões, oitocentos e noventa e dois mil, duzentos e vinte e um reais e trinta centavos).

Curiosidades:

A folha de pagamento do estado consome cerca de R$1.100.000.000,00 (um bilhão e cem milhões de reais), aproximadamente 14,7% da arrecadação média mensal (dados de 2006), percentual muito distante do limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

A projeção de inflação para 2007 medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) é de 3,75%.

Tendo em conta tal projeção, o reajuste de 4% concedido por Sérgio Cabral, governador do RJ, representará ganho real de 0,25%.

Tal ganho real significa cerca de R$ 1, 96 (um real e noventa e seis centavos) a mais na remuneração dos soldados policiais e bombeiros do RJ (sem descontos).

De acordo com o próprio governo, o impacto do "reajuste" será de R$108.000.000,00 neste ano.

Tomando-se por base os valores de 2006, tal impacto representa apenas 1/830 (um oitocentos e trinta avos) da arrecadação anual.

As estimativas do próprio governo em relação à arrecadação de 2007 dão conta de reforço de caixa - "dinheiro novo" - em patamares próximos a R$1.500.000.000,00 (um bilhão e quinhentos milhões de reais).

Somente a arrecadação do ICMS foi elevada em cerca de R$450.000.000,00 (quatrocentos e cinqüenta milhões de reais).

A renegociação com o Itaú renderá valores superiores a R$1.000.000.000,00 (um bilhão de reais).

Caso o processo administrativo n.º E-09/01649/1702/07 resulte em êxito para a classe, o salário médio dos delegados de polícia do RJ saltará de R$ 11.855,56 para mais de R$ 15.000,00 (quinze mil reais).

O salário de um perito criminal em fim de carreira é pouco superior a R$4.000,00 (quatro mil reais).

O salário inicial de um soldado policial ou bombeiro militar é inferior a R$ 800,00 (oitocentos reais).

"Preciso demonstrar do ponto de vista material meu apreço pela PM" (Sérgio Cabral, governador/PMDB, em 13/08/07).

"O novo reajuste atende aos pedidos dos servidores estaduais" (Paulo Melo, deputado estadual/PMDB, em 24/08/07).

54 comentários:

Anônimo disse...

Esses dados mostram que devemos para de brigar entre nós e nos unir para cobrar do nosso estado um salário digno...

EU AINDA ACREDITO..

JUNTOS SOMOS FORTES

TEN. DO CBMERJ

Anônimo disse...

Maj Wanderby

Excelente exposição de motivos reais que contrastam com as informações irreais, sobre as finanças do RJ, que o Sr Governador Sérgio Cabral teima em passar para nós policiais e a população em geral. Eis os fatos, o Estado do RJ tem como nos pagar muito bem e é o que merecemos. Enquanto não formos tratados dignamente e não como "o resto" pelo Sr Sérgio Cabral a nossa imagem permanecerá cheia de falta de auto-estima. A população nos desmerece porque somos desmerecidos pelo próprio Governo. Só somos valorizados por nossos familiares pois acompanham de perto nossa situação "famélica". Trabalhamos diuturnamente em prol da sociedade Fluminense arriscando nossas vidas. Policiais precisamos permanecer de pé independente do modo pelo qual somos tratados. Lutemos por uma remuneração digna por que somos merecedores. "JUNTOS SOMOS FORTES".

Anônimo disse...

Sr.Wanderby

É preciso urgentemente divulgar todos esses números para que a população tenha conhecimento da maneira como o Governo-RJ trata a questão da Segurança Pública. Não podemos continuar aceitando tamanho pouco caso por parte desse homem que nós mesmos colocamos no Poder com nossas próprias mãos, acreditando que haveria uma melhora salarial significativa e demais mudanças favoráveis para Policia Militar-RJ.
O post está ótimo! PARABÉNS!

Anônimo disse...

Amigos...........não se iludam com estes números,o total arrecadado não fica no estado do RIO,vai para o (governo federal pagar 6.000,00 reais a um policial federal e 5.000,00 reais a um policial rodoviário federal) e, para LULA pagar 100 bilhões por ano de juros para os gringos. A realidade é que (os repasses do governo federal para o RIO são pequenos),em virtude disto,o estado está com pouco dinheiro,quem fica com a maior parte do que é arrecadado é o governo federal,o estado de SÃO PAULO também é muitíssimo prejudicado pois arrecada muito e vê suas riquezas indo para BRASÍLIA com pouco retorno,o correto é cobrar de LULA.

Anônimo disse...

Amigo...........Estou morrendo de pena do Estado. Por que vc não deixa o seu salário para eles? Dizer que o Estado está com pouco dinheiro. É brincadeira. Esta querendo dizer que o Major Wanderby está brincando com a gente? Dando informação errada? Sem confiabilidade? Deixa de ser palhaço.

Anônimo disse...

Em que cargo de confiança esta o anônimo que diz que o Estado esta pobre, ele deveria não receber o sua função gratificada.

Anônimo disse...

Acaba de morrer um vizinho.São 20.00h. Imaginem quem eles chamaram logo? A Policia Militar. A Policia lida com tudo o que é ruim. Merece ganhar bem, e ainda tem gente que defende este Governo e diz que não tem dinheiro em caixa para pagar bem os policiais.

Anônimo disse...

O que foi postado pelo major não está errado,o que está errado é o major não anunciar que o que é (arrecadado vai para o governo federal),lá em BRASÍLIA o dinheiro é somado ao dos outros estados(como o major postou,verifica-se que a maioria dos estados arrecada pouco,(é aí que o governo federal faz OS REPASSES MAIORES PARA OS ESTADOS COM MENOS RENDA E,(guarda uma fortuna para o pagamento da dívida com os gringos(o que consome muito dinheiro).O nosso estado é um dos últimos em repasses de verbas do governo federal,isto ocorre também porque a nossa bancada de deputados federais e senadores é fraca,não corre atrás do prejuízo da RIO,quem entende de política sabe que quem manda há muito tempo em BRASÍLIA são os políticos do NORDESTE......mais uma vez,o que é arrecadado,primeiro vai para BRASÍLIA.SE INFORMEM MELHOR.........o que não quer dizer que o (estado investe mal os recursos que vem de BRASÍLIA), não tenho cargo nenhum,só estou explicando que a culpa é nossa que temos votado muito mal aqui no RIO,se entrevistarem as pessoas nas ruas hoje,a maioria não se lembra em quem votou no ano passado,por isto estamos na merda........

Cb Teixeira disse...

O GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, COM ÊNFASE EM SUA CÚPULA, É EXTREMAMENTE REPUGNANTE!
REPUGNANTE!
REPUGNANTE!
REPUGNANTE!
REPUGNANTE!

VAMOS NOS UNIR DE VEZ E MOSTRAR DO QUÊ SOMOS CAPAZES.

JUNTOS SOMOS FORTES.

Anônimo disse...

Qutro exemplo do prejuízo que o RIO tomando,o caso do petróleo,ele é extraído da bacia de CAMPOS,sai do estado e o RIO apesar de receber os royalties,leva um enorme prejuízo pois o petróleo vai para SÃO PAULO, é refinado lá e,quando sai das refinarias,aquele estado recebe o IMPOSTO que deveria ter ficado no RIO........agora,e os nossos deputados federais e senadores,o que fizeram para acabar com isto?

Anônimo disse...

No texto acima,onde lê-se qutro,leia-se Outro.

Anônimo disse...

Na realidade,o estado teve no ano de 2006 menos da metade do que aqui foi noticiado,basta darem uma olhada no google,teclem orcamento do estado do RIO DE JANEIRO para 2006,na página 2.O que foi postado aqui pelo major foi o total,mas o governo federal realmente fica com o maior bolo.

Anônimo disse...

major wanderby

Por favor,pode explicar este comentário acima?

Anônimo disse...

Exelente exposição Major, acredito que estamos começando a tomar conhecimento das entranhas do Estado, e ver qual a real importancia que o Governo, federal e estaduais estão dispensando aos seus militares!

Grande Abraço
Juntos Somos Fortes!

Att
Ten Salma

Anônimo disse...

Realmente os impostos nas tabelas na sua grande maioria são federais, o que não quer dizer que o governo estadual não tem culpa ou não tem dinheiro para não pagar um salário digno aos seus serviodores. Um exemplo recente foi o piso nacional que o presidente propôs de R$1600,00 e o nosso governador, junto com outros, demonstrou seu apreço material por nós, eles conseguiram fazer com que o presidente volta-se atrás e oferece um bolsa-escola-esmola pra PM que ganha mal.
Não se iludam, da maneira que está o atual governador não nos pagará o que merecemos, uma vez que ele demonstrou como ele gosta de nós materialmente. Ou nos unimos contra esse tipo de apreço, seja o dele ou seja dos nossos comandantes, ou continuaremos assim, apenas reclamando da vida.

SAMANGO!!!!

Cap Roberta disse...

Como senão bastasse, tanta violência, salários vergonhosos. Nós pms temos que nos submeter a locomoção com viaturas em péssimo estado, escalas extras não remuneradas, alimentação de baixa qualidade como é o caso do 26º Batalhão( no jantar só tem sopa toda noite), os alojamentos estão sempre sujos e com mal cheiro. Não há estímulo nenhum para que possamos trabalhar. Se ganhamos tão pouco, é justo que ainda tenhamos que comprar nosso próprio uniforme? Isto sem falar na munição que usamos, que cada unidade tem o preço de uma refeição. Como pode um país deste, ter em sua bandeira, o lema "Ordem e Progresso". Porque será que a vida de um pm do estado do RJ vale apenas 20 mil reais. Depois de morrer trabalhando pela sociedade que muitas das vezes é desmerecedora de tal sacrifício. Não adianta cobrar atitudes políciais como de um país de 1º Mundo, se vivemos em um país de 3º.

Monica Reis disse...

Tenho certeza absoluta que não é por falta de dinheiro que o Estado do Rio deixa de pagar um salário digno aos seus funcionários (médicos, policiais, professores)...É uma questão de meta política. OU segurança, educação e saúde, são de fato prioridade, ou estaremos sempre submetidos ao caos que aqui se instalou...

Anônimo disse...

Com certeza estamos totalmente desamparados. Recentemente fui consultar o meu saldo no tal do "PASEP". Pasmem companheiros, depois de 25 anos descontando e não ter sacado um tostão, tenho por volta de no máximo R$700,00. Esse é o meu "fundo de garantia", é o "patrimônio" que o Estado oferece a seus funcionários. É o que vou receber quando for para a reserva remunerada, se DEUS quiser. Companheiros lutemos por vale transporte, por vale refeição, por fundo de garantia, pelo pagamento de horas extras, por melhores condições de trabalho e principalmente por salários dignos, pois diuturnamente enfrentamos risco de vida em prol da sociedade. "JUNTOS SOMOS FORTES".

Anônimo disse...

Mas é isso aí! Nós merecemos o que ganhamos. Por que? Porque a maioria de nós está conformada. Temos uma remuneração aviltante e condições de trabalho indignas, e o que fazemos? Engolimos isso! Engolimos migalhas! Não fazemos valer o nosso verdadeiro valor.

Aceitamos que não haja colete balístico para todos.

Aceitamos viaturas em condições precárias.

Aceitamos uma alimentação ruim.

Já não mais nos indignamos com os comandantes corruptos que vivem em seus apartamentos em bairros nobres do RJ com carros importados.

Aceitamos trabalhar (por 12h e até 24h) em postos de serviço que não possuem banheiro ou água.

Aceitamos uma carga horária escrava de trabalho e, mesmo sabendo que temos direito assegurado por lei, não brigamos por nossas horas-extras.

Etc etc etc...

Não temos respeito nem por nós mesmos. Ficamos com "medo", "medinho" de fazer "operação padrão/tolerância zero". Aliás, não fizemos sequer a "marcha democrática". MEDO, MEDO, MEDO...

Quero ver pensar em MEDO quando você estiver num caixão sendo velado, vítima de todo esse podre sistema. Mas aí, amigo, será tarde demais p/pensar e fazer algo.

Anônimo disse...

Sobre o Desfile de 7 de setembro

Apesar da marcialidade e da vibração as quais o Sr. maj se referiu, elogiando os ALUNOS OFICIAS...
Apesar do pronto elogio do Sub CMT da APM D. João VI assim que os cadetes desincorporaram a bandeira no pátio da escola...
Apesar do entusiasmo demonstrado no retorno à academia, mesmo após os dias de treinamento e o dia do desfile, no qual acordaram às 04:00...
Apesar de todas as dificuldades rotineiras da academia, que levam qualquer pessoa a superar seus limites físicos, psicológicos e intelectuais...
Apesar de tudo... Os oficias do Corpo de Alunos da APM D. João VI insistem em desestimular os alunos oficiais, em fazê-los desgostar da corporação, fazendo uma revista de uniforme APÓS "O" desfile...
Será injusta uma revista nos objetos metálicos do “quase bicentenário” 7º uniforme dos cadetes após uma manhã inteira na Av. presidente Vargas?
Será injusto extrair DRD ao aluno que, mesmo com o coturno brilhando, está fora do padrão por que não usa determinada marca de graxa?
Após acontecimentos como esses é que os cadetes passam a entender porque a maioria dos oficiais não quer servir na academia, o que deveria ser o contrário pois ali é onde fica o berço da formação policial militar, onde nascem (ou deveriam nascer) os verdadeiros oficiais...
Sei que o Sr. Maj já serviu na academia e que o Sr. era extremamente rigoroso, mas rigorosidade não é sinônimo de injustiça e parece que os atuais oficiais não sabem discernir isso...
Apesar de ser apenas um cadete sem experiência policial militar, não sei qual é a melhor forma de se formar oficiais, só tenho a certeza de que não é desse jeito que está sendo feito atualmente.
Desculpe se exagerei nas palavras, se bati de frente com o sistema, se quebrei a cadeia hierárquica, ou algo parecido, só quis expor o que eu e a maioria dos cadetes da academia pensamos, mesmo sem saber se é o certo ou não. Após receber um elogio de um oficial rigoroso (não injusto) como o do Sr. tive que me expressar.
Ass.: Império Par... Soberania Ímpar... Império Soberano... Soberania Imperial
JUNTOS SOMOS FORTES (também)

Ten turma par disse...

Show de bola aluno. To contigo e não abro. A APM virou um templo evangelico!

Anônimo disse...

Esse Dep. Paulo Melo é um bandido safado ! Só se elege pq compra votos! O pior é o povo idiota da região dos Lagos q vota nesse VAGABUNDO !!!

1SGT CPI disse...

Major,
Obrigado pela citação no meu comentário do artigo no blog do Cel Larangeira.
Gostaria que o senhor, de forma mais sucinta, comentasse o novo artigo do Cel Larangeira, já que eu achei que está muito extenso e com isso pode causar incompreensão.
1SGT CPI

Anônimo disse...

Seria muito bom o Governado criasr a lei do bico e hora extra e transformá-la em lei, pois seria de certa forma uma evolução no nosso arcaico sistema legislativo.

1 - Hora Extra

2 - Regulamentação do serviço privado, deixando de figurar como transgressão.

3 - Crisção da Lei da Nova Lei do Quadro Organizacional da PMERJ, que se encontra dormitando nas prateleiras empoeiradas do Gabinete Civil.

4 - Contrapartida do Estado da Arrecadação do FUSPOM.

5 - Criação da Pensão Militar.

Cadê as associações?
Por isso deveríamos lutar com unhas e dentes.
Mas não temos Comandante geral para isso.

Seria Pedir demais!

Com a hora extra do Policial Militar, a corporação ganharia efetivo e o salário do PM seria maior, pois a hora extra poderia chegar até a 50% de seus vencimentos.

Teríamos mais policiamento ostensivo e menos Policial Militar se arriscando em seguranças privadas, que não lhe garantem nenhum direito.

Quando morrem no bico, tem que simular assalto para não cosiderar transgressão e perder os benefícios legais.

Nossa tropa esta desamparada.

Cadê o Comandante geral????

Anônimo disse...

Sobre a colocação anterior de um Cadete, gostaria de dizer, que foi muito bem colocada e muito oportuna..., e aproveito para lhe dizer e também aos outros cadetes que aqui estiverem, para que observem e reflitam sobre essa situação, pois os futuros comandantes da PM, serão vocês!!!
Vejam só, se com vocês eles agem assim, imaginem com os praças?!!
Cabe a vocês, começar a mudar essa mentalidade ultrapassada de "pressão" na tropa, pois a tropa já vive em intensa pressão no dia-a-dia de combate. Devemos fazer pressão sim, porém contra os governos, em benefício de nossa classe.

P.S.: se possível gostaria de um comentário seu, Cadete, sobre o que escrevi aqui.
Grato,
SD PM

Anônimo disse...

Major, gostaria de saber, se o senhor estará na reunião que será realizada no hoje (110907) no auditório da APM ??

Wanderby disse...

Não estarei, mas faço votos que as coisas dêem certo e que não falte coragem, independência, lealdade (à causa) e desprendimento a todos.

Anônimo disse...

Prezado Soldado

Não tenho vivência profissional para falar das pressões da profissão, ou mesmo das pressões comuns ao ordenamento hierárquico da nossa profissão, a partir de sua execução. Todavia, suponho-a enorme e imagino um sem número de injustiças a julgar pelo que vemos na Academia.
Considero, assim, oportuna sua postagem e espero que no futuro as coisas melhorem em todos os níveis.
Há muita bobagem na APM e imagino que no CFAP também.
Parabenizo-o pelo comentário.
Faço apenas um pequeno reparo: É que, como sabes, nós cadetes somos hierarquicamente superiores aos subtenentes, tá bom?

Anônimo disse...

Apesar de não ter respondido o que lhe foi perguntado, agradeço de qualquer forma a intenção de faze-lo!!

Ah!! e quanto ao "pequeno reparo" que tem por finalidade me mostrar que "EU NÃO DEVERIA TER COMETIDO O PECADO MORTAL DE CHAMAR O ILUSTRÍSSIMO CADETE PM DE VOCÊ, E SIM DE "SENHOR"", digo apenas, que não usei o SENHOR, não por desconhecimento quanto ao seu posicionamento hieráquico, e sim, porque estava em fazendo um comentário absolutamente informal e com a alma desprovida de qualquer desrespeito, ou pouco caso, caso isso possa ter lhe ocorrido.

De qualquer forma, peço-lhe humildemente SENHOR CADETE PM desculpas pela enorme e irreparável falha que cometi!!

SD PM (vendo lá na frente...)

Anônimo disse...

Major diante de sua resposta anterior gostaria de saber se o senhor ainda estará a frente, ou ao menos participando de alguma mobilização de que tanto precisamos, vislumbrando melhorias salariais e de condições de trabalho??

Anônimo disse...

Soldado,o cadete é agente da autoridade tanto quanto você o é....não se desculpe!

Ten Barrim disse...

Sd PM, Cadete (aluno oficial), enfim, todos vocês: estudem, estudem e estudem!

Cadete, se vc for do 3º ano, pode me procurar para eu lhe fornecer a ementa do nosso curso, o parecer do MEC que nos habilita como NIVEL SUPERIOR e toda documentacao pertinente para que vc consiga abater materias em QUALQUER faculdade de Direito.

SD PM, aproveite a sua condição de escala e vá estudar. Na minha seção incentivo todos a fazerem o mesmo, inclusive concedendo folgas regulamentares. Pode ser qualquer nivel superior.

Estudem!

Wanderby disse...

Caro Anônimo
Não estou à frente de nada do que passou a ocorrer a partir da noite de 23Ago07.
Quanto à disposição de luta e convicções quanto a como deveria estar sendo conduzida, nada mudou.

Anônimo disse...

Concordo plenamente com o Ten Barrim.
Vamos estudar!!! Belíssimo exemplo o do SR.

Anônimo disse...

Mas Major não seria importante o senhor fazer parte do movimento, já que está na DGP em casa, enquanto todos os outros estão trabalhando diariamente?O senhor tem o tempo que os outros não estão tendo.Poderia estar ajudando em muitas coisas em vez de ficar do lado de fora.
Gostaria de perguntar ao senhor também se é verdade que o senhor nao aceitou a decisão de alguns na noite mencionada e conduzia votações e que chegou a chamar alguns amigos da sua turma para garantir a vitória em votações que o senhor perderia,mas até ele que o senhor chamou foram contrários ao senhor.
Cb PM 62 milhão.

Anônimo disse...

Como sei que o Maj Wanderby nao vai responder, pela educacao que tem, trato de faze-lo.

1. Fazer ou nao parte do movimento nao tem a ver com ocupação ou não do sujeito e sim com estar de acordo ou nao com o que é tratado. "O homem ocupado tem sempre tempo para mais alguma coisa"

2. Aceitar ou nao o que é votado nao tem a ver com conveniencia, como algum foram, e sim com coerencia com seus proprios ideais, ou seja, com o espelho.O que aconteceu no dia 23-08 foi um golpe de estado por oficiais vendidos ao Cmt G. Se vc estava la, pode ter percebido isto. Se o Maj chamou alguns oficiais, os vendidos tambem chamaram, isso nao tem nada de errado. Tinha ate ladrao de caixa eletronico dentro do auditorio.

Tenho dito.

True 40

Anônimo disse...

Só para acabar com o assunto, quero dizer ao anônimo que falou para eu não me desculpar com o cadete, digo que se analisar direitinho minhas palavras, não estou pedindo desculpas e sim...
Talvez agora você tenha deixado ele triste!!!

mas de qualquer modo, valeu anônimo!!!


SD PM

(tem gente que se contenta e ou se ilude com pouco)

wanderby@oi.com.br disse...

Caro Anônimo
Perdoe a sinceridade, mas é verdade que não aceitei a decisão, pois julguei o posicionamento muito pouco corajoso e mesmo incoerente com o iter que havíamos traçado e com nossa palavra; julguei-a verdadeira demonstração de fraqueza, fruto, quiçá, menos de covardia, de que de flagrante - embora inteligente - manipulação do poder. É verdade também que o fiz pois tinha a clara idéia (e ainda tenho) de que seria um golpe de morte na credibilidade até então conquistada, o que, de forma alguma, atenderia aos objetivos da mobilização.
A partir de então, perdi a confiança na verdadeira capacidade de luta - e mesmo na maturidade - de muitos dos que me ladeavam.
É verdade também que contemporâneos se aproximaram do grupo e que foram todos muito bem vindos. Aliás, como eu mesmo fui
quando chamado ao ingresso no grupo.
Obrigado e, a propósito, parabéns pela forma inteligente, articulada e, ouso dizer, estratégica com vem se colocando. Faço votos de que ela seja útil aos seus propósitos.

Anônimo disse...

Todos sabemos que essa questão do curso superior reconhecido pelo órgão competente, é pura balela. Gostaria que alguém apresentasse qual oficial da PM que conseguiu com o diploma da Corporação, cursar um MESTRADO ou DOUTORADO em universidade pública ou de renome? Se o curso da PM fosse superior, não seria preciso a PM fazer convênio com a Universidade Cândido Mendes, para ludibriar o sistema.
Conta Outra que essa não valeu.

Anônimo disse...

Posso dizer de primeira o TC Robson, Mestre em Sociologia pela UFF. Apesar que para sua sanha de denegrir a PMERJ e a APM D J VI nao bastarao exemplos.

Anônimo disse...

Complementando o que o Ten Barrim comentou:
Só através dos estudos é que todos nós poderemos agalgar diferentes postos de trabalho, seja ele na Briosa ou fora dela.
Não fiquemos aguardando nossos superiores ou chefes nos pagarem ou darem o nosso devido valor.
Façamos nós mesmos isso acontecer, pois tenho a certeza quando uma grande massa de PPMM, independente de graduação ou posto, começarem a migrar para outros empregos dignos, veremos uma verdadeira valorização pelo trabalho policial militar.

Por tanto, estudemos, estudemos, estudemos...

Outro SD PM.

Anônimo disse...

Ao Caríssimo Cadete.

Fiquei feliz por você(senhor), mesmo sem experiência, ter percebido, quem sabe talvez, eu não sei, a raiz do problema. Mais adiante você(senhor), acabou com a minha felicidade.
Acredito, na minha ignorância, que o nobre SD PM, só queria alertá-lo, uma vez que o senhor não tem experiência, que os erros vão além dos muros do quartel de Sulacap.
Mas infelizmente o senhor veio com o gerundio desse erro, talvez por não ter experiência.
Meu colega SD PM, eu entendo a sua desilusão.

Sigamos todos o conselho do Ten Barrim e que ele siga também.

Outro SD PM.

Anônimo disse...

Caro companheiro. É preciso deixar de viver no mundo do faz de conta. Esse senhor com mestrado em socioligia pela UFF, concluido com muito mérito. Temos a certeza que o diploma apresentado para cumprir exigência, não foi o da PM e sim de uma universidade de direito e de fato.
Em se falando no mundo do faz de conta. Nós não sabiamos que a PM havia alterado por conta própria a Lei 443 (Estatudo do PM), com a extinção da graduação de Aluno a Oficial PM e a criação de Cadete PM.
Precisamos nos unir, porém, com os pés no chão. Sem demagogia. Somente assim conquistaremos o apoio dos nossos irmãos e da nossa sociedade. Precisamos adequar a polícia para esse novo milênio.

Anônimo disse...

Posso dizer de primeira o TC Robson,(com o diploma da EsFO) Mestre em Sociologia pela UFF.


- Apesar que para sua sanha de denegrir a PMERJ e a APM D J VI nao bastarao exemplos. -

Não bastam mesmo;;;;

Anônimo disse...

Eu sou o cadete que escreveu o primeiro comentário que gerou essa discussão que não leva a nada...
SD PM, não deu para respondê-lo nos dias anteriores, mas irei responder agora...
Minha colocação não foi feita com a finalidade de aliviar a pressão sobre os cadetes da Academia, até por que não sou a favor disso, pois acho que quem não aguenta as pressões da EsFO, não aguentará nada na rua...
Apenas quis salientar que certas injustiças estão acontecendo no fator disciplinar, que acabam por cercear a liberdade dos alunos, que é o segundo maior bem do ser humano, perdendo apenas para a vida. Isso ao meu ver(que sou um simples cadete inexperiente)desistimula os futuros oficiais, principalmente os que fazem o certo e ainda são punidos.
Como eu mesmo havia escrito: não se deve confundir rigorosidade com injustiça. O discurso de que "na minha época era pior" não cola mais, por isso que as coisas na PMERJ estão como estão, todos já tem a frase na ponta da lingua "Sempre foi assim... Pra que mudar"
Não recrimino você SD PM por ter se referido informalmente a mim que sou cadete, me chamando por "voce", afinal estamos postando comentários em um blog, não estamos em ambito de batalhão ou algo parecido.

ps.1:se em uma escola em que fazemos educação física todos os dias, estudamos em tempo integral materias integrantes do curso de Direito, de qualquer faculdade, com excelentes professores, temos instruções táticas, aulas de tiro, armamento, etc. Como nosso curso de duração de 3 anos não deve ser considerado de NÍVEL SUPERIOR? Só quem passa pela APM sabe que merecemos muito mais ter um 3º GRAU COMPLETO do que qualquer universitário que faz sua faculdade "nas coxas". E isso não é só BALELA!!!
ps.2: sr. major Wanderby, se o sr. puder colocar algum comentário sobre a situação, tanto repreendendo a postura deste cadete que vos escreve, quanto elogiando...

Ass.: Império Par... Soberania Ímpar... Império Soberano... Soberania Imperial
JUNTOS SOMOS FORTES (também)

wanderby@oi.com.br disse...

Caros Cadete (Al Of) e Soldado PM.
Gostaria de louvar o fato de que hoje, para o bem da Corporação (e da sociedade), temos ambos expondo de forma educada e inteligente suas posições.
Quanto mais esclarecidas forem nossas bases, melhor terá que ser sempre o nosso topo.
Nossa melhor "arma" contra injustiças é (e acho que sempre será) o conhecimento.

Anônimo disse...

Que isso major. Muito mais inteligente e articulada foi sua resposta. Tanto a assinada, como a que estava embaixo da minha pergunta. Mas que o senhor tem muito mais tempo do que quem esta trabalhando isso tem.
Ia esquecendo. Se tinha ladrão de caixa eletrônico lá. O senhor deveria ter visto melhor quem chamava. Tenho fontes seguras que só o senhor chamou aquelas pessoas todas. Ou é mentira?

CB PM 62 milhão

Anônimo disse...

Curso superior é para quem pode e não para quem quer. Aquele que tem diploma (reconhecido) de um curso superior, cola grau na condição de Bachareu, Licenciatura ou como Tecnólogo. Não vejo de que forma a PM poderá ser encaixada.
Ainda querem ser Delegados. Tenham paciência.
Vemos claramente que o grande sonho do oficial da PM é Ser Graduado....

Anônimo disse...

Caro anonimo. Va discutir com o MEC, entidade que nos reconheceu. Quem sabe sua faculdade particular tem ou nao tem o reconhecimento do MEC?

Anônimo disse...

Somente para esclarecer. Hoje em dia exite o Ministério da Educação, totalmente desvinculado do Ministério da Cultura.
E para encerrar o assunto do curso superior na PM. Observe a Lei 9131/95 que criou o Conselho Nacional de Educação, que regula todo esse tema. E a Lei 9394/96, no seu Art. 83, que diz o seguinte: O Ensino Militar é regulado em lei específica ADMITIDA A EQUIVALÊNCIA DE ESTUDOS de acordo com as normas fixadas pelo sistema de ensino.

Anônimo disse...

venho percebendo uma verdadeira batalha em torno da questão de o Curso de Oficial da PM ser superior ou não. O que tenho a dizer é o seguinte:
Para encerrar esse assunto, primeiramente informo que hoje em dia o Ministério da Educação está desvinculado do Ministério da Cultura.
Devemos atentar para a Lei 9131/95 que criou o Conselho Nacional de Educação e para a Lei 9394/96, em seu Art. 83, que diz o seguinte:
O ensino militar é regulado em lei específica, ADMITIDA A EQUIVALÊNCIA de estudos de acordo com as normas fixadas pelo sistema de ensino.

Anônimo disse...

Caro amigo anonimo. Sei que conhece do assunto, mas perceba que o outro anonimo nao quer esclarecer questao nenhuma. Quer apenas denegrir a formação do Oficial PM com a intencao de fortalecer a sua. Algo ridiculo em seu conceito.

Anônimo disse...

Pai do céu! Esse Luiz Alexandre é muito burro! Usa o proprio RG dele como pseudonimo (62 milhao)!

Amiguinho, se estas com pouco tempo para conduzir o movimento, seja humilde, coisa que no momento vc nao e, e pare de fazer cara feia para outras pessoas que querem ajudar. Ou melhor, saia do trono e devolva o cetro ao Maj Wanderby.

SD PM - Ah. Nao vou dizer. rsrsrs

Anônimo disse...

Wanderby, agora que você está fora, será que TRABALHAR de verdade faz parte dos seus planos?