23/10/2007

Isenção de IPVA - uma idéia feliz.

.

Que, é claro, não partiu de nenhum tecnocrata do governo Cabral.

A idéia é do dep. Wagner Montes (wagnermontes@alerj.rj.gov.br) e foi apresentada em reunião realizada hoje (23/10/07) com o mesmo Neto, pres. do DETRAN/RJ.

Se aprovada, implicará na regulação da isenção pelo valor do imposto devido, beneficiando a todos, ativos e inativos, de qualquer grau hierárquico, desde que o valor (do imposto) não seja superior a R$1.200,00 (um mil e duzentos reais).
.

20 comentários:

Anônimo disse...

Sou oficial. O dinheiro que recebo é 100% limpo.

Tenho apenas um carro popular ano 2001.

Porque não faço juz a isenção de IPVA enquanto praças que conheci que tem até AUDI farão?

Isso deixa claro para mim que muitos praças são é invejosos e rancorosos contra o oficialato e querem a vantagem só para si.

Se houvesse vergonha na cara, a isenção seria para todos que tivessem CARROS POPULARES, sem distinção entre praças e oficiais.

Continuarei andando no meu carrinho velho e popular enquanto terá praça rindo a toa com seu AUDI isento de IPVA. Há justiça nisso? Onde ficou aquela conversa de união na PMERJ?

Anônimo disse...

calma sr oficial, nao misture as coisas...
a questão nao é quem pode ou nao pode ter o seu 'audi', e sim lutarmos por melhorias e beneficios a todos da PMERJ, sem separar as classes: praças, oficiais.

Anônimo disse...

EU SOU 1º TEN E GANHO MENOS QUE TODOS O 2º SGT 1º SGT E SUBS!
AHAAHAH
FALA SÉRIO!

pmutopia disse...

Eh um alívio... Digamos que é 0.5% do que merecemos, mas é alguma coisa! Tenho certeza de que todos meus amigos de farda prefiriam ter um salário digno e poder pagar seu ipva!

Anônimo disse...

Tribunal dá aumento de 19% para seus funcionários mas quem tem de pagar é o governador, e eles ganham bem mais que os policiais, Quem tem de pagar esta conta sao eles. A taxa judiciária é a segunda maior arrecadação do Estado e só utilizada para construir palácios judiciais e cçbrir mordomias, que ela seja utilizada para pagar os salários do Judiciário para que sobre dinheiro para que o Governo nos dê aumento.

Anônimo disse...

QUERO É SALARIO, SP DEU 23% E NÓS,MAIS UMA VEZ FOMOS ENGANADOS PELO PINOQUIO.CHEGA DE ESMOLA MEUS CAMARADAS.

Anônimo disse...

O oficial deve andar no mundo da lua com o seu caído 2001, uma vez que se há praças de audi em seus círculos, deve haver oficiais de mercedes e bmw ganhando dinheiro em cima dos que andam de audi. Ou eu tô errado?
Por tanto quem anda te dando bico na canela são outros, seu bizonho!

Anônimo disse...

Eu não quero isenção de IPVA não, eu quero salários dignos como os dos co-irmãos da PMDF.

Anônimo disse...

Depois dos salários dignos, aí sim eu aceitaria benefícios como este, caso contrário, me soam como esmolas.

Anônimo disse...

soam como esmolas? eu quero. Somos mendigos mesmo!

Anônimo disse...

VEJAM O ENGANA OTARIOS:

QUERO SALARIO NÃO QUERO ESMOLA, SINTO VERGONHA COM ESTA NOTICIA,ESTE POVO DO RJ É MENDIGO MESMO UM BANDO DE ESMOLEIROS.VEJAM E PENSEM.
25/10/2007 01:32:00

PMs, policiais civis e bombeiros não pagarão mais exame de vista


Tiana Ellwanger



Rio - O governador Sérgio Cabral vai anunciar no dia 9 o fim da cobrança do exame de vista, que custa R$ 42, para os policiais mililtares, civis e bombeiros. Os beneficiados farão o exame na Avenida Presidente Vargas 817, 2º andar, no Centro do Rio.

Outra boa notícia é que o governo vai atender a uma reivindicação antiga dos policiais: quem serve no interior não precisará se deslocar até o Rio para fazer o exame. Todos os sábados, o Detran vai disponibilizar equipamentos e médicos para fazer os exames nas cidades fora da Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

“Já no dia 10, primeiro sábado depois do anúncio da medida, devemos estar em Campos, Macaé e Magé”, diz o presidente do Detran, Antônio Francisco Neto.

Além disso, o Detran finaliza um projeto de lei a ser enviado pelo governador à Assembléia Legislativa que isenta essas categorias de IPVA até R$ 1.200. Aqueles que têm carro a gás, que já tem 75% de desconto no IPVA, poderão ficar isentos, desde que o imposto, já com desconto, fique abaixo de R$ 1.200. Para se ter uma idéia, o IPVA representa geralmente 4% do valor do veículo, o que significa que o carro mais caro que o policial poderá ter para conseguir o benefício é de R$ 30 mil. “Como o estado não tem dinheiro para dar aumento aos policiais, pelo menos estamos conseguindo ganhos indiretos. O IPVA pode chegar a R$ 100 por mês que deixam de sair do bolso do policial”, diz o deputado estadual Wagner Montes.

Policiais militares também terão outro ganho: a partir de 15 de novembro, os 2 mil PMs dos batalhões da Zona Sul e da Barra da Tijuca receberão vale-transporte em forma de Riocard. Esse beneficio deverá ser estendido a todas as unidades em que os policiais tiverem necessidade de se locomover de ônibus. Alguns PMs gastam até 40% do salário com ônibus, trem e metrô. Os que mais gastam são os lotados na Zona Sul e Barra.

Anônimo disse...

ENTÃO,TÁ. NÃO QUERO NEM SABER MAIS DE AUMENTO.
TÔ ALEGRE,TÔ FELIZ,QUE NEM HIENA.
JÁ ME SINTO UM GANHADOR NA TELE-SENA
VOU CORRER PELOS CAMPOS, QUAL JUMENTO!

Anônimo disse...

calma ai! não é assim que a banda toca.
mas vamos continuar presionando o governo pelo aumento salarial.

Anônimo disse...

Agora vcs querem juntar classes! Na hora do rancho a comida não é diferenciada. Portanto a isenção deve ser diferenciada. vcs não se acham donos das leis, nos submetem todos os dias as diversas humilhações? E agora devemos nos unir!
Quando eu pegar 30 dias, vcs vão se unir a mim!
cada qual com seu cada qual!

Anônimo disse...

ganhador da mega sena seria melhor, pq a tele sena não paga muito!
Mas tá bom assim, pois quem tem carrão fica de fora, nada mais justo!

Anônimo disse...

Po cara vc errou duas vezes!
A TELE SENA PAGA MAL E JUMENTO NÃO CORRE, EMPACA!

Anônimo disse...

E vocês queriam que eu acertasse? Há clima?
Obrigado pela correção!

Anônimo disse...

ASSIM FICA MELHOR?

ENTÃO TÁ. NÃO QUERO NEM SABER MAIS DE AUMENTO
TÔ ALEGRE, TÔ FELIZ QUE NEM HIENA
JÁ ME SINTO UM GANHADOR NA "MEGA"-SENA
VOU "PASTAR" PELOS CAMPOS, QUAL JUMENTO!

(aberto a novas críticas e sugestões)

Anônimo disse...

Companheiros, infelizmente a maioria dos PMs estão muito bem. Moro num conjunto de PMs e verifico isso. O Padrão de vida é de razoável a muito bom. Alguns tem até mais de um carro. O PM não sofre pressão social. A maioria não vive só do salário. Diferentemente de outras classes de trabalhadores(bancários, portuários, metalúrgicos, comerciários,militares, etc) o PM consegue completar a sua renda, seja fazendo segurança, ou trabalhando em outras atividades, ele complementa o seu salário. As autoridades sabem disso, tem assessores, são bem informados. Infelizmente tem uma minoria de PMs(minoria mesmo) que vive só do seu salário, aí realmente é lamentável, mas é minoria, não influencia em nada, faz até passeata, luta,mais por causa da maioria que esta bem nada conseguem.(sem falar nos corruptos aí e brincadeira)

Anônimo disse...

sou policial civil desde 1986, naquela época recebia 10 salários mínimos líquido em início de carreira, hoje com 40% de triênio e com três promoções, sem nenhum empréstimo no contra-cheque, recebo não chega a 5,5 salários, o Governo do Estado do RJ em final de 2007 nos deu 4% de reajuste, se não fosse a minha esposa trabalhando eu teria que dispensar a minha empregada doméstica, tendo em vista que o salário dela, que é regional, teve um percentual bem maior além do que não poderei descontar absolutamente nada, portanto eu me F... agora é notório a evasão dos novos policiais, através de concursos, pra outras instituições, como p.ex PRF, que líquido inicial de carreira é mais de R$4.000,00, porque sabem que amargarão uma triste realidade quando seus colegas antigos em final de carreira são PRESSIONADOS com baixo salário e uma gratificação que só recebem quando estão em exercício em DELEGACIA LEGAL, mas que se estiverem de Licença Médica, L Prêmio ou aposentado, JÁ ERA. CABRAL você tem que corigir essa sacanagem rapidamente, pois está administrando um dos Estados que mais arrecada no país e que é o mais violento do país.