15/03/09

"Não adianta ter no comando da Corporação uma pessoa que se omite..."

5 comentários:

Anônimo disse...

Assim como o Cel Davi, o Major Sousa também, mora numa casa da PM em Jacarepagua e recebe também auxilio moradia no seu contracheque. E quantos mais estão mamando na teta?

Anônimo disse...

CONVITE

Em discurso da tribuna da ALERJ, no dia 10 passado, o deputado Flávio Bolsonaro afirmou que o segundo homem na hierarquia da PM do Rio, o Cel DAVI recebe auxílio moradia de R$ 942,00 e mora numa casa paga pela corporação. A PM e a Secretaria de Segurança ignoraram a denúncia. O caso “DEVE” ser levado na AUDIÊNCIA PÚBLICA com o secretário de Segurança BELTRAME, AMANHÃ na Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembléia Legislativa, cujo tema de discussão será o bico de policiais durante o carnaval.



AMANHÃ DIA 17/03 (terça-feira)
SALA 316 - 09:00 HORAS

Anônimo disse...

PROJETO DÁ COMPETÊNCIA À PM PARA LAVRAR TERMO CIRCUSTANCIADO


O termo circunstanciado – procedimento utilizado pela autoridade policial para encaminhar aos juizados especiais criminais os casos de menor gravidade, sem a necessidade de se levar o caso a uma Delegacia Policial – poderá passar a ser competência também da Policia Militar no estado. Quem defende a possibilidade é o deputado Flávio Bolsonaro (PP), autor do projeto de lei 2.877/05, que a Assembleia Legislativa do Rio votará, em primeira discussão, na próxima terça-feira (17/03). O texto altera a lei sobre juizados especiais. “Uma das várias vantagens em se utilizar desse recurso é a de que uma equipe policial concluirá o serviço que lhe compete no registro da ocorrência em menos de uma hora, ao invés de utilizar três, quatro ou mais horas numa delegacia para se chegar ao mesmo Juizado Especial”, defende o parlamentar, complementando que a possibilidade já está prevista nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Pernambuco.

CPI da PMERJ disse...

AMANHÃ ACONTECE UMA AUDIÊNCIA PÚBLICA MUITO IMPORTANTE NA ALERJ!

O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA BELTRAME ESTARÁ PRESENTE. O TEMA SERÁ " O BICO DOS POLICIAIS MILITARES " DOS QUAIS 60 ERAM OFICIAIS CONTRATADOS PELA LIESA PARA SEGURANÇA NO SAMBRÓDROMO DURANTE O CARNAVAL.

ESPERAMOS QUE O DEPUTADO FLÁVIO BOLSONARO CONSIGA ENCAIXAR NA PAUTA DE AMANHÃ O CASO DO CEL DAVI QUE RECEBE AUXÍLIO MORADIA DE
R$949,00 MESMO MORANDO NUMA CASA PAGA PELA CORPORAÇÃO!

QUEM PUDER COMPAREÇA PARA MOSTRAR INDIGNAÇÃO E COBRAR UMA ATUTUDE DOS NOSSOS GOVERNANTES!
AMANHÃ DIA 17/03 (terça-feira)

Anônimo disse...

TENSÃO MOSTRA O QUE AS PESQUISAS DIZEM: VAI MAL DE AVALIAÇÃO!



Da coluna do Moreno no Globo.



Cabral agride Lindberg na festa de Lula

Falta de aviso é que não foi. E, infelizmente, o personagem principal desta coluna, o meu amigo governador Sérgio Cabral, acabou tendo uma explosiva crise nervosa no local mais inadequado para um político: no palanque oficial do presidente da República, em Cabo Frio, na Região dos Lagos.

Ao discursar na solenidade de entrega de mais escolas técnicas para o estado, Sérgio Cabral foi interrompido, algumas vezes, por tímidas vaias do público.

Ao voltar para o seu lugar e notar a presença do prefeito de Nova Iguaçu, Lindberg Farias, sentado atrás dele, na segunda fila, Cabral virou-se aos berros: — Lindberg, da próxima vez que você trouxer claques, vai dar merda! Assustado, o prefeito, que inicialmente pensou que a abordagem fosse de cumprimento, balançou a cabeça, negando ter sido o maestro das vaias.

Aí, o governador ficou mais furioso e gritou novamente: — Vai dar merda! Vai dar merda!