17/03/09

Quem tem medo da democracia?


O SR. FLÁVIO BOLSONARO - (Pela ordem) – Quero só agradecer a aprovação em 1ª discussão desse meu projeto que está visando à autorização da lavratura do termo circunstanciado pela Polícia Militar. Com certeza, quando ele voltar em 2ª discussão, teremos uma nova oportunidade de debater os benefícios desse tema.
Um outro ponto, Sr. Presidente, quero chamar a atenção especial de V.Exa. porque estou encaminhando esse Requerimento ao Governador Sérgio Cabral, para que ele reveja a punição dada ao Coronel Menezes, fato já debatido nesta Casa. Logicamente, ele já cumpriu a punição de quatro dias de detenção, mas a idéia é que essa punição seja retirada dos assentamentos do Coronel.
E um fato que aconteceu hoje, mais uma vez lamentável, Deputado Comte Bittencourt, que retrata bem a cara do comando dessa Corporação. O Capitão Luiz Alexandre, estava de folga, à paisana, foi até a porta do Batalhão dar um abraço no amigo de corporação, Cel. Menezes. Agora acaba de me chegar a notícia, Sr. Presidente, Deputado Coronel Jairo, que ele foi transferido do GEPE, onde ele se encontrava, para o MOVE, o que, claramente, demonstra uma forma de punição. Não é nada contra o serviço no MOVE ou no GEPE. Qualquer policial militar tem que estar disposto a servir em qualquer lugar neste Estado.
Mais uma vez é um ato lamentável, que mostra uma represália tentando aí cercear, não sei nem qual é a palavra, um direito ou é uma coisa normal você cumprimentar um amigo que acabou de cumprir uma punição e é punido por isso.
Acho tudo isso lamentável, dizer que já possuo mais de 36 assinaturas a esse Requerimento que será entregue em mãos ao Governador, inclusive com a assinatura de V.Exa., Deputado Coronel Jairo e do Presidente desta Casa, Deputado Jorge Picciani, o que reforça que esse deve ser um movimento do âmbito do Poder Legislativo, não apenas dos Deputados Flávio Bolsonaro, Comte Bittencourt, Marcelo Freixo e Paulo Ramos. Um ato da Casa que simboliza que a cúpula da Polícia Militar está indo na contramão de tudo aquilo que esperamos de uma Corporação da Segurança Pública.
Quero lamentar esse fato e espero ter a oportunidade, o mais breve possível, de entregar esse documento às mãos do Governador.

Um comentário:

Anônimo disse...

ESSES SÃO OS HOMENS QUE NOS COMANDAM LAMENTÁVEL!!