12/03/09

O Patrono da Polícia Militar

"O Cel-PM Ronaldo Menezes está em prisão disciplinar por texto postado em blog de outro oficial, usando direito constitucional de opinião, expressando deficiências da segurança pública no RJ, conhecidas e atestadas no cotidiano das pessoas.
Formalmente, a punição decorre de o oficial ter infringido normas de regulamento disciplinar militar, com relação ao qual, consta, já haver argüição de inconstitucionalidade de parte de seu conteúdo, remanescente da ditadura, anterior à Constituição de 1988.
Coincidentemente o militar integra grupo de oficiais, os barbonos, não bem vistos pelos que estão no poder, mas que se mantêm fieis à luta por mudanças não cosméticas na polícia, digna remuneração dos policiais, sobretudo os de menor hierarquia, e desestímulo à prática do bico, no maior interesse da qualidade dos serviços de segurança pública e combate à corrupção.
Curioso é que não se fala em punição para os protagonistas de fatos graves, noticiados pela imprensa, como bicos prestados, com o conhecimento da Corporação, por oficiais da ativa, inclusive integrantes de postos na atual Administração, à segurança privada no desfiles de Carnaval. Isto, sim, seria de ser rapidamente apurado e punido, pois que inadmissível, para qualquer servidor público e conduta incompatível com a disciplina militar, de efeito demonstração nefasto sobre a tropa. Não a expressão de opinião que parece espelhar o que pensa a população sobre as mazelas da segurança pública.
Felizmente, o Cel. Menezes não é o único na Corporação que entende necessárias mudanças, embora não sejam muitos com a coragem de não só expressar o que pensam, mas o que vêm, todos os dias. Tiradentes, submetido à código disciplinar, militar que era, infringiu-o ao denunciar a extorsão de impostos pela Coroa. Mas é patrono da PMERJ!.
Serão precisos sacrifícios de alguns Menezes para se lhes dar valia, um dia, ao que não se lhes deixam sequer dizer, hoje?".
Wagner de Medeiros, cidadão contribuinte à espera de uma PMERJ com maior qualidade.

25 comentários:

Anônimo disse...

Quem é o Cel PM Treme terra que roubou a ASSINAP quase a levando a falência?

Anônimo disse...

SOLDADO REVOLTADO

BEM ACABOU A HISTÓRIA DESSE CORONEL(PELO MENOS NA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO), O QUE ELE PODE FAZER É SAIR PEDIR LOGO BAIXA, PRA QUE FICAR SE MATANDO POR ESSA PMERJ. JÁ HÁ MUITO TEMPO NÃO FAÇO NADA POR ESSA PEMRJ NÃO DOU O MEU SANGUE MAIS, OCORRÊNCIA??!! É 912. O RESTO QUE SE F... QUER PRENDER BANDIDO LEVANTA DA CADEIRA E VAI LÁ PRENDER NÃO MOVO MAIS UMA PALHA...

SOLDADO REVOLTADO

REFLEXÕES DE UM SERVIDOR disse...

Pois é Major,
estamos vivenciando uma completa inversão de valores. Daqui a pouco o certo passará a errado e o errado passará a certo.

REFLEXÕES DE UM SERVIDOR

Anônimo disse...

Os fatos graves mencionados, não serçao apurados comh honestidade sem pressão das pessoas de bem desse estado, pois dentro da corporação existem muitos comprometidos com esses fatos, o pro´prio chefe do EM, que deveria dar o exemplo, lesa os cofres públicos de forma descarada, vergonha!!!

Anônimo disse...

Texto em blog rende prisão para coronel

Os deputados estaduais Marcelo Freixo (PSOL), Flávio Bolsonaro (PP) e Comte Bittencourt (PPS) pretendem pressionar o governador Sérgio Cabral para que a punição ao coronel PM Ronaldo Menezes seja revista. O oficial foi punido com prisão de quatro dias por ter publicado artigo no blog do também coronel PM Paulo Ricardo Paul, em que criticava a deterioração da política de segurança pública em razão dos 'bicos' feitos pelos policiais como complemento de renda.

Marcelo Freixo observou que, numa semana simbólica para o combate ao crime no Rio - com a expulsão do ex-chefe de Polícia Álvaro Lins da corporação e a condenação de dez pessoas, entre elas o ex-deputado Natalino Guiamarães e seu irmão, o ex-vereador Jerônimo Guimarães Filho, por envolvimento com milícias - o comando da PM destoa ao punir um oficial de ficha limpa. "O coronel completa hoje 35 anos de dedicação à Polícia Militar preso, apenas por emitir sua opinião. Isso é um absurdo", disse o parlamentar.

Coronel tranquilo mesmo preso

Os três parlamentares estiveram ontem na sede do 4º Comando de Policiamento de Área, em Niterói, onde o coronel Menezes está detido, acompanhados por representantes de entidades de defesa dos direitos civis. Segundo Freixo, o oficial está bastante tranqüilo, já que, em seu ponto de vista, não cometeu nenhuma transgressão disciplinar nem quebrou a hierarquia da corporação.

"É absurdo que um dos mais destacados oficiais da PM seja punido apenas por expressar sua opinião. O regulamento da PM precisa ser revisto e adequado à Constituição, que não prevê punição a quem emite opinião. A PM não pode ir contra a democracia e o estado de direito", afirmou o deputado, acrescentando que já foi iniciada a coleta de assinaturas de outros deputados para que Cabral interceda em favor do coronel.

"Estive hoje (ontem) com o presidente da Alerj, Jorge Picciani, que se comprmeteu a levar essa demanda pessoalmente ao governador".

'Regimento interno usado para punir desafetos'

Ainda segundo Freixo, o pedido é para que Cabral anule o ato administrativo do comando da PM que lança a punição na ficha do coronel Menezes, já que a decretação da prisão é prerrogativa exclusiva do comandante da corporação, coronel Gilson Pitta Lopes.

Para o deputado Flávio Bolsonaro, o apoio ao coronel Menezes é decisivo para que sejam feitas mudanças no regulamento da PM. "Virou prática corriqueira do comando da PM punir desafetos usando o Regimento Disciplinar, que já é muito ruim e precisa ser revisto", disparou Bolsonaro, para quem o episódio serve como estopim de um debate, com participação de toda a sociedade, sobre a revisão do regimento. "Isso (a punição por emitir opinião) não pode voltar a acontecer", afirmou.

http://odia.terra.com.br/blog/blogdaseguranca/index.asp#1236889962001_TEXTO_EM_BLOG_RENDE_PRISAO_PARA_CORONEL

luis ricardo disse...

ACREDITO QUE O CEL MENEZES SAIRÁ VITORIOSO!
MAS QUERO SABER SE O CEL DAVI VAI SER PUNIDO E DEVOLVER O DINHEIRO RECEBEU INDEVIDAMENTE (?)????

""Outra situação: nós temos aí o Coronel Davi, que é o segundo homem dentro da Corporação, que faz força para prender por quatro dias um Coronel por colocar a sua opinião na internet. E, no entanto, ele mora há mais de cinco anos numa casa que é paga pela Corporação, que é fornecida pela PM, e recebe no seu contracheque R$ 949,00 de auxílio-moradia"".

Anônimo disse...

O deputado Flávio Bolsonaro tem razão ao questionar "qual moral têm essas pessoas para virem e apontar o dedo para a cara de qualquer membro da Polícia Militar"?

Anônimo disse...

Confirmado: Gabeira vai visitar o coronel Ronaldo Antonio Menezes

O deputado federal Fernando Gabeira estará às 15h desta sexta-feira na sede do 4ºCPA em Niterói (antigo Comando de Policiamento do Interior) para visitar na prisão o coronel Menezes, preso deste terça-feira por causa da publicação de um artigo.
A corrente solidária começa a tomar proporções não imaginadas. A imprensa em breve vai descobrir também a Blogosfera e seu poder de transmitir verdade com significado.

blog do Gustavo de Almeida

Anônimo disse...

A imprensa deveria se envergonhar da cobertura que dá ao governo Sérgio Cabral . Daqui a 200 anos , não importarão mais os interesses econômicos mesquinhos , e o julgamento da história será implacável . E neste , Major , sua figura e a do Cel. Menezes permanecerão límpidas e exemplares .

CPI da PMERJ disse...

O caso do recebimento indevido de gratificações por parte de um oficial Superior do Estado Maior, mancha a corporação.
Quem deve ser punido é quem está passando a perna em dinheiro público e não quem diz verdades sobre a corporação!

COTURNO CARIOCA disse...

Força coronel Menezes! Juntos somos fortes! Compareçam todos!!! Dia 14 - sábado, às 8hs, em frente ao 4º Comando de Policiamento de Área em Niterói. Convocação do deputado Flávio Bolsonaro. Compareçam!

Força coronel Menezes! Juntos somos fortes! Compareçam todos!!! Dia 14 - sábado, às 8hs, em frente ao 4º Comando de Policiamento de Área em Niterói. Convocação do deputado Flávio Bolsonaro. Compareçam!

Força coronel Menezes! Juntos somos fortes! Compareçam todos!!! Dia 14 - sábado, às 8hs, em frente ao 4º Comando de Policiamento de Área em Niterói. Convocação do deputado Flávio Bolsonaro. Compareçam!

Força coronel Menezes! Juntos somos fortes! Compareçam todos!!! Dia 14 - sábado, às 8hs, em frente ao 4º Comando de Policiamento de Área em Niterói. Convocação do deputado Flávio Bolsonaro. Compareçam!

Anônimo disse...

Não conheço o Cel Menezes, mas vou participar da manifestação. Minha esperança é que todas as punições arbitrarias, principalmente com os praças sejam revistas. Não podemos esquecer que o Major Wanderby também está sendo perseguido e punido, pelo mesmo motivo. A cúpula da PMERJ deve ser toda exonerada, principalmente o CEL DAVI, que está recebendo dinheiro público indevidamente.
Todos nós sabemos que essa CÚPULA está vendida e rendida pelo governador!!!!

COMENTÁRIO QUE FIZ NO BLOG REPORTER DE CRIME

Anônimo disse...

Coronel será saudado por manifestantes quando deixar prisão

Leitores do blog, cidadãos e policiais civis e militares se unem para realizar manifestação em solidariedade ao coronel Ronaldo de Menezes - que foi preso porque falou a verdade. O ato público será realizado às 8h do próximo sábado, na porta do quartel do 4o Comando de Policiamento de Área (CPA), em Niterói, onde oficial está preso desde terça-feira. Com o apoio de parlamentares, o grupo vai saudar o coronel, quando ele sair do quartel, após quatro dias de prisão determinada pelo comando-geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.

O quartel fica ao lado do 12o Batalhão da PM, no Centro de Niterói. Um grupo de manifestantes vai sair em carreata às 7h15m, a partir da estátua de Zumbi dos Palmares, na Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio.

Preocupado com a manifestação, o comandante do 4o CPA, coronel Mário, se reuniu ontem com o grupo que foi visitar o coronel e apelou para que não seja feita nenhum ato em frente ao quartel. O grupo explicou que não pode evitar a manifestação, que será feita dentro da lei.


REPORTER DE CRIME

Anônimo disse...

Quem fala a verdade, merece castigo?
Aos 61 anos, faltando apenas dois para entrar na reserva, o general Augusto Heleno Ribeiro Pereira acaba de ser transferido do Comando da Amazônia para o Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército, sediado em Brasília. Ele desmente a suspeita de motivações políticas na medida, mas reafirma nesta entrevista a necessidade de o País lançar um olhar mais atento para a região.

Anônimo disse...

Às vezes fico muito triste e até chocado em vere como a Imprensa do RJ trata a Polícia Militar...tratam-na como descaradamente corrupta, ineficiente e outros adjetivos negativos.
Aqui em SP é diferente e há "um certo respeito velado", pois todos percebem o esforço da PMESP em excluir após procedimento legal os servidores com desvio de conduta.
*Acompanhando e forma atenta o desnrolar dos fatos no RJ há mais de um ano, venho percebndo claramente o porquê do ódio nutrido por parcela dos cariocas e fluminenses contra a instituição bicentenária: a desfaçatez perante certos acontecimentos; como pode haver punição para "os do bem" e vistas grossas para "os que prestam serviço para o mal"...até os mais serenos, lógicos e racionais passam a desconfiar da "lisura desta corporação"....Parabéns Sr MAJOR PM WANDERBY e Sr CORONEL PM MENEZES, pelo exemplo de retidão e constância para com a causa da PMERJ...

Anônimo disse...

Caro Major,gostaria de uma explicação.
Como o comando da PM prende um militar com uma ficha limpa como do coronel e,não pune um militar
como CHICO BALA,com uma ficha como a dele.
pra mim simples mortal é um mistério.

Anônimo disse...

Este homem tem muita coragem de enfrentar a cupula da PMERJ, inclusive o governandor do Estado do RJ, infelizmente aqui em Salvador-Bahia, os oficiais são muitos covardes, parecem até que fizeram curso de quiabo na selva, comem calado todas as arbitrariedades do governador JAQUES WAGNER. Um absurdo!!!

Anônimo disse...

Ao anônimo que questionou o comando segue: O chico bala está expulso da PM, assim como Luciano "quebra-ossos", filho do deputado Gerominho e todos os outros milicianos que chegam as mão co comandante.

Uma coisa não justifica outra. O major está fora da legalidade, será expulso por quebra de hierarquia, conforme manda o regulamento.

Anônimo disse...

VÍDEO
BOLSONARO FAZ CRÍTICAS A CÚPULA DA PMERJ

http://www.youtube.com/watch?v=Yc0JWrX7zvc


VÍDEO
BOLSONARO FAZ CRÍTICAS A CÚPULA DA PMERJ

http://www.youtube.com/watch?v=Yc0JWrX7zvc



VÍDEO
BOLSONARO FAZ CRÍTICAS A CÚPULA DA PMERJ

http://www.youtube.com/watch?v=Yc0JWrX7zvc

Anônimo disse...

SOLDADO REVOLTADO DIZ:

ATENÇÃO MAJOR WANDERBY, JOGA ESSE YOU TUBE AÍ DO BOLSONARO NO YOU TUBE

Bolsonaro Faz Críticas à Cúpula da PM


http://www.youtube.com/watch?v=Yc0JWrX7zvc

Anônimo disse...

O coronel PM Ronaldo Antônio de Menezes, que cumpre prisão disciplinar no 4º Comando de Policiamento de Área (CPA), antigo Comando de Polícia do Interior, em Niterói, foi convidado ontem pelo deputado federal Fernando Gabeira (PV) para prestar esclarecimentos à Comissão de Segurança Pública do Congresso. O oficial foi punido com quatro dias de prisão pelo comando-geral da corporação, coronel Gilson Pitta, por ter escrito artigo onde comenta a deteriorização da segurança púbica com o aumento do número de policiais fazendo "bico". O artigo foi publicado no dia 13 de janeiro no blog do coronel Ricardo Paul, ex-corregedor da PM. Gabeira e o ex-capitão do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Rodrigo Pimentel, coautor do livro "Elite da Tropa", visitaram o coronel ontem à tarde no batalhão.

simplesmente disse...

Não seria mas honesto o Cel Davi devolver o dinheiro e pedir prá sair????

O diretor de recursos humanos do Senado, João Carlos Zogbi, há dez anos tem um dos apartamentos da Casa disponíveis a senadores e deputados. Até aí nada demais, se Zogbi não morasse numa casa, e quem estivesse residindo no apartamento não fosse um de seus filhos. Após o vazamento da informação, ele informou que vai devolver o imóvel, e nesta sexta-feira, pediu demissão do cargo.

Anônimo disse...

Voces se esquecem que o Chico Bala tem uma milícia num local onde se reuniam dois Ex Cmts Gerais, um candidato a deputado (eleito)e várias autoridades para pedirem votos nas localidades, e aproveitavam curtiam uma "pelada".

Anônimo disse...

É impressionante como os próprios policiais militares do Rio de Janeiro conseguem piorar a sua situação . E como um policial honesto não posso deixar de denunciar que alguns praças do 6ºBPM estão pedindo valores em dinheiro para liberar o policiamento escalado para o extra do maracanã , logo visto que policiais estão sendo escalados desnecessariamente para alimentar este ciclo vicioso , basta observar em um dia de jogo considerado de pouco movimento e percebe-se a quantidade de policiais escalados , só que , claro nem todos permanecem até o fim ......

Anônimo disse...

De passagem deparei-me com este blog e fiquei abismado com os fatos envolvendo a democracia/ou ausência desta, na corporação da Polícia Militar.
Acho que a permanência deste blog deve ser estimulada para que a opinião pública possa saber e acompanhar estes fatos.
Prisão por expor opinião?... Incrível.
Rio 2009