07/08/2008

Um criminoso em série?

Sinceramente, já estou cansado de fornecer as mesmas informações aos já não tão poucos encarregados dos sucessivos procedimentos a que tenho respondido em face de minhas postagens neste e em outros blogs pessoais (nunca, sob o "confortável" manto do anonimato).
Sei que incomodados e seus prepostos (reais ou pretensos) têm se dado ao trabalho de digitar com freqüência os endereços através dos quais podem manter-se leitores assíduos do que escrevo (quem sabe até eu já tenha sido adicionado aos "favoritos"), fato que, confesso, não chega a despertar em mim honra ou satisfação alguma.
Após depoimento em mais um instrumento inquisitorial de natureza castrense, ofertando, é claro, as respostas de sempre, proponho uma solução definitiva para o "problema".
Resumindo e sendo bastante objetivo, acho que o governo de Sérgio Cabral Filho tem sido desastroso, o que me leva a crer que tal cidadão não tem preparo suficiente para o exercício do cargo para o qual foi eleito.
Acredito ainda que os rumos adotados pelo delegado José Mariano Benincá Beltrame à frente da pasta de segurança pública têm produzido resultados desastrosos para a sociedade e benéficos apenas a interesses classistas, do ponto de vista da mantença de statu quo e do alargamento de pretensos poderes de delegados de polícia civil.
Quanto aos rumos da polícia ostensiva e da polícia investigativa, conseqüentes ou não das ações (e omissões) do delegado Beltrame, vejo distanciamento cada vez maior do interesse que deve presidir todas as ações emanadas das mesmas. Falo, é claro, do interesse público.
Por outro lado, quando exercito meus "achismos" (sic), o faço com a utilização de recursos de ordem privada (computador, conexão, etc) e manifesto apenas e sinceramente o que sinto em relação ao que ocorre e ao que deveria (ou não) ocorrer no âmbito da administração pública da unidade da federação em que resido.
Do ponto de vista do esteio legal que, em minha modesta opinião, ampara o que faço, costumo lançar mão do art 5º, inciso IV, da Carta Constitucional de 1988. Claro que poderia fazer menção a diversos outros dispositivos, presentes ou não na Carta (por vezes, menciono ainda o "Pacto de San Jose da Costa Rica"), mas o breve texto que pretendo escrever ficaria demasiado chato.
Não tenho dúvida alguma de que os direitos e garantias fundamentais descritos no art. 5º da C.F. não são absolutos, devendo ceder a outros dispositivos sempre que do conflito entre ambos restar necessidade de tutela de direito maior.
Por outro lado e já finalizando, lendo o caput do mesmo art 5º não consigo me convencer (garanto que até já tentei) de que a eventual valoração quanto à necessidade de imposição de reprimenda (seja qual for a instância) derivada não apenas do que escrevo, mas da condição profissional que ainda detenho, seja algo conforme com a ordem constitucional inaugurada no Brasil, ao menos a partir de 1988.
Não consigo aceitar que não me seja permitido manifestar o que penso da mesma forma que qualquer outro cidadão, seja qual for sua condição profissional, religião, sexo, etc.
Sendo assim, façam o que fizerem e ainda que convençam a quem quer que seja de que minha conduta me leva a ser um "criminoso (militar) em série", vou continuar a manifestar o que penso.
Sugiro mesmo que por uma questão de economia processual, optem pela imposição de prisão em flagrante, pois, sob o prisma da manifestação não apócrifa do pensamento, oportunidades continuarão a não faltar.
Por outro lado, caso desejem optar por caminho distinto, dou minha palavra de que cessarei manifestações no tom descrito sob a satisfação de ao menos uma de duas razoáveis, simplórias e, ouso dizer, civilizadas condições.
Convençam-me de que estou errado quanto às minhas convicções acerca da lástima que tem sido o governo Sérgio Cabral e a gestão da segurança pública fluminense ou ao menos de que, do ponto de vista constitucional, minha condição profissional impõe, por si só, restrições ao gozo do direito consagrado no art. 5º, inciso IV, da Carta Magna de 1988.
Simples assim!
Dou minha palavra!

12 comentários:

Pierre Choderlos de Laclos disse...

Com tanto comando arregado. Com P-2 ladrao, sendo bicado pra outra unidade. Com policial parado em baseamentos vendidos pros comerciantes. Alem dos já conhecidos esquemas de bicho, van, maquininhas, milicias...

Vao perseguir alguem que esta falando apenas a VERDADE.

Ta complicado, ta demais.

A explicacao pra isso é a completa falta de competencia, hombridade dessa corregedoria interna, que so serve para MANTER O STATVS QVO, como bem disse um determinado EXU CAVEIRA numa recente reuniao. STATVS que oferece 7.500 de gratificacao enquanto um militar recebe um decimo disso para por seu couro em risco.

SANSAO disse...

Sr. Major WANDERBY, fico eu, cheio de orgulho em saber que pessoas como o digníssimo " Oficial" e diga-se o senhor e de fato e direito merecedor desta patente, lamentamos que a sede de poder estão levando, pessoas que deveriam se importar com a coletividade, pensar em beneficio próprio e se refutando do ardil de uma politica marrom de calar os que a contestam. Sabedor da clareza que o senhor e detentor os seus algoses, cegos pelo poder e ódio de vingança, sempre recairão na perda de tempo no que se refere aos processos inquisidores, e certo que a verdade sempre prevalecerá, e como o senhor sempre foi verdadeiro, rogo-lhe toda a sorte e paz. Que o verdadeiro inimigo do Estado, seja sucumbido pela sua própria ira.

Alexandre de Sousa disse...

Dizesquaistri! Isso é a concretização perfeita do querência à porrada e repulsa à goiabada! Que bonito que foi ler isso. Areepiado até agora!

Anônimo disse...

Falou e disse. E confirmado está: o Sr. Sérgio Cabral não tem demonstrado, mesmo, competência para ser governador.

Anônimo disse...

Militar tentando se expressar em "juridiquês", todo empolado, soa tão engraçado quanto turista francês tocando pandeiro e dançando samba na quadra da Mangueira.

Hehehehehe...

Anônimo disse...

SOU LEITOR DE SEU BLOG, SOU CIVIL, MAS DE UM TEMPO PARA CÁ VENHO MOSTRANDO INTERESSE QUANTO A SEGURANÇA PÚBLICA E ENCONTREI SEI BLOG.SÓ TENHO A CONCORDAR COM TUDO QUE O MAJOR ESCREVEU,A PMERJ PRECISA COM URGÊNCIA DE UNS 300 OFICIAIS IGUAIS A VOCÊ,POIS ÚLTIMAMETE O QUE TEMOS ENCONTRADO NA PMERJ SÃO OFICIAIS QUE PELO QUE GANHAM LEGALMENTE SÓ PODERIAM MORAR NO MEIER, ENGENHO DE DENTRO, CASCADURA E ETC, MAS POR ALGUNS CONHECIMENTOS QUE TENHO FICO SURPRESO DE VER TEN COL MORANDO DE FRENTE PARA O MAR E COM CARROS IMPORTADOS,ISTO É UMA VERGONHA, ESTÃO VENDENDO PONTOS DE SEG COM VIATURAS PARADAS,SÃO SOCIOS DE MAQUININHAS, SÃO SOCIOS DE PONTOS DE BICHO E SÃO ESTES QUE ESTÃO COMANDANDO A PMERJ.VERGONHA,O MELHOR É SAIR CORRENDO DESTE ESTADO FALIDO.SENHORES COMANDANTES DEEM DIGNIDADE AO PM EÇLE É UM SER HUMANO E PRECISA DE DIGNIDADE,PAREM DE SACANAER O POLICIAL,CORREGEDORIA PAREM DE SACANEAR OS POLICIAIS,CHEGA FANFARRÕES.
DESCULPEM MAS TÁ FICANDO DIFICIL LER ESTAS DENUNCIAS E NADA É FEITO.MAS TENHO A CERTEZA SE A MÃE DE ALGUM VAGABUNDO OU UM CIDADÃO HIPOCRITA FOR A UM BATALHÃO DAR PARTE DE UM PM, MESMO QUE NADA TENHA FEITO DE ERRADO, ESSES FANFARRÕES PRENDEM PRIMEIRO PARA DEPOIS O PM PROVAR A INOCENCIA,VERGONHA.

Anônimo disse...

Não inporta se é juridiquês ou japonês. A verdade é uma só...Não há argumentos contra ela, tampouco pode-se considerar engraçado a questão de segurança pública e de direitos individuais.
É muito sério o assunto.
A PM precisa de mudanças. Como está. É que não dá pra ficar.

Anônimo disse...

Major, saiba que a corrente da conscientização esta aumentando e o apoio e admiração pela sua pessoa tambem. Aqui no interior conhecemos seus "diálogos" e propositos afim de uma "Real" Policia Militar, Policiais como o senhor, cito entre outros, cap. Luiz Alexandre, tem nos dados um novo Norte de livre pensamento. Força, votos CFS I/06.

Anônimo disse...

MEU CARO TEMOS QUE TER OFICIAIS IGUAL AO 1º TENENTE SAMPAIO DO BOPE, HOMEN HONRADO, HONESTO, VIBRADOR,COMPANHEIRO,INTELIGENTE HOMEN QUE TRATA OS PRAÇAS COM DIGNIDADE E HONRA A FARDA.É OFICIAIS DESTE TIPO QUE A PMERJ PRECISA, TRABALHEI COM ESTE TENENTE QUANDO ESTIVE NO BPCH,ELE ERA HOMEN DE CONFIANÇA DO CORONEL COSTA FILHO, ELE ERA O CHEFE DA P3,NUNCA VI NENHUMA SACANAGEM DELE PARA COM A TROPA,PELO CONTRARIO É UM OFICIAL RESPEITADO, QUANDO FOI PARA O BOPE SENTIMOS MUITO A SUA FALTA.É DESTES OFICIAIS QUE A TROPA PRECISA.

BPM 16º

Anônimo disse...

Interessantíssimo um determinado ''detalhe'' na CF88:

CF/88, em seu art. 5º, XLIII:

"a lei considerará crimes inafiançáveis e insuscetíveis de graça ou anistia a prática da tortura, o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, o terrorismo e os definidos como crimes hediondos, por eles respondendo os mandantes, os executores e os que, podendo evitá-los, se omitirem".

Um tal ''desgovernador" que se cuide ...

Alô, alô, Major !!! Espie só que argumento CONSTITUCIONAL ótimo para iniciarmos um impeachment ... no Rio de Janeiro. Estrelas são para brilhar, sempre. A nossa Tropa estadual MERECE.

Em tempo : o que nossa Tropa estadual NÃO MERECE são estrelas cor marron [SUJAS] ou vermelhas de SANGUE.

FORA !, seo cabraLL.

Anônimo disse...

Gostaria de ter a mesma coragem que o Sr. tem Major.
Somos seus admiradores.
Nós aqui praças do 29º BPM estamos contigo.

Anônimo disse...

SRS. MILITARES!!!!!!!!!!!!!

BOM DIA!!!!!!!! VAMOS BOICOTAR SÉRGIO CABRAL E SUA CORJA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

PEÇA A SUA FAMÍLIA PARA QUE NÃO NÃO NÃO VOTEM NOS CANDIDATOS A PREFEITO E VEREADOR DO SÉRGIO CABRAL!!!!!!

SE TIVER O NÚMERO DE LEGENDA 15 NÃO VOTEM!!!!!!

SE TIVER O NÚMERO DE LEGENDA 15 NÃO VOTEM!!!!!!

SE TIVER O NÚMERO DE LEGENDA 15 NÃO VOTEM!!!!!!

TIRAREMOS A FORÇA POLÍTICA DE SÉRGIO CABRAL NESTAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2008....!!!!!!!!!!!

SE TODOS OS POLICIAIS MILITARES DO ESTADO BOICOTAREM OS CANDIDATOS DE NÚMERO 15 ESTAREMOS BOICOTANDO O GOVERNADOR SERGIO CABRAL!!!!!!

NÓS TEMOS A FORÇA AMIGOS!!!!! BOICOTEM OS CANDIDATOS DE NÚMERO 15.

ABRAÇO A TODOS E FIQUEM COM DEUS!!!!!!!!!