04/08/2008

Para o bem da sociedade fluminense, a PM deve lavrar Boletins de Ocorrência!

Sendo a busca do bem comum a principal atribuição do Estado, da forma como foi originalmente concebido, não resta dúvida alguma de que a PM deve sim lavrar o BO no próprio local em que se deparar com a ocorrência, a exemplo do que já se dá em diversas Unidades da Federação.
Para a sociedade, menos importante de que preservar o statu quo da categoria profissional de delegados de polícia, é ver seus problemas resolvidos de forma rápida, satisfatória e sem maiores constrangimentos.
Sendo assim, somente ocorrências envolvendo prisão em flagrante delito pela prática de crime de maior potencial ofensivo devem ser carreadas às assoberbadas e ineficazes delegacias de polícia.
A propósito, vale lembrar que o próprio STF já firmou posição a respeito. Aliás, mesmo que o tema do presente tópico fosse a apuração de infrações penais comuns pela PM, cabe ressaltar o adágio segundo o qual "o legislador não utiliza palavras vãs"... Da leitura atenta do art 144 da CF, veremos que a palavra "exclusividade" somente é aplicada às atribuições de polícia judiciária da União e à apuração de infrações penais militares. Lembram-se do que está escrito no parágrafo único do art 4º do CPP? E quanto às atribuições do MP? Lembram-se da previsão constante do art 2º da Res. n.º 13 do CNMP? Lembrem-se: QUAISQUER PEÇAS DE INFORMAÇÃO podem se prestar à oferta de ação penal pelo Parquet!
Perdoem a viagem, mas mesmo sabendo que no RJ a polícia ostensiva é a que mais mata e mais morre no Brasil...
Que é também desprovida de jornada de trabalho adequada e, salvo raras exceções, de salários dignos...
Que sua faceta mais visível e eficaz na prevenção da prática de delitos (trânsito), foi retirada das ruas para fazer...
Que a polícia investigativa do RJ é, quiçá, a mais ostensiva e menos elucidativa do Brasil...
Que as taxas de elucidação de delitos são um segredo "convenientemente" guardado a sete chaves nos discos rígidos dos PCs do Instituto de Segurança Pública...
Que poucos sabem que a PM do RJ já fez o BO e o motivo pelo qual deixou de fazê-lo...
E que, desgraçadamente, ainda estamos sob o domínio do delegado "Zé" Beltrame e de seus asseclas....
Ainda sou um cidadão com esperanças de que as polícias sejam empregadas em seus verdadeiros misteres. Que ainda acredita que, em algum momento, elas serão utilizadas como reais instrumentos de busca do bem comum e não de benefícios particularizados, inconfessáveis e cada vez mais ostensivos.

9 comentários:

Anônimo disse...

AH MAJOR!! o SR eh uma pessoa que tem um bom coração... Mas que não consegue enxergar a nossa realidade! o SR. tem essa idéia desde lá do 7º BPM e não desiste dela, como que a PMERJ vai começar a lavrar boletim de ocorrência, se nem ela mesmo quer isso? Se o SR reparar major, nossos policiais nem BRAT sabem fazer direito, no caso do Ronaldinho com os travestis, o sr deve se lembrar pois foi amplamente divulgado pela mídia, os PPMM que chegaram ao local registraram no TRO como rixa, e o repórter perguntou ao delegado sobre isso: "mas doutor os policiais que chegaram primeiro ao local fizeram o registro como rixa". Aí major o Delegado respondeu assim " que policiais? ahhh os pms , não não não, eles não sabem nem o que estão fazendo não leve isso em consideração."
E eu pergunto ao SR como?
Os oficiais subalternos estão lotados de procedimentos apuratórios . E se o SR for fazer uma enquete entre eles é lógico que a resposta vai ser unânime e contrária.
Major a PMERJ só está esperando alguém decretar a falência, se o SR. for na academia do concurso, no dia de sabado, ou até mesmo dias de semana, e bradar: "de pé um dois". é só pedir para o mais antigo colocar em forma e apresentar a turma, e olha que vai encontrar até major.
E os outros MAJOR que não estão nos diversos cursinhos espalhados na cidade, ou então possuem uma atividade Lícita paralela. Bom esses outros eu nem preciso falar que o SR. mais do que ninguém já sabe.
Então MAjor mais uma vez eu lhe pergunto como?
A PMERJ já não se aguenta mais MAJOR, e já começa a dar mostras bem claras a sociedade, e o SR ainda quer boletin de ocorrência, no final isso só vai sobrecarregar ainda mais os oficias, e vai ser mais uma coisa mal feita pela PMERJ.

Anônimo disse...

O anônimo acima está coberto de razão, mormente quando a praça está ávida pelo reajuste salarial, que não sai de jeito nenhum, o Sr. MAJOR fala em lhes aumentar a carga de trabalho.

Praça SANSÃO disse...

Concorda com o que foi dito pelo intitulado anônimo, infelizmente temos que acatar. Sendo que o Major Wanderby, ainda é um dos poucos Oficial, " DIGO OFICIAL" que esta tentando de alguma forma, fazer o renascimento desta instituição, que esta não na sobre- vida e sim moribunda. E ratificando o dito pelo anônimo, o despreparo dos integrante da PM é incontestável. Tanto que fatos ocorridos fizeram de alguma forma o clamor público se manifestar.Lamentável que a falta de seriedade por parte da atual cúpula: Comandante Geral, Chefe do Estado Maior, Relações Publicas e demais seguimentos, só afloraram a sua tirania para com a tropa, no intuito de receber e manter a tão poupuda gratificação de encargo de comando.Não estando nem um pouco preocupado com o bem esta da tropa ou o seu adestramento. Visto atualmente a forma nazista de mudanças nas escalas da atividade e meio e atividade e fim.E para conhecimento foi criada uma comissão, para mudanças no formato do TRO e dados para sua confecção. Sim uma mudança que vai trazer e assim se espera um melhor ponto de partida nas ocorrências de grade vulto. A medida em que podemos afirmar, que o primeiro agente a chegar ao local, normalmente é um policial militar, e tendo este documento campos mais detalhados , vai se tentar, ter uma melhor clareza dos fatos. Pois o TRO, atual, devido a sua área reduzida de implementação de dados, fez ao logo do tempo, que o Policial se reporta-se de maneira bem simplificada. Bem o TRO, eu lhe passei uma explanação no que tange a sua mudança, mas a realidade da PM, essa nós já estamos vendo a 199 anos. Frase impressa num para choque " O QUE MATA É A FALSIDADE"! E PARA O PM O TIRO ALHEIO TAMBÉM.

PRAÇASANSÃO@HOTMAIL.COM

Anônimo disse...

SR ANÕNIMO, O SR DELEGADO FALOU DESTA FORMA PQ TINHA OUTROS INTERESSES, TANTO QUE ATENDEU SEU CLIENTE, DESCULPE UM DOS ENVOLVIDOS NA RIXA SIM,SR RONALDINHO , NO FUNDO DA DELEGACIA E DENTRO DE UM CARRO, A RIXA EXISTIU SIM É QUE NESTE CASO EXISTEM OUTROS INTERESSES DE GRANDE VULTO, INCLUSIVE O SR DELEGADO TITULAR E SEU ADJUNTO FORAM TOMAR O DEPOIMENTO NA RESID~ENCIa de um dos envolvidos na rixa que se chama ronaldinho na sua cobertura e pelo que sabemos não deu em nada, interessante, mas se um FDP DESSES IMPLICAR COM UM PM E FOR NUMA DESSAS DPs E DIZER QUE O PM TOMOU R$ LOGO É DECLARADO COMO ROUBO, VAI PRESO E O CACETE MAS ESSES QUE DÃO E TEM NUITA R$ PARA A COMPRA DE .............SE DÃO BEM.SOUBE DE UM AMIGO QUE UM PM PRENDEU ALGUM TEMPO UM MBANDIDO COM ARMAS E DROGAS E PEDIDO PELA JUSTIÇA, O MESMO RECEBEU ELOGIOS E TUDO DE SEU COMANDANTE E DO COMANDO GERAL, DEPOIS DE ALGUM TEMPO A MAMÃE DESSE """"BANDIDO""""FOI NA DP E NA DELEGACIA DE POLICIA MILITAR DIZER QUE O SEU FILHINHO FOI PRESO PQ ELES NÃO TINHAM OS R$5000,00E POR ESTA RAZÃO PRENDERAM SEU FILHINHO,SABEM O QUE ESTA DANDO PARA OS PMM,CD,ENTÃO A VOZ DA MAMÃE TEM MAIS VALOR DO QUE OS PMM.
REALMENTE TEM MUITA E MUITA GENTE DE SOLDADO A MAJOR PROCURANDO ESTUDOS,PÓS GRADUAÇÕES E CURSOS PARA CONCURSO PARA CAIR FORA DA PMERJ,QUE NÃO DA NENHUM VALOR A SUA TROPA,TEEM QUE FAZER ISSO MESMO SAIR FORA LARGAR DE MÃO ESTA SOCIEDADE HIPOCRITA QUE TUDO QUE ACONTECE E QUALQUER DECLARAÇÃO CONTRA PMM É TOMADA COMO CERTA OS PMM É QUE TEM QUE PROVAR QUE ESTOU CORRETOS.FORA ESSES PILANTRAS QUE ATACAM A PM E SEUS COMANDANTES DE M....,QUE NÃO DEFENDEM A TROPA.MAJOR NÃO LUTE POR ESSA MERDA NÃO GNAHAMOS MUITO MAL E NÃO SOMOS RECONHECIDOS.VEJA O QUE FIZERAM AGORA, ACABARAM COM A ESCALA E SOMENTE PARA NOS FERRAR,QUEM TRABALHAVA POR FORA ESTA AGORA NA MERDA.CUSP NELES,NA CARA.

CHARLES GUERREIRO

Anônimo disse...

Atenção!!!!

Os profissionais da educação e demais categorias do serviço público estadual farão uma paralisação de 24 horas no dia 13 de agosto. Nesta data, os educadores, profissionais da Saúde, Segurança, Fazenda, Metroviários, entre outros, farão uma passeata do Largo do Machado até o Palácio Guanabara, com concentração a partir das 10h. A passeata faz parte da unificação do movimento do funcionalismo estadual em luta por reajuste salarial.

Anônimo disse...

Atenção!!!!

Os profissionais da educação e demais categorias do serviço público estadual farão uma paralisação de 24 horas no dia 13 de agosto. Nesta data, os educadores, profissionais da Saúde, Segurança, Fazenda, Metroviários, entre outros, farão uma passeata do Largo do Machado até o Palácio Guanabara, com concentração a partir das 10h. A passeata faz parte da unificação do movimento do funcionalismo estadual em luta por reajuste salarial.

Anônimo disse...

Pois é Charles Guerreiro,na cabeça do povo basta ser PM para ser culpado. O povo sabe escolher seus governantes muito bem é por isso que não tem saúde, educação ou segurança, pois parece que, quanto mais os governantes avacalham com o funcionalismo público, mais tem seu apoio.

Wanderby B. de Medeiros disse...

Caros comentaristas
Com a devida vênia, o foco da postagem não foi a conveniência ou não de uma outra instituição, mas da sociedade fluminense.
Portanto, mais importante de que sabermos se a PM, a PC, o MP, etc querem ou não que a PM faça o BO, é sabermos do alcance positivo de tal medida para os clientes do Estado.

Anônimo disse...

A PM fluminense não consegue nem cumprir o BÁSICO de sua missão constitucional, que é dar o MÍNIMO DE SEGURANÇA PARA A POPULAÇÃO DO ESTADO e ainda querem LAVRAR B.O.????

Isso é algum tipo de piada??? De mal gosto, óbvio.

VOU RIR ANTECIPADAMENTE:

HAHAHAHAHAHAHAHA...