18/10/08

A "proatividade" da gestão Sérgio Cabral




8 comentários:

Anônimo disse...

Tem tudo haver!

"Tribunal de Contas determina análise de contrato sem licitação para fornecer alimentos no presídios"

Anônimo disse...

"NÃO PODEMOS ESQUECER"
(SARGENTO DA PMERJ)

QUERO LEMBRAR AOS COMPANHEIROS DA PMERJ QUE NÃO PODEMOS ABANDONAR A CAMPANHA QUE ESTAVA SENDO INTENSAMENTE DIVULGADA ENTRE NÓS E QUE ATUALMENTE PARECE ESQUECIDA, SENÃO ABANDONADA. REFIRO-ME AO LEMA: "QUEM NÃO TRABALHA NÃO ERRA E QUEM NÃO ERRA NÃO É PUNIDO". POR FAVOR COMPANHEIROS, EU NÃO ESTOU FAZENDO APOLOGIA A VAGABUNDAGEM, PELO CONTRÁRIO, FAÇO CAMPANHA EM FAVOR DA VIDA. VISTO QUE A NOSSA VIDA NÃO TEM VALOR PARA OS NOSSOS COMANDANTES, PRECISAMOS TOMAR A INICIATIVA DE DEFENDERMOS O NOSSO MAIOR PATRIMÔNIO CUSTE O QUE CUSTAR. NÃO ESQUEÇAM QUE PARA OS CORONÉIS HOUVE UM AUMENTO DE 223% E TODOS SE CALARAM. OU ALGUÉM VIU O WAGNER MONTES SE PRONUNCIAR QUANTO A ISSO NA TELEVISÃO? ENTREM NO BLO MILITAR LEGAL, DO TENENTE MELQUI, E PROCUREM POR LÁ ALGUMA REFERÊNCIA A ESSE ABSURDO.AO CONTRÁRIO DISSO, ENCONTRARÃO O ANTES CRÍTICO DO GOVERNADOR, QUE ATÉ O CARACTERIZOU COMO PINÓQUIO, DEFENDENDO OS SEUS ATOS E PEDINDO VOTOS PARA O CANDIDATO DO PMDB, DO GOVERNADOR. NO PRÓXIMO DIA 26, PRECISAMOS DAR UMA RESPOSTA CONVINCENTE NAS URNAS. CADA POLICIAL DÉBIL MENTAL QUE FOR VOTAR NESSE DIA, DEVE EM PROTESTO VOTAR NO GABEIRA, ASSIM TAMBÉM TODOS OS MÉDICOS VAGABUNDOS E TODOS OS PROFESSORES QUE NÃO SÃO PROFISSIONAIS, CONFORME PALAVRAS DO GOVERNADOR. FAÇAMOS ISSO, NÃO POR GOSTARMOS DO GABEIRA, MAS PARA DARMOS UMA DEMONSTRAÇÃO DA FORÇA QUE TEMOS. O GOVERNADOR JÁ DECLAROU QUE NÃO ACEITA A DERROTA AQUI NA CAPITAL. ISSO PORQUE, ELE É O ESCOLHIDO DO LULA, PARA SER CANDIDATO A VICE-PRESIDENTE EM 2010.É POR ISSO, QUE MESMO TENDO SIDO CHAMADO DE VAGABUNDO E QUADRILHIRO PELO EDUARDO PAES,O PRESIDENTE LULA ACEITOU FAZER PROPAGANDA DE APOIO A ELE, POR CAUSA DA INTERVENÇÃO DO GOVERNADOR. PORÉM, NÃO PODEMOS ESQUECER QUE A FORÇA ESTÁ EM CADA UM DE NÓS. ESSA É A HORA DE CONVENCERMOS AMIGOS, FAMILIARES E TODOS A QUEM PUDERMOS ALCANÇAR PARA LUTARMOS CONTRA ESTE DESGOVERNO. NÃO HÁ MAIOR DERROTA PARA UM POLITICO, DO QUE A DERROTA DAS URNAS. CREIAM QUE ESSE BLOG É VISITADO TODOS OS DIAS PELOS ACESSORES DO GOVERNADOR. CREIAM AINDA QUE SOMOS MONITORADOS E BUSCAM NOS DESCOBRIR A TODO CUSTO. ISSO PORQUE, ELES SABEM QUE EM BREVE O PRÓPRIO PARTIDO COMEÇARÁ A FAZER PRESSÃO PARA QUE ASSUNTOS DO NOSSO INTERESSE SEJAM VOTADOS E APROVADOS NA ALERJ, POIS NÃO SOMOS MAIS ANALFABETOS POLITICOS, SABEMOS QUANDO E COMO RESPONDER AO GOVERNADOR NA MESMA PROPORÇÃO. NO DIA 26 VAMOS DAR AO GABEIRA 223% E AO CANDIDATO DO GOVERNADOR APENAS 8% PRA ELE SENTIR COMO NOS SENTIMOS. PIMENTA NOS OLHOS DOS OUTROS É REFRESCO. NÃO PODEMOS ESQUECER NUNCA QUE PARA O GOVERNADOR UM CORONEL QUE TRABALHA NUMA SALA COM AR CONDICIONADO E QUE COMANDA A TROPA DE DENTRO DO QG, MERECE 223%, JÁ OS PRAÇAS QUE ENFRENTAM O PERIGO TODOS OS DIAS, É O SUFICIENTE 8% E MAIS 100 MIL PARA A FAMÍLIA QUANDO ESSE ESTIVER MORTO. E ISSO, SE MORRER EM SERVIÇO, COMO SE TIVÉSSEMOS A OPÇÃO DE ESCOLHER ESTAR FORA DE SERVIÇO, QUANDO PRECISAMOS ESCONDER A FARDA QUE VESTIMOS, A IDENTIDADE QUE PORTAMOS, A ARMA QUE EMPUNHAMOS E A VERGONHA QUE CARREGAMOS DE SERMOS PARA QUEM NOS COMANDA, UM BANDO DE DÉBEIS MENTAIS. NÃO PODEMOS ESQUECER...

Anônimo disse...

é isso aí Major,mais um sol que nasce no céu do Brasil,mais uma omissão do canalha do pinóquio, menos um pai de família trabalhador e honesto, caso ser diretor de bangu fosse prÊmio lá estariam um promotor, delegado ou outra autoridade recebendo mais de 10.000,00 por mês para aceitar isso só sendo miserável e maltratado pelo Governo, Cabral vá para o inferno, quem merecia estar naquele carro metralhado era vc.

Anônimo disse...

Wanderby, acho que o Cabral está se esvaindo.
Na nova pesquisa do DATAFOLHA sobre o governo do Cabral, os conceitos péssimo e ruim são 28% e ultrapassam os 27% do bons e ótimos. O resto é regular.
A crise que vai de vento em popa na SESEG, foi parar na SEAP, com o brutal assassinato do Tenente Coronel Lourenço e as notícias de irregularidades em contratações sem licitação.
Na SEAP vê-se claramente o famoso caso de "cão que mordeu a mão do dono". O Secretário, indicado por ser antecessor, rompe em definitivo com o seu protetor, exonerando dois dos seus auxiliares que vieram da administração anterior.
Nos bastidores rola que a briga já tem algum tempo e que o cargo de Secretário da SEAP "está subindo no telhado".
A situação já era esperada. O secretário da SEAP tem longo histórico dentro da PM de intransigência, descortezia e inépcia profissional. Só seu antecessor não viu.
Mais um caso de irresponsabilidade do Governo Cabral em coisas de grande importância para a população.

Anônimo disse...

Eduardo Paes tem como vice o economista Carlos Alberto Muniz, que tem como fato principal da sua biografia recente o fato de ter sido tesoureiro do Garotinho em sua pré-candidatura a presidente da república.

Até ter sido escolhido como vice, Muniz era assessor do "ilustre" deputado Picciani na Alerj. Muniz também foi presidente da Feema no governo do Moreira Franco.

Gabeira tem como vice o deputado e engenheiro Luiz Paulo. Luiz Paulo ingressou como engenheiro do Estado da Guanabara no governo Lacerda e tem um grande currículo de realizações como secretário de obras da prefeitura e do Estado. Foi ele quem tocou as obras do Metrô até Copacabana e as obras do Rio Orla na gestão do prefeito Marcelo Alencar.

Luiz Paulo tem uma vida toda dedicada ao Rio. Com certeza será um bom vice-prefeito. Já sobre o Muniz, pelas más companhias, não podemos afirmar o mesmo.

Se for Cabral...tô fora! disse...

QUANTAS VAIAS AINDA FALTAM PARA O GOVERNADOR SÉRGIO CABRAL SE TORMAR UM RECORDISTA DO GUINNESS WORLD RECORDS?

Na inauguração da UPA da Penha, ao lado do Hospital Estadual Getulio Vargas, os servidores que foram ao ato e vaiaram tanto que Cabral não conseguiu discursar.


CABRAL É VAIADO POR FUNCIONÁRIO DA CEDAE
Policiais do Batalhão de Choque foram chamados para conter os Trezentos manifestantes que protestavam contra o governador Sérgio Cabral. Aconteceu na inauguração das obras do reservatório do Parque Anchieta em Ricardo de Albuquerque.Funcionários da CEDAE ( que estão em greve ) exigem a reabertura das negociações!
A MÍDIA NÃO DIVULGOU NADA.


CABRAL É VAIADO NO THEATRO MUNICIPAL
Inadvertidamente a locução do Theatro Municipal, no show de sexta-feira de Maria Bethania, resolveu anunciar a presença do governador Sergio Cabral. A vaia o recepcionou. Membros do governo tentaram aplaudir para mitigar as vaias, mas não conseguiram!

CABRAL NÃO CUMPRE PROMESSA, É VAIADO E FOGE CORRENDO.
"Gritando palavras de ordem e chamando Cabral de mentiroso, os servidores do Tribunal de Justiça (Sindjustiça) protestaram e chegaram a reproduzir no carro de som uma gravação em que o governador dizia que o estado teria recursos para honrar os compromissos com o funcionalismo".

CABRAL FOI VAIADO NO CEFAP
Na Formatura dos Praças da PM no CEFAP, Sérgio Cabral FOI VAIADO quando este foi apresentado. A tropa, evidentemente, permaneceu impassível, sem manifestar qualquer emoção e/ou apoio aos (provavelmente familiares e amigos) que vaiavam o governador (?), em razão do Código Militar que os impede de demonstrar publicamente o seu desagrado.

Se esquecí de alguma por favor, postem aqui!!!!

Anônimo disse...

Quando nada está certo, tudo dá errado.

1 - O efetivo da SEAP está muito aquém das necessidades, mesmo tendo concursados dos anos de 2003 e 2006 só aguardando ser chamados.

2 - Existem centenas de Policiais Militares trabalhando nos presídios a título de "adidos". O governo só faz isso porque o Policial Militar em começo de carreira ganha R$ 831,00 enquando o agente penitenciário ganha R$ 1.600,00. Daí é matemátioca pura. Tampa-se o sol com a peneira e ganha-se muito dinheiro economizando com o salário. Assim, pessoas desqualificadas para estas funções (PMERJ) ocupam cargos que não são da sua alçada, prejudicando todo o bom andamento do serviço.

3 - Nem mesmo o comando dos presídios são feitos por funcionários da SEAP e sim por Tenentes, Capitães, Majores, Tenente-Coronéis e Coronéis. Pergunto-lhes, quem disse que Oficial da PMERJ é mais qualificado do que um Inspetor Penitenciário com 20 anos de serviço, por exemplo ?!?

Mediante esses fatos, digo-lhes que infelizmente é inevitável que mais e mais diretores de presídios venham a ser atacados por aqueles que de alguma forma, estão sendo incomodados.

Lugar de presídio é de bandido e de Agente Penitenciário. Lugar de Policial Militar é nas ruas, combatendo o crime. Deixe os presídios para quem entende, para quem é concursado e para quem é treinado para isso. Chega de presídio ser cabide de emprego para Oficial da PMERJ. Botem os Oficiais para trabalhar nas ruas. Se já está muito cheio de Oficiais, então pare de abrir vaga na UERJ e de onerar a folha de pagamento. Libere os que estão por aí de bobeira e de uma função de Policial Militar para os mesmos.

Chega de misturar as coisas, chega de cabide de emprego. Existem centenas e centenas de concursados da SEAP apenas esperando para ser chamado. Regressem os adidos da PMERJ e dê o comando dos presídios para os Inspetores Penitenciários mais antigos e capacitados para isso.

BASTA DE BAGUNÇA !!!


Caro Wanderby,

Chego a me indignar pelo fato de cargos de alta confiança na SEAP serem leiloado entre Oficiais da PMERJ. Isso para mim é simplesmente cabide de emprego para esses oficiais. Não podemos mais assistir a isso de braços cruzados. Não sei como os funcionários da SEAP não se revoltam com isso. Se eu fosse Inspetor Penitenciário não gostaria de ser comandado por uma pessoas estranha ao meu cargo/ambiente de trabalho.
Lugar de PM é na PMERJ, lugar de Inspetor Penitenciário é no presídio e não na PCERJ como adido, que é o que também acontece.

Enfim amigo, enquanto houver esta bagunça toda no Estado do Rio de Janeiro, as coisas vão de mal a pior. Só lamento !!!

Major disse...

Gostei das informações das vaias. Já que nos militares não podemos faze-lo devido ao militarismo, orientemos nossas esposas, filhos, parentes e amigos a assim proceder. Vaia nessa pessoa que se diz dirigente do nosso estado.